Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Artem Dovbyk (Girona)
  1. Futebol
  2. Espanha - Primeira Liga

Quem luta pela artilharia de LaLiga

A disputa pelo troféu Pichichi, entregue ao artilheiro do Campeonato Espanhol, está cada vez mais acirrada.

Das cinco principais ligas de futebol europeias, a que tem se mostrado menos lógica em termos de classificação é o Campeonato Espanhol. Antes do início da temporada, quem teriado imaginado o Girona terminando o primeiro turno como o líder junto do Real Madrid?

A edição 2023–24 de LaLiga também vem surpreendendo quando o assunto é a disputa pela artilharia. Se na Inglaterra, na Itália, na Alemanha e na França os principais goleadores são os nomes mais óbvios possíveis, na Espanha essa disputa tem sido bastante renhida.

posiçãogolsjogadorequipe
1.ª13Jude BellinghamReal Madrid
2.ª12Borja MayoralGetafe
Álvaro MorataAtlético
4.ª11Artem DovbykGirona
Antoine GriezmannAtlético
6.ª9Gerard MorenoVillarreal
Ante BudimirOsasuna
8.ª8Gorka GurezaAthletic
Iñaki WilliamsAthletico
Robert LewandowskiBarcelona

Esse top 10 impressiona tanto pelos nomes que o compõem quanto pelos que nele não aparecem. Com base na lista acima traçaremos contrastes entre as expectativas da pré-temporada e a realidade deste meio de temporada. Por fim, apresentaremos o cenário razoável até o fim do campeonato de acordo com os prognósticos.

Um Pichichi menos eficaz

Robert Lewandowski foi o artilheiro de LaLiga anterior, e por isso era o favorito para receber o troféu Pichichi também em 2023–24. Mas mesmo 2022–23 não foi uma temporada assim tão boa para os seus padrões: por ter marcado 23 gols, o camisa 9 do Barcelona foi o artilheiro menos produtivo do Campeonato Espanhol desde 2001–02.

De notar também que 61% dos seus gols na última edição de LaLiga foram marcados no primeiro turno. Desde então Lewandowski não parece ter alcançado aquele patamar a que nos acostumou nos tempos em que defendia o Bayern de Munique, como se vê pela sua média de 0,47 gol por jogo (8/17) na presente Liga Espanhola.

Uma surpresa entre os merengues

No último verão europeu o Real Madrid se despediu do francês Karim Benzema e trouxe outro centroavante: Joselu, que terminou LaLiga 2022–23 como o maior artilheiro entre os espanhóis. Apesar disso, as cotações indicavam os brasileiros Vini Jr. e Rodrygo como os mais sérios candidatos a máximo goleador merengue em LaLiga 2023–24.

Evidentemente também imaginava-se que Jude Bellingham, contratado naquela mesma janela de transferências por mais de 100 milhões de euros, seria um dos indiscutíveis para Carlo Ancelotti. Mas acreditamos que nem o técnico italiano esperava que o meia inglês de 20 anos terminasse o primeiro turno com mais gols que qualquer um.

Um intruso na disputa pelo Zarra

Desde 2006, o máximo goleador espanhol de uma edição de LaLiga recebe do jornal Marca o troféu Zarra. Em 2022–23, como observamos, o vencedor foi Joselu (um alemão de nascença), que marcou dezesseis gols pelo Espanyol. Mas nos prognósticos para 2023–24 era Álvaro Morata, do Atlético de Madrid, o mais bem cotado.

Morata tem marcado gols em quantidade suficiente para se manter como o titular da seleção espanhola. Tampouco surpreende ver o bom desempenho de Gerard Moreno e Gorka Guruzeta: o primeiro recebeu o Zarra duas vezes (sempre pelo Villarreal), e o segundo já era na pré-temporada o provável centroavante titular do Athletic.

Borja Mayoral, este sim, tem ido além das nossas expectativas. Sua equipe, o Getafe, dificilmente terminará o campeonato em alguma zona europeia; o camisa 19, porém, terminou o primeiro turno com quatro gols a mais do que em toda a Liga Espanhola anterior —e assim tornou-se um bom candidato inclusive ao prêmio Pichichi—.

Quatro (ou três) estrangeiros

O francês Antoine Griezmann, do Atlético, dispensa muitos comentários: foi o jogador com mais participações diretas em gols em LaLiga anterior (quinze tentos e dezesseis assistências). Já o ucraniano Artem Dovbyk, do Girona, é um dos grandes símbolos de uma temporada que já é histórica para os alvirrubros da Catalunha.

Graças ao croata Ante Budimir, o Osasuna de Jagoba Arrasate tem conquistado pontos que podem se mostrar decisivos na luta pela permanência. E Iñaki Williams, um basco naturalizado ganês, tem feito muito para que o Athletic de Ernesto Valverde mantenha-se na luta por uma vaga na Liga dos Campeões da UEFA.

Perspectivas

Semana passada, entre os dias 2 e 4, realizaram-se as últimas partidas do primeiro turno. No dia seguinte as principais cotações do mercado «Melhor Marcador» eram as que se vê abaixo.

cotaçãojogadorequipe
3,00Jude BellinghamReal Madrid
3,25Álvaro MorataAtlético
4,50Robert LewandowskiBarcelona
8,00Antoine GriezmannAtlético
11,00Artem DovbykGirona
Borja MayoralGetafe
51,00RodrygoReal Madrid
Gerard MorenoVillarreal
Ante BudimirOsasuna

As cotações nos indicam que há pelo menos quatro bons candidatos à artilharia (e o favorito tem chances de aproximadamente 33%). Nas próximas dezenove rodadas tudo pode ocorrer.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.