Pular para conteúdo
Registre-se
x
  1. Tênis

Quem serão os semifinalistas no Masters de Paris e nas WTA Finals?

Em Paris se disputam esta sexta-feira as quartas de final, enquanto em Fort Worth, Swiatek e Sakkari esperam para saber quem são suas adversárias nas semifinais.

Carlos Alcaraz continua comprovando seu favoritismo no Masters 1000 de Paris, onde pode garantir que termina o ano como o número um do mundo se vencer o torneio.

Até agora ele bateu confortavelmente Yoshihito Nishioka (6-4, 6-4) e Grigor Dimitrov (6-1, 6-3) para chegar às quartas de final, onde tem a companhia de Novak Djokovic, Stefanos Tsitsipas, Felix Auger-Aliassime, Holger Rune, Frances Tiafoe, Lorenzo Musetti e Tommy Paul. Mas seu próximo adversário está em crescendo e quer se afirmar.

Rune surpreendente

O quê:Carlos Alcaraz x Holger Rune, quartas de final
Onde:Accor Arena Centre Court, Paris
Quando:Sexta-feira, 4 de novembro de 2022, cerca das 11h20 de Brasília
Como assistir:ESPN 3 
Cotações:Carlos Alcaraz 4/9, Holger Rune 7/4

Carlos Alcaraz e Holger Rune se encontraram pela primeira vez há pouco mais de um ano na fase de grupos da Next Generation ATP Finals. Na época, o espanhol era o jogador revelação do circuito e ocupava o 32º lugar mundial, enquanto o dinamarquês era 109º classificado.

Agora com 19 anos eles se encontram novamente, Alcaraz como líder do ranking e Rune no 18º lugar, graças ao bom momento de forma que está passando. Até há um mês atrás, os maiores sucessos de Rune tinham sido ganhar o ATP 250 de Munique em abril, favorecido pela retirada de seu opositor Botic van de Zandschulp, e depois chegar às quartas de final do Aberto da França.

E se no início de outubro, Rune era 31º no ranking, desde então não parou de subir. Ele chegou à final em Sófia, venceu o torneio de Estocolmo e chegando também à final em Basileia, sua primeira final do ATP 500.

Agora, em Paris, ele já eliminou Stan Wawrinka, Hubert Hurkacz e o nono classificado do ranking mundial, Andrey Rublev, sem perder nenhum set contra o polonês ou o russo.

Portanto, Alcaraz terá esta sexta-feira mais um grande teste às suas capacidades.

Verifique os restantes encontros das quartas de final do Paris Masters, esta sexta-feira, com horários de Brasília:

Frances Tiafoe x Felix Auger-Aliassime (às 10:00)

Novak Djokovic x Lorenzo Musetti (a partir das 15:30)

Stefanos Tsitsipas x Tommy Paul (a partir das 16:50)

Nadal focado nas ATP Finals

O espanhol já foi eliminado do Masters de Paris e por isso está agora concentrado em se preparar para as ATP Finals, o único grande torneio do circuito que ele não conseguiu vencer na sua gloriosa carreira.

Rafa participou de 10 edições desde 2006, chegando às semifinais em duas ocasiões e à final em outras duas, mas nunca venceu e desta vez não é sequer favorito, devido à falta de ritmo competitivo.

Mas não seria a primeira vez que o veterano surpreendia todo o mundo e cravava mais uma atuação de mestre até à vitória.

Swiatek soma e segue

O quê: WTA Finals
Onde: Dickies Arena, Fort Worth, Texas
Quando: 31 de outubro a 7 de novembro 2022
Cotações:      Iga Swiatek 4/7, Maria Sakkari 11/2, Ons Jabeur 13/2, Caroline Garcia 9/1, Aryna Sabalenka 10/1

Sem grandes surpresas, a primeira tenista a se classificar para as semifinais da WTA Finals foi Iga Swiatek. Aos 21 anos, a líder do ranking mundial, já conquistou oito títulos em 2022 e soma 66 vitórias na temporada.

A número um do mundo, que começou o torneio com uma vitória de 6-2 e 6-3 sobre Daria Kasatkina, garantiu, na quinta-feira, vaga na semifinal do torneio ao vencer Caroline Garcia pelas parciais de 6-3 e 6-2, em 1h25 de partida.

Ainda no Grupo A, a russa Daria Kasatkina, número oito do mundo, bateu a norte-americana Coco Gauff, e iguala Garcia com uma derrota e uma vitória. As duas se enfrentam este sábado e a vencedora conquista o segundo lugar do grupo e uma vaga nas semifinais da prova.

No Grupo B, a grega Maria Sakkari, que ocupa o quinto posto do ranking WTA, também já se classificou graças às duas vitórias sobre Jessica Pegula e Aryna Sabalenka.

Nos encontros de hoje, Sakkari procurará garantir a liderança do grupo e assim evitar Swiatek nas semifinais, enquanto Ons Jabeur, Jessica Pegula e Aryna Sabalenka lutam pela chance de se qualificar.

Bia e Danilina decidem a vaga no sábado

Depois da vitória na estreia em duplas femininas no WTA Finals, a brasileira Beatriz Haddad Maia e a cazaque Anna Danilina perderam esta quinta-feira frente à dupla Elise Mertens/Veronika Kudermetova na segunda rodada, e por isso adiaram suas chances de classificação para as semifinais.

Este sábado, elas enfrentarão a ucraniana Lyudmyla Kichenok e a letã Jelena Ostapenko e precisam vencer.

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies