Pular para conteúdo
Registre-se
Estádio Esportivo

Russell adora a pressão da qualificação

O piloto britânico George Russell garante que “é o que está em jogo na qualificação” que o entusiasma.

“Saímos, temos uma volta para ter o melhor resultado, a pressão está no máximo e toda a gente está a ver. Só me excita e consigo ter sucesso com a pressão de apresentar o resultado”, afirmou em declarações à página de internet crash.net.

Acrescentando que pensa “que para muitos pilotos, é a parte mais excitante do fim de semana”, porque “é quando o carro está no seu ponto mais rápido e quando tudo está em jogo. É como um sprint, a corrida é mais uma maratona, gerindo até ao fim. Não se pode forçar em todas as voltas de uma corrida porque ficaríamos esgotados, partíamos o motor e os travões. Mas na qualificação, não se está a reter nada, está-se a soltar tudo”.

O britânico, de 23 anos, vai pilotar o monolugar da Mercedes esta temporada e tem 11/2 odds de vencer o campeonato mundial de pilotos e 8/15 odds de ajudar a sua nova equipa a conquistar o título mundial de construtores pelo nono ano consecutivo.

Prestes a iniciar a sua quartaépoca na Fórmula 1, o jovem piloto disse ainda que os pilotos passam “a ser mais rápidos” com a experiência, porque aprendem “a trabalhar melhor com a equipa, como tirar mais do carro a partir dos aspectos técnicos”.

“Estas são todas as coisas que obviamente se aprende com a experiência e penso que progredi imenso. Sou definitivamente um piloto mais rápido hoje do que era há três anos atrás”, afirmou.

Apostas em Fórmula 1

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies