Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
UFC/MMA
  1. MMA

UFC: classes de peso e atuais campeões

Quando o UFC estreou, há 30 anos, era muito diferente da operação inteligente e refinada que temos hoje.

Havia regras mínimas e, talvez mais notavelmente, nenhuma categoria de peso. Foi assim que até o UFC 12, em 1997, que as classes de peso foram introduzidas, e só recentemente, em 2006, que as classes de peso mais leves foram introduzidas após a aquisição do World Extreme Cagefighting pelo UFC, que contava com campeões como Jose Aldo, Urijah Faber e Dominick Cruz. 

O UFC passou a ter oito categorias de peso masculino e quatro no feminino. A seguir encontre todas as categorias de peso e seus atuais campeões.

Peso-pesado - 265 libras - Jon Jones

  • Registro: 27-1 (1 NC)

  • Próxima luta: A ser anunciada

Após Francis Ngannou deixar o UFC, abrindo mão de seu título, a divisão dos pesos-pesados aguardava por um novo campeão.

O ex-campeão dos meio-pesados Jon Jones finalmente deu o passo para enfrentar o ex-desafiante Ciryl Gane no UFC 285 em 4 de março, vencendo por finalização no primeiro round com uma guilhotina.

Jones estava programado para lutar contra talvez o maior peso-pesado de todos os tempos do UFC, Stipe Miocic, mas Jones teve que se retirar devido a uma lesão.

Peso-pesado interino - 265 libras - Tom Aspinall

  • Registro: 14-3

  • Próxima luta: A ser anunciada

Quando Jon Jones foi descartado de sua luta pelo título com Stipe Miocic, uma luta interina entre Tom Aspinall e Sergei Pavlovich foi organizada.

Aspinall venceu por nocaute no primeiro round para conquistar o título interino e espera uma luta de unificação com Jones em 2024.

Meio-pesado - 205 libras - Alex Pereira

  • Registro: 10-2

  • Próxima luta: A ser anunciada

A lesão de Jiri Prochazka em novembro de 2022 lançou a divisão no caos, deixando seu título vago, com o desafiante Glover Teixeira também desistindo de sua luta proposta. 

Em seguida, Hill sofreu uma lesão, deixando a divisão novamente sem um campeão, mas com a vitória de Alex Pereira no UFC 291, ele se viu na próxima linha para enfrentar o ex-campeão Prochazka pelo cinturão vago no UFC 295.

Pereira venceu com um TKO no segundo round e defendeu seu título contra Jamahal Hill no UFC 300.

Peso-médio - 185 libras - Dricus du Plessis

  • Registro: 21-2

  • Próxima luta: A ser anunciada

Ao lado das derrotas de Georges St-Pierre para Matt Serra e de Ronda Rousey para Holly Holm, a vitória surpreendente de Sean Strickland sobre Israel Adesanya ficará para sempre marcada como uma das maiores surpresas do UFC.

Strickland não conseguiu fazer nenhuma defesa de seu título, até que perdeu por uma decisão dividida apertada para Dricus du Plessis no UFC 297.

Du Plessis desafiou Israel Adesanya, embora o ex-campeão tenha dito que fará uma pausa prolongada no MMA.

Meio-Médio - 170 libras - Leon Edwards

  • Registro: 22-3 (1 NC)

  • Próxima luta: A ser determinada

Por tanto tempo uma das histórias de azar da UFC, Leon Edwards finalmente conseguiu sua chance pelo título contra o número um do P4P, Kamaru Usman, vencendo com um nocaute devastador faltando um minuto para o final da luta.

Usman parecia praticamente imbatível durante seu reinado como campeão, e os dois se enfrentaram novamente no UFC 286 em 18 de março, com Edwards vencendo por decisão unânime.

Edwards derrotou o desafiante Colby Covington na segunda defesa de seu cinturão meio-médio, conquistando uma vitória por decisão unânime sobre o americano.

Leve - 155 libras - Islam Makhachev

  • Registro: 25-1

  • Próxima luta: Dustin Poirier (UFC 302, 1º de junho)

Islam Makhachev passou muito tempo à margem enquanto a divisão mais competitiva da UFC lutava pelo título, com Charles Oliveira eventualmente se estabelecendo como o melhor, mas Makhachev sempre esteve esperando nos bastidores, parecendo um campeão em potencial.

Os dois se encontraram, com Makhachev capturando o título, e ele fez sua primeira defesa contra Alexander Volkanovski no UFC 284 em 12 de fevereiro, superando o australiano por uma pequena margem.

A próxima defesa de Makhachev veio no UFC 294 contra Volkanovski, depois que Charles Oliveira foi forçado a se retirar por lesão. Makhachev parou seu oponente australiano no primeiro round para conquistar uma vitória por nocaute devastadora.

Embora a luta de Oliveira contra Arman Tsarukyan devesse ser uma luta de desafiante número um, Poirier receberá a chance.

Peso Pena - 145 libras - Ilia Topuria

  • Registro: 15-0

  • Próxima luta: A ser determinada

Alexander Volkanovski conquistou o título peso pena em 2019 e havia se mantido agarrado a ele como um cão raivoso desde então, antes de ser parado pelo invicto Ilia Topuria no UFC 298.

Apesar do registro imbatível de Topuria, Volkanovski ainda entrou na luta como o favorito forte e sua derrota por nocaute certamente se qualificou como uma surpresa.

Já se fala em uma possível revanche na Espanha, mas a divisão peso pena pode estar prestes a entrar em uma nova era com o Topuria de 27 anos.

Peso Galo - 135 libras - Sean O'Malley

  • Registro: 18-1 (1 NC)

  • Próxima luta: A ser determinada

Um dos rostos mais reconhecidos do esporte, 'Sugar' Sean O'Malley assumiu o título peso galo com estilo ao nocautear Aljamain Sterling no UFC 292.

O'Malley vem subindo há vários anos, mas sua capacidade de se tornar campeão mundial ainda estava em debate até seu impressionante nocaute em Sterling.

O'Malley, que conquistou uma grande legião de fãs graças ao seu carisma natural e aparência extravagante, fez sua primeira defesa contra Marlon Vera em março, vencendo por decisão unânime.

Peso Mosca - 125 libras - Alexandre Pantoja

  • Registro: 27-5

  • Próxima luta: Steve Erceg (4 de maio, UFC 301)

Depois de anos de domínio de Demetrius Johnson, Henry Cejudo se tornou o rei da divisão dos 125 libras antes de pendurar as luvas, deixando um vazio no peso mosca.

Brandon Moreno e Deiveson Figueredo travaram uma quadrilogia, com Moreno finalmente saindo vitorioso para resolver a disputa de uma vez por todas.

Após duas performances da noite consecutivas, Alexandre Pantoja subiu para o segundo lugar no ranking dos moscas, preparando-se para uma terceira luta com Moreno desde 2016.

Pantoja venceu por decisão dividida para registrar a terceira vitória sobre Moreno no UFC 290 e fez com sucesso sua primeira defesa de título contra Brandon Royval no UFC 296 em uma revanche de sua luta de 2021.

Pantoja fará sua segunda defesa contra Steve Erceg, classificado em #10, que ostenta um registro de 12-1.

Peso Galo Feminino - 135 libras - Raquel Pennington

  • Registro: 16-9

  • Próxima luta: A ser determinada

Após a era de Ronda Rousey veio a era de Amanda Nunes. Um total de seis defesas de título em dois reinados viram Nunes igualar o recorde de reinado de Rousey, mas após sua vitória sobre Irene Aldana, a Leoa pendurou as luvas, deixando um grande buraco na divisão feminina.

Raquel Pennington, que derrotou Miesha Tate em 2016 para tentar sem sucesso o título de Nunes, teve uma segunda chance quando enfrentou Mayra Bueno Silva no UFC 297 em janeiro, conquistando o cinturão por decisão unânime.

Peso Mosca Feminino - 125 libras - Alexa Grasso

  • Registro: 16-3-1

  • Próxima luta: A ser determinada

Enquanto Amanda Nunes dominava as categorias de peso mais pesadas das mulheres, a divisão de 125 libras pertencia a Valentina Shevchenko desde 2018.

Por mais invencível que Nunes pareça em 135, Shevchenko parecia sua igual em 125, fazendo sete defesas consecutivas do título antes de enfrentar Alexa Grasso no UFC 285, perdendo via estrangulamento facial no quarto round.

As duas se enfrentaram novamente em 16 de setembro no UFC Fight Night 227, com a luta terminando em um empate muito equilibrado, e com certeza haverá pedidos por uma terceira luta entre elas.

Palha Feminino - 115 libras - Weili Zhang

  • Registro: 25-3

  • Próxima luta: A ser determinada

Após perder sua coroa para Rose Namajunas e perder de forma controversa a revanche, Zhang venceu suas duas próximas lutas para recuperar o título contra Carla Esparza.

Zhang então derrotou Amanda Lemos no UFC 292, vencendo novamente no histórico UFC 300 contra Yan Xiaonan.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.