Pular para conteúdo
pt-br ACESSAR Esportes bet365
Bolivia v Brasil
  1. Futebol
  2. Futebol de Seleções

Pré-Olímpico: a estreia da Canarinho

Na estreia pelo torneio que leva a Paris, o Brasil de Ramon Menezes enfrenta a Bolívia de Antônio Carlos Zago.

Anteontem realizaram-se os primeiros jogos do Pré-Olímpico Masculino de Futebol, no qual as dez seleções de países-membros da Conmebol disputam duas vagas para o torneio a ser realizado em Paris e outras cidades francesas a partir de 24 de julho.

Quem sedia este Pré-Olímpico é a Venezuela, que integra o grupo A junto de Brasil, Bolívia, Colômbia e Equador. Os dois primeiros colocados avançam à fase seguinte, que, assim como esta, se disputará em sistema de pontos corridos em turno único.

Amanhã a seleção brasileira enfrenta, em Caracas, a boliviana. Para a canarinho de Ramon Menezes será a estreia, mas para a verde de Antônio Carlos Zago será a chance de enfim conquistar uma vitória após o empate com os anfitriões na primeira rodada.

O quê:Bolívia x Brasil
Onde:Brígido Iriarte, Caracas
Quando:terça, 23 de janeiro, às 17h (Brasília)
Como assistir:sportv
Cotações:Bolívia = 15,00 | empate = 6,50 | Brasil = 1,14

Como chega a verde

O treinador da seleção pré-olímpica da Bolívia é o mesmo da seleção principal. Em 31 de outubro, quatro meses após ser demitido do Coritiba, Antônio Carlos Zago foi anunciado como o sucessor do argentino Gustavo Costa (demitido após não somar pontos nas quatro primeiras rodadas das Eliminatórias do Mundial).

Entre os nomes esperados para este torneio estavam dois atletas do Santos: o meio-campista Miguel Terceros (mais conhecido como «Miguelito») e o atacante Enzo Monteiro. Ambos foram requisitados pelo alvinegro praiano para a disputa da atual Copa São Paulo de Futebol Júnior, e por isso não puderam juntar-se à seleção.

Outro que não atua no Campeonato Boliviano e que não foi liberado é o atacante Jaume Cuéllar, emprestado pelo Lugo ao Barcelona Atlètic (a equipe «B» do Barça). Liberados foram o meio-campista Fernando Nava, que representa o Athletico, e o atacante Daniel Ribera, que representa o Talleres de Córdoba.

Seis atletas neste Pré-Olímpico integraram a primeira convocatória de Zago para a seleção principal: os zagueiros Pablo Vaca (Always Ready) e Jairo Quinteros (Bolívar), os laterais Diego Daniel Medina (Always Ready) e Denilson Durán (Blooming), o meio-campista Gabriel Villamil (LDU) e o atacante Jeyson Chura (The Strongest).

Sábado passado, no mesmo estádio Brígido Iriarte em que se realizará a partida de amanhã, a Bolívia empatou com a Venezuela por 3 x 3. O primeiro gol da verde foi marcado pelo atacante José Briceño (atualmente sem clube), o segundo pelo também atacante Lucas Chávez (Bolívar) e o terceiro, já nos acréscimos, por Villamil.

Como chega a canarinho

Em fevereiro do ano passado, Ramon Menezes conquistou com o Brasil o Campeonato Sul-Americano Sub-20; entre março e junho, dirigiu interinamente a seleção principal em três amistosos (uma vitória e duas derrotas); em novembro, conseguiu com a verde e amarela sub-23 a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos.

Em dezembro, o ex-meia anunciou a primeira lista de convocados para o Pré-Olímpico. Provavelmente já antecipando a não liberação por parte de clubes, Ramon nem mesmo chamou atletas que já chegaram ou pareciam prestes a chegar à seleção principal. (Um exemplo desse segundo caso é o atacante Savinho, do Girona.)

Ainda assim, a lista enviada à Conmebol apresentou sete mudanças em relação à original. Não foram liberados Andrew Silva (Gil Vicente), Luan Cândido (Bragantino), Vinicius Tobias (Real Madrid Castilla), Patryck Lanza (São Paulo), Kaiky Fernandes (Almería), Robert Renan (Internacional) e Danilo (Nottingham Forest).

Para os lugares dos atletas citados no parágrafo anterior escolheu-se o goleiro Kaique (Palmeiras), o zagueiro Luan Patrick (Athletico), o lateral-direito Khellven (CSKA Moscou), os laterais-esquerdos Kaiki Bruno (Cruzeiro) e Rikelme (Cuiabá) e os meio-campistas Bruno Gomes (Coritiba) e Maurício (Internacional).

Desde então precisou ser cortado, por lesão, o lateral-direito Matheus Dias (Internacional). Para o seu lugar foi convocado um zagueiro: Lucas Fasson (Lokomotiv Moscou). Ele se junta a um grupo que inclui o meio-campista Andrey Santos (Chelsea) e os atacantes Endrick (Palmeiras) e John Kennedy (Fluminense).

O que se espera do jogo

No Sul-Americano Sub-20 de um ano atrás, essas duas seleções não se encontraram. O Brasil, como dito, foi o campeão; a Bolívia foi eliminada ainda na primeira fase (uma vitória e três derrotas). Por mais que nem todos os atletas sejam os mesmos, temos aí um bom parâmetro para avaliar a força de ambas as seleções.

Outra vantagem da canarinho sobre a verde é que Ramon conhece muito melhor o elenco que tem a seu dispor do que Antônio Carlos. Com nomes acostumados ao forte ritmo competitivo da Série A, os tupiniquins só poderiam mesmo ser considerados amplos favoritos contra este que em tese é o adversário mais frágil do grupo.

As cotações aqui apresentadas estão sujeitas a flutuações.

Futebol

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta

Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.