Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
handebol
  1. Outros esportes

Tudo sobre o Mundial de Handebol Masculino

A competição inicia esta semana e o Brasil está no Grupo C com Suécia, Uruguai e Cabo Verde.

A 28ª edição do Campeonato Mundial de Handebol arranca em 11 de janeiro de 2023 e será sediada na Polônia e na Suécia, com a presença de 32 seleções.

A Canarinho vai tentar bater sua melhor colocação de sempre na competição masculina, o 9º lugar alcançado em 2019, numa edição em que a favorita é, mais uma vez, a campeã Dinamarca, que chegou à final em quatro das últimas seis, vencendo as duas edições anteriores do torneio.

Quando é o Mundial de Handebol?

O Mundial de Handebol 2023 será disputada a partir da próxima quarta-feira, 11 de janeiro, até ao final do mês, no domingo, 29 de janeiro.

Seu calendário é dividido em uma primeira fase com oito grupos (até ao dia 17), uma segunda fase com quatro grupos (entre 18 e 23) e uma fase final de mata-mata desde as quartas de final (25), as semifinais no dia 27 e a grande final, no dia 29.

Onde se realiza o Mundial de Handebol 2023?

Esta edição do Campeonato Mundial de Handebol Masculino será disputada entre dois países com oito locais diferentes.

Na Polónia haverá três sedes: Cracóvia, Katowice e Gdansk.

As outras cinco sedes serão na Suécia: Gotemburgo, Kristianstad, Jonkoping, Malmö e Estocolmo.

Como são os primeiros grupos do Mundial de Handebol?

O Mundial de Handebol 2023 é dividido na primeira fase em oito grupos de quatro times cada:

- Grupo A: Espanha, Montenegro, Chile e Irã

- Grupo B: França, Polônia, Arábia Saudita e Eslovênia

- Grupo C: Suécia, Brasil, Cabo Verde e Uruguai

- Grupo D: Islândia, Portugal, Hungria e Coreia do Sul

- Grupo E: Alemanha, Catar, Sérvia e Argélia

- Grupo F: Noruega, Macedônia do Norte, Argentina e Holanda

- Grupo G: Egito, Croácia, Marrocos e Estados Unidos

- Grupo H: Dinamarca, Bélgica, Bahrein e Tunísia

Quando joga o Brasil (horários de Brasília)?

Brasil x Suécia – 12 janeiro, às 16h30

Brasil x Uruguai - 14 janeiro, às 14h00

Brasil x Cabo Verde - 16 janeiro, às 14h00

Todos os jogos da primeira fase de grupos da seleção brasileira serão em Gotemburgo, na Suécia.

A seleção estreia com o favorito do grupo, que tem odds de 1/20 para liderar o grupo. Apesar de ser sede, a Suécia estaria classificada de qualquer maneira dado ter vencido o Campeonato Europeu de Handebol em 2022.

Segue-se o Uruguai, que fechou as quatro vagas garantidas no Sul-Centro Americano, e finalmente Cabo Verde, que participará de sua segunda edição seguida em mundiais e pode surpreender os adversários.

A ausência do central Haniel Langaro, lesionado, é pesada, mas o elenco da seleção mistura a experiência de jogadores remanescentes dos Jogos Olímpicos do Rio em 2016, como o capitão Thiagus Petrus, Oswaldo e Chiuffa, com novas caras como o central Leonardo Abrahão, o lateral-esquerdo Hugo Brayan e o ponta Jean Pierre Dupoux.

O Brasil tem odds de 7/1 para vencer o grupo e 75/1 para chegar nas semifinais.

Como assistir ao Mundial de Handebol Masculino?

A Confederação Brasileira de Handebol confirmou que nenhuma TV ou serviço de streaming no Brasil adquiriu os direitos de transmissão, porém tudo indica que a organização do torneio fará a transmissão pelo YouTube.

Quem ganhou mais vezes o Mundial de Handebol Masculino?

O Mundial de Handebol começou a ser disputado em 1938 e, desde 1993, se realiza a cada dois anos. Esta será a vigésima oitava data histórica do torneio, sempre dominado pelas seleções europeias.

Com seis ouros, a França é a seleção que mais vezes conquistou o Mundial de Handebol, seguida da Suécia e da Romênia com quatro cada, seguindo-se Alemanha, Rússia, Dinamarca e Espanha com dois.

Quem são os favoritos para o Mundial de Handebol 2023?

Vencedora das duas últimas edições, a Dinamarca chega ao torneio de 2023 como a equipa a bater e com odds de 7/5. Seu enorme potencial em todas as linhas e a hierarquia de Mikkel Hansen são seus principais argumentos para acreditar no feito de conquistar o tricampeonato mundial consecutivo, algo que nenhum país na história do torneio conseguiu.

Atrás dos dinamarqueses temos um grupo reduzido de possíveis candidatos, com Espanha, comandada pelo ex-técnico da seleção brasileira, Jordi Ribera, e ainda a França e a Suécia. Todos os três aspiram a medalhas e vão lutar para que o título mude novamente de mãos.

Depois, num terceiro escalão, poderíamos colocar a Alemanha e a Croácia, mas não podemos esquecer a Polônia que contam com a vantagem de jogar em casa.

Aposte no Campeonato Mundial de Handebol aqui

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.