Pular para conteúdo
Registre-se
Richarlison (Brasil)
  1. Futebol
  2. Copa do Mundo

Revisão da primeira rodada da Copa do Mundo

Este torneio teve um início frenético com vitórias esmagadoras, muito tempo de acréscimo, lesões sérias, derrotas surpreendentes e momentos individuais de brilhantismo.

Embora antes do torneio houvesse preocupações com as condições climatéricas, a verdade é que o clima não tem causado nenhum problema e o torneio arrancou sem sobressaltos.

A partir daí as emoções cresceram. Logo no primeiro jogo do segundo dia, a Inglaterra venceu o Irã, por 6-2, num jogo que teve 24 minutos de acréscimo no total geral. O alargado tempo adicional tem sido uma das surpresas deste torneio e lhe explicamos as razões disso mais abaixo.

Maiores surpresas

Na terça-feira e na quarta-feira assistimos aos grandes choques do torneio até agora, com as derrotas por 2-1 da Argentina para a Arábia Saudita, e da Alemanha para o Japão.

Em ambos os jogos, as equipes favoritas estiveram à frente no placar por 1-0, mas os azarões conseguiram as surpreendentes viradas, muito graças à colocação das suas linhas defensivas e a um eficaz aproveitamento do contra-ataque e espaços na área do adversário.

Considerada uma das favoritas para levantar o troféu Jules Rimet, a Argentina subiu ao gramado com uma série invicta de 36 jogos e era impensável a Albiceleste não conseguisse os três pontos, contra uma equipe que ocupa apenas o 51º lugar no ranking mundial. Mas o futebol é assim mesmo, e a equipe de Leonel Messi estreou com derrota.

No jogo de abertura do Grupo E, a tetra-campeã mundial, Alemanha, também foi surpreendida e está em situação complicada num grupo que conta também com a Espanha, responsável pela maior goleada do campeonato até agora.

A equipe de Luis Enrique entrou com tudo e destruiu a Costa Rica por 7-0, cravando o maior resultado de La Roja em suas participações na Copa do Mundo, com seis jogadores diferentes a colocarem a bola no fundo da baliza de Keylor Navas, e sem que a Costa Rica conseguisse fazer um único remate.

A primeira rodada terminou com as vitórias de Portugal por 3-2 sobre Gana, onde Cristiano Ronaldo fez história mais uma vez, e com o Brasil, favorito à vitória no torneio, mostrando sua classe na vitória por 2-0 sobre a Sérvia com um golaço de Richarlison.

Tempo de acréscimo alargado

Uma das grandes novidades desse torneio tem sido a larga quantidade de tempo de acréscimo dada pelos árbitros das partidas.

A instrução da Comissão de arbitragem da FIFA, presidida por Pierluigi Collina, é para que os juízes não economizem nos acréscimos e que o tempo perdido por lesões, substituições, revisões do VAR, comemorações, e qualquer outra situação que não seja de bola rolando, seja compensado.

O objetivo é que haja mais tempo real de futebol, por isso vale lembrar os pontos mais altos dessa primeira rodada da Copa do Mundo:

Notícias relacionadas:

Neymar falha próximos jogos da Copa do Mundo

Destaques do dia na Copa do Mundo

Melhor Gol – Richarlison (Brasil)

O avançado do Tottenham marcou os dois gols da vitória do Brasil sobre a Sérvia na partida de quinta-feira pelo Grupo G, mas é seu segundo gol que merece destaque especial.

Aos 72 minutos, em jogada pela esquerda, Vinícius Jr. cruzou para Richarlison que, na sequência, marcou um golaço de voleio.

Equipe sensação – Arábia Saudita

A derrota da Argentina é o dado mais surpreendente, mas não podemos deixar que isso ofusque o mérito da Arábia Saudita.

Após estar a perder por 1-0 ao intervalo, os sauditas entraram no segundo tempo dispostos a lutar e acabaram assumindo a liderança através de dois gols rápidos de Saleh Al-Shehri e Salem Al-Dawsari.

No estádio Lusail Iconic, a equipe de Herve Renard defendeu bem e conseguiu resistir por mais de 40 minutos às constantes ofensivas argentinas.

A Arábia Saudita pode estar fora dos 50 primeiros lugares do ranking mundial da FIFA, mas já escreveu seu nome na história do futebol.

Recorde – Cristiano Ronaldo

O astro português voltou a fazer história ao marcar na vitória de Portugal por 3-2 sobre o Gana, se tornando o primeiro jogador de sempre a marcar em cinco campeonatos do mundo.

Ronaldo sofreu falta de Salisu na área e o árbitro assinalou o pênalti, que o capitão da seleção das quinas não desperdiçou, inaugurando o placar.

Além disso, este foi o 13º gol de astro veterano em seus últimos 14 jogos com a camisa da seleção portuguesa em grandes torneios, mostrando que ele continua ao melhor nível apesar dos 37 anos de idade.

HTML
A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies