Pular para conteúdo
Registre-se
Kevin De Bruyne
  1. Futebol
  2. Copa do Mundo

Últimas notícias do futebol

De olho na Copa do Mundo: algozes do Brasil na edição passada caem ainda na fase de grupos. Marrocos garante a primeira colocação do Grupo F.

Definições do Grupo F: algoz do Brasil na última edição é eliminada da Copa do Mundo

POSIÇÃOSELEÇÃOPONTOS
1ºMarrocos7
2ºCroácia5
3ºBélgica4
4ºCanadá1

A Croácia terminou em segundo lugar com cinco pontos, enquanto a Bélgica e o Canadá ficaram em terceiro e quarto, respectivamente. A Bélgica marcou apenas um gol em suas três partidas e terminou com quatro pontos (uma vitória, um empate e uma derrota).

Foi um grande resultado para o Marrocos, pois esta foi apenas a segunda vez que passou da fase de grupos, a outra aconteceu apenas em 1986. Hakim Ziyech marcou para o Marrocos aos quatro minutos, depois que um erro grave do goleiro canadense Milan Borjan deixou o ponta em boas condições para chutar para o gol vazio. Youssef En-Nesyri ampliou aos 23 minutos.

Parecia então que o Marrocos iria golear os canadenses. Mas o gol contra de Nayef Aguerd pouco antes do intervalo deu moral ao Canadá, um ânimo suficiente para que pressionassem o Marrocos em busca de um gol de empate na maior parte do segundo tempo.

O Canadá chegou muito perto quando um cabeceio do capitão Atiba Hutchinson, que entrou como substituto no segundo tempo, acertou o travessão e caiu na linha do gol. Mas é válido lembrar que um empate também teria bastado para o Marrocos avançar.

A eliminação da Bélgica na fase de grupos provavelmente marcará o fim de sua talentosa "geração de ouro". A nação do leste europeu chegou pelo menos às semifinais em cada uma das duas vezes em que chegou à fase eliminatória.

A Bélgica foi eliminada depois de marcar um gol em três jogos e não conseguiu fazer jus ao seu status de segundo colocado no Ranking da FIFA.

Precisando de uma vitória para garantir a classificação, a Bélgica teve sua melhor atuação na Copa do Mundo e desperdiçou duas chances claras que couberam a Romelu Lukaku. O substituto do intervalo acertou um chute na trave e não conseguiu controlar uma bola que ricocheteou em seu peito.

Agora os belgas em meio a polêmicas que escancaram um possível desentendimento no elenco, voltam para a casa, e quem sabe nos próximos anos começam a estruturar uma futura seleção para disputar a próxima edição da Copa do Mundo, em 2026.

Luis Suárez se recusa a pedir desculpas por defesa com a mão contra a Gana na Copa do Mundo de 2010

No que foi um dos momentos mais controversos da história da Copa do Mundo, Suarez negou a Gana uma vitória tardia nas quartas de final da Copa do Mundo há 12 anos, ao segurar deliberadamente o chute de Dominic Adiyah com a mão, na linha do gol. 

Suárez recebeu um cartão vermelho direto por impedir o gol claro, entretanto, naquele instante a equipe ganesa ganhou a oportunidade de bater um pênalti, o uruguaio, no entanto comemorou de forma selvagem fora do campo quando Asamoah Gyan acertou sua cobrança de pênalti na trave. O Uruguai, portanto, derrotou Gana nos pênaltis e negou aos Black Stars a chance de se tornar o primeiro time africano a chegar às quartas de final de uma Copa do Mundo. 

Doze anos depois, Uruguai e Gana se enfrentam na fase de grupos na sexta-feira e o vencedor eliminará o outro do torneio. A oportunidade perfeita para que os ganeses se vinguem. 

Suarez participou de uma coletiva de imprensa pré-jogo nesta quinta-feira, onde um jornalista disse ao atacante que setores do público ganense o descrevem como "o próprio diabo" e esperam ansiosamente por sua aposentadoria. 

"Eu fiz a mão na bola, mas o jogador de Gana errou o pênalti, não eu", respondeu o atacante. "Talvez eu pedisse desculpas se fizesse um desarme, machucasse um jogador e levasse um cartão vermelho. Mas nesta situação... não é minha culpa." concluiu o jogador.

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies