Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Inglaterra - Euro 2024
  1. Futebol
  2. Eurocopa

Um possível elenco da Inglaterra para a Euro 2024

Tendo perdido a decisão por pênaltis contra a Itália na final da Euro 2020, a Inglaterra deverá estar entre as grandes forças da próxima edição do torneio.

[Traduzido e adaptado de «England’s possible team for Euro 2024: Defensive spots up for grabs».]

Em 11 de julho de 2021 a Inglaterra fracassou em conquistar a primeira Eurocopa de sua história ao ser derrotada por 3 x 2 nos pênaltis pela Itália (após empate por 1 x 1 no tempo normal mais prorrogação).

Na Copa do Mundo realizada no fim do ano passado, os Three Lions caíram nas quartas de final após perderem para a França por 2 x 1. Aquele jogo ficou marcado pelo pênalti não convertido por Harry Kane aos 84 minutos.

Após o Mundial da FIFA, o técnico Gareth Southgate disse que pretendia refletir se permaneceria ou não. Mas agora é praticamente certa a sua presença no banco pelo menos até a Euro 2024.

A presença da Inglaterra nesta competição está bem encaminhada, graças aos seus 100% de aproveitamento nas quatro primeiras partidas das eliminatórias (contra Itália, Ucrânia, Malta e Macedônia do Norte).

Mas isso não significa que não existam muitas possibilidades de a escalação inglesa em sua estreia na próxima Euro (a ser realizada em junho) ser diferente da que se viu em sua estreia na última Copa do Mundo.

Neste artigo analisaremos onde pode haver mudanças (considerando inclusive atletas que não vêm sendo convocados com regularidade) para a disputa do torneio que pela terceira vez terá apenas a Alemanha como país-sede.

As cotações põem Southgate e cia. entre os principais favoritos ao título, e os jogadores de que falaremos a partir de agora são evidência de que há mesmo boas razões para os seus torcedores estarem otimistas.

A baliza deverá continuar sendo de Pickford

Southgate convocou Jordan Pickford, Nick Pope e Aaron Ramsdale como seus três goleiros para Catar 2022. Salvo lesões, este trio deve ser mantido para a Euro 2024.

Pope, do Newcastle, ficou fora dos jogos de junho pelas eliminatórias após passar por cirurgia. Seu substituto na ocasião foi Sam Johnstone, do Crystal Palace.

Pickford, que atua pelo Everton, tem 29 anos e vive seus melhores dias. Por isso pode sem surpresa ser o número 1 da Inglaterra também na Copa do Mundo de 2026.

Suas atuações no Catar foram, como de costume, impressionantes. Vimos defesas cruciais de sua parte contra os Estados Unidos e o Senegal na fase de grupos.

Ramsdale, do Arsenal (que na próxima temporada disputará a Liga dos Campeões), tem 25 anos e em breve terá mais chances de brilhar por seu país.

Mas, por enquanto, a preferência por Pickford é clara. Já a disputa pelo terceiro lugar tem não só Pope e Johnstone mas também Dean Henderson, do Nottingham Forest.

A defesa está sujeita a diversas mudanças

Southgate convocou nove defensores conhecidos para a segunda Data FIFA de 2023, e esse é um setor que não vem sofrendo muitas alterações.

A dupla de zaga tende a ser formada por Harry Maguire e John Stones, ao passo que Kyle Walker é o lateral-direito e Luke Shaw o lateral-esquerdo.

Mas, como Maguire não tem sido titular no Manchester United, a sua titularidade na seleção provavelmente também será posta em xeque em algum momento.

Também convém notar que Stones tem sido utilizado não como zagueiro mas como meio-campista no Manchester City de Pep Guardiola.

Dois zagueiros incluídos na mais recente lista de Southgate foram Marc Guéhi e Tyrone Mings. Lewis Dunk também foi chamado, mas precisou ser cortado por lesão.

Outros dois nomes que vêm sendo lembrados e deverão ter sua chance de lutar por um espaço na zaga são Fikayo Tomori e Ben White.

Em relação à lateral direita há a questão da idade de Walker, que terá 34 anos na próxima Euro, e de Kieran Trippier, que então terá 33 anos.

Dois laterais-direitos mais jovens são Trent Alexander-Arnold, que terá 25 anos em junho de 2024, e Reece James, que então terá 24 anos.

Na lateral esquerda, Shaw muito possivelmente lidará com a concorrência de Ben Chilwell (que, no entanto, não foi chamado para os jogos deste mês).

O meio de campo está quase pronto

Para antigos treinadores da Inglaterra, o meio de campo foi um setor problemático (como na época em que tanto Steven Gerrard quanto Frank Lampard eram opções).

Felizmente para Southgate, alguns de seus meio-campistas titulares provavelmente estarão jogando ainda melhor quando chegarmos à Euro 2024.

Declan Rice, campeão da Liga Conferência 2022–23 com o West Ham, tem despertado muito interesse desde o fim da última temporada.

E o que dizer de Jude Bellingham, que se transferiu ao Real Madrid por mais de 100 milhões de libras e completará 21 anos no próximo verão europeu?

Os dois nomes acima são indiscutíveis no onze inicial de Southgate. Mas James Maddison, do recém-rebaixado Leicester, precisará mostrar serviço.

Jordan Henderson terá 34 anos em 2024, mas seu companheiro de Liverpool Harvey Elliott terá apenas 21 e poderá estrear em breve pela seleção principal.

É também neste setor do campo onde atua Eberechi Eze, do Crystal Palace, que aos 24 anos foi a novidade da última convocação inglesa.

Nesses jogos contra Malta e Macedônia do Norte não houve lugar para Mason Mount. Sua possível saída do Chelsea pode até ajudá-la a voltar à seleção.

Três jovens no radar de Southgate são Cole Palmer, Jacob Ramsey e Carney Chukwuemeka. Mas a Euro 2024 parece distante para eles.

O ataque deve continuar a ser liderado por Kane

Apesar do decisivo pênalti perdido ano passado contra os bleus, Harry Kane seguirá como o capitão dos Three Lions quando estes chegarem à Alemanha.

Exceto por alguma lesão, o lugar do centroavante do Tottenham seguirá sendo o mesmo. Mas o ataque não parece estar totalmente resolvido.

Tanto Marcus Rashford quanto Callum Wilson causaram boa impressão no mais recente Mundial de Seleções (quando foram suplentes).

Wilson, que defende o Newcastle (outra equipe classificada para a Liga dos Campeões 2023–24), tem contra si nessa disputa o seu histórico de lesões.

Ollie Watkins, que na Premier League passada marcou 15 gols pelo Aston Villa de Unai Emery, é um dos nomes a serem levados em conta.

Três atletas que quase certamente farão parte do elenco inglês são Bukayo Saka, do Arsenal, e Jack Grealish e Phil Foden, do Manchester City.

Um homem cuja presença na Euro 2024 é bem mais difícil é Jadon Sancho, do Manchester United, que tampouco esteve em Catar 2022.

Quem apresenta perspectivas interessantes nessa disputa é Jarrod Bowen — que fez o gol do título do West Ham na Liga Conferência.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta

Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.