Pular para conteúdo
Registre-se
x

Numa entrevista organizada pelo Manchester United e por um dos patrocinadores, Cristiano Ronaldo juntou-se ao ex-técnico Alex Ferguson que considera seu “pai” no futebol.

“Ajudou-me muito. Chamou-me muitas vezes ao seu escritório, com o tradutor lá. O importante foi dizer-me coisas para eu crescer como pessoa e como jogador. Digo sempre que, para mim, é como um pai para mim no futebol. Aprecio tudo o que fez por mim, pela minha família e pelo clube”, disse o internacional português, que regressou ao clube britânico à cerca de quatro meses.

Os Red Devils estão neste momento no 6º lugar da Premier League com 27 pontos, um atrás do West Ham mas com menos um jogo dado que o encontro deste fim de semana foi cancelado devido a um surto de doença no clube.

O clube de Ronaldo, Bruno Fernandes e Diogo Dalot tem 125/1 odds de vencer a Premier League e 8/11 odds de terminar nos primeiros quatro lugares.  

Num excerto da entrevista divulgada pelos red devils, o internacional português recordou um “dia especial” , em agosto de 2003, quando Ferguson foi falar consigo em Alvalade após o jogo entre o Sporting e o United que os leões venceram por 3-1.

“Tens de nascer com boa comunicação, penso eu. No Sporting, ele falou comigo, com o meu agente, com o Sporting também e mostrou imediatamente quais os seus pensamentos. Foi bom. Como podem imaginar, com 18 anos e ver Alex Ferguson falar contigo... para mim foi como um sonho. Foi dizer: 'uau, provavelmente vou jogar pelo Manchester United'. Lembro-me bem, foi um dia especial”, afirmou Ronaldo sobre o momento que conduziria à sua transferência de Alvalade para Inglaterra.

Sobre a sua primeira passagem por Old Trafford, o jogador de 36 anos assume que Ferguson, com quem trabalhou no Manchester United desde 2003 até 2009, “cumpriu com tudo” o que lhe disse.

Apostas de Futebol

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies