Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Enzo Fittipaldi

Enzo Fittipaldi da Cruz é um piloto brasileiro de 22 anos que compete atualmente no FIA Fórmula 2 Championship pela Van Amersfoort Racing.

Ele é neto do duas vezes campeão do mundo de Fórmula 1, Emerson Fittipaldi, e o seu trajeto profissional tem evoluído de forma positiva.

Entre os melhores momentos da sua ainda curta carreira se destacam o título de campeão da Fórmula 4 Italiana em 2018 e o segundo lugar na Fórmula Regional Europeia de 2019.

Começou nos Carts

Tal como a grande maioria dos pilotos, Enzo começou a sua carreira de piloto nos carts, ainda que não tenha feito muito que seja digno de registro. Ele correu nos Estados Unidos, passando por provas como a Florida Winter Tour, Rotax Grand Nationals USA - Micro Max, Rotax Max Challenge Grand Finals - Mini Max e a Florida Winter Tour - Junior ROK; entre os anos de 2009 e 2015.

Ele teve uma passagem rápida por carros de turismo, competindo no Campeonato Simpson Race Products Ginetta Junior pela Douglas Motorsport.

Fórmulas

O Tubarãozinho se estriou na Fórmula 4 pela equipe Prema Powerteam competindo na Fórmula 4 Italiana. Ele passou algum tempo na sombra do seu companheiro de equipe, mas mostrou finalmente o seu talento em 2018, quando foi campeão.

Ele participou também na Fórmula 4 ADAC, onde conseguiu terminar no pódio algumas vezes.

Em 2019 participou na Fórmula Regional Europeia ainda pela Prema, onde teve Frederik Vesti e Olli Caldwell como companheiros. Enzo fez alguns bons resultados, entre eles uma vitória logo na segunda corrida. No total ele venceu duas corridas, subiu 11 vezes ao pódio e terminou em segundo lugar, atrás apenas de seu companheiro Vesti.

FIA Fórmula 3

Em janeiro de 2020, Fittipaldi foi anunciado como piloto da HWA Racelab na FIA Fórmula 3, com Jake Hughes e Jack Doohan como colegas de equipe. Apesar de ser o seu ano de estreia, ele pontuou regularmente, terminando em 15.º lugar, com menos oito pontos que o seu experiente colega Hughes, mas bem na frente do outro estreante, Doohan.

Em maio de 2021 ele mudou para a Charouz Racing System, onde estavam também Reshad de Gerus e Logan Sargeant. A sua consistência não foi a melhor, mas foi apresentando bons resultados. Somou 25 pontos e ficou no 17.º lugar, sendo substituído por Hunter Yeany.

FIA Fórmula 2

Ainda em 2021, em setembro, a mesma Charouz colocou Enzo a competir na Fórmula 2, fazendo equipa com o compatriota brasileiro Guilherme Samaia. Ele admitiu que não esperava chegar tão cedo nessa categoria, mas queria dar tudo para ter sucesso.

Mesmo começando com a temporada já a decorrer, Fittipaldi foi mostrando o seu valor e acabou mesmo conseguindo os primeiros pontos na penúltima prova da temporada, em Jedá. Porém, quando parecia estar a encontrar o seu melhor ritmo, ainda em Jedá, sofreu um acidente sério que o levou para o hospital, onde foi diagnosticado com uma fratura em seu calcanhar e não competiu na última prova.

Em 2022, ele revelou que iria continuar na Charouz na Fórmula 2. Nas duas primeiras provas, não conseguiu pontuar, mas em Imola conseguiu o seu primeiro pódio em F2. Desde aí, ele começou a somar pontos de forma regular e, em Silverstone, conseguiu seu segundo pódio. Na pausa no meio da temporada, Enzo era o quarto classificado da geral com 100 pontos.

A segunda metade de 2022 não correu tão bem e, no final da temporada, ele ficou em oitavo, com 126 pontos e conseguiu seis pódios no total.

No final do ano de 2022, quando fazia testes pela Carlin, Enzo foi obrigado a uma cirurgia de emergência para resolver uma hemorragia cerebral.

2023 a primeira vitória

Em janeiro de 2023, Enzo foi confirmado como piloto da Carlin ao lado de Zane Maloney. Fittipaldi foi progredindo com o decorrer da temporada, começou alcançando pódios, mas por um azar ou outro não conseguia chegar à ambicionada vitória.

Mas isso mudou na Bélgica. Após se qualificou em sétimo, mas na corrida de sprint começou em quarto e saltou rapidamente para segundo. Geriu muito bem o desgaste de seus pneus e, na penúltima volta, conseguiu passar o líder Verschoor, acabando no primeiro lugar e, assim, conseguindo sua primeira vitória da F2.

Ele conseguiu alguns desempenhos interessantes até o final da temporada e terminou em sétimo com 124 pontos.

Presente

Este ano ele trocou de equipa e corre pela Van Amersfoort Racing, onde se espera que brigue regularmente pelos lugares do pódio. De momento está em sexto com 32 pontos após três provas. Não conseguiu pontuar na primeira em Sakhir, mas somou seus 32 pontos em Jedá. Na última prova, em Melbourne, voltou a não pontuar, mas é preciso lembrar que ele estará ainda se adaptando à sua nova equipe.

Importante também falar da ligação de Fittipaldi à Fórmula 1. Em dezembro de 2016 foi confirmado como membro da Ferrari Driver Academy, mas no final de 2021essa ligação terminou. Em novembro de 2022 foi anunciado como membro da Red Bull Junior Team, uma academia que tenta encontrar pilotos com talento para subirem nas equipes de F1 da marca, quer seja a principal – Red Bull Racing, quer seja a ‘irmã’ RB.

Fittipaldi tem uma cotação de 15,00 para vencer o Mundial de F2 este ano, Zane Maloney tem 3,75 e Dennis Hauger 5,50.

*As cotações citadas podem apresentar divergências, pois, ainda que corretas no momento da publicação do artigo, sofrem alterações em tempo real.

Esporter Motorizados

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.