Pular para conteúdo
Registre-se
x
  1. Futebol
  2. Copa do Mundo

Os principais debutantes do Mundial

Um número considerável de jogadores de destaque deve sentir, em Catar 2022, o gosto de disputar o seu primeiro Mundial de seleções.

Abaixo mencionamos os principais deles, dos mais jovens aos mais velhos.

Pedri (Espanha)

Quando da disputa da última Copa do Mundo, Pedri havia acabado de ser integrado ao juvenil do Las Palmas. Hoje, este meia que fará 20 anos no Catar joga no Barcelona e está bem cotado para ser titular no concorrido meio-campo da seleção espanhola.

Alphonso Davies (Canadá)

Prestes a completar 22 anos, o lateral/ponta-esquerda canadense Davies, do Bayern de Munique, é hoje o principal jogador norte-americano. Com ele, os Rouges se classificaram a um Mundial de seleções pela segunda vez neste ano. (A primeira foi em 1986.)

Vini Jr. (Brasil)

Em 2018, Vinícius Júnior acabava de chegar ao Real Madrid. Agora com 22 anos, este atacante brasileiro é não só um dos principais atletas do clube espanhol como uma das grandes esperanças da seleção brasileira na busca pelo hexacampeonato.

Phil Foden (Inglaterra)

Mesmo com apenas 22 anos, Foden, do Manchester City, parece já ter conseguido o seu lugar no onze titular dos Three Lions. Com ele e os veteranos Raheem Sterling e Harry Kane, a Inglaterra deverá ter um dos ataques mais temíveis do próximo Mundial.

Dušan Vlahović (Sérvia)

Se a Sérvia hoje é tida como uma equipe mais forte do que era em Rússia 2018 (quando não passou da fase de grupos), muito disso se deve à presença do atacante Vlahović, de 22 anos, que está desde o último mês de janeiro na Juventus.

Darwin Núñez (Uruguai)

Darwin fez grande temporada pelo Benfica em 2021–22. Hoje no Liverpool, este atacante de 23 anos pode ser o principal responsável por relegar ou Luis Suárez ou Edinson Cavani ao banco de suplentes do Uruguai na próxima Copa do Mundo.

Rafael Leão (Portugal)

Foi em 2018 que o atacante Rafael Leão fez sua primeira partida pela equipe principal do Sporting. Agora aos 23 anos, este atleta do Milan vem de ser eleito o melhor da Serie A na temporada passada e tem tudo para estar entre os titulares de Portugal no Oriente Médio.

Lautaro Martínez (Argentina)

Martínez fez parte da pré-lista da Argentina para a Copa do Mundo anterior, mas ficou de fora da lista final. Agora, aos 25 anos, este atacante da Internazionale é titular indiscutível da Albiceleste de Lionel Scaloni.

Leroy Sané (Alemanha)

Embora tenha feito parte do grupo da Alemanha que disputou a Euro 2016, Sané não foi incluído na lista final do Mundial de dois anos depois. Neste fim de 2022, por outro lado, este atacante de 26 anos do Bayern Munique é forte candidato à titularidade na Mannschaft.

Édouard Mendy (Senegal)

Em 2021, este goleiro do Chelsea foi eleito o melhor do mundo em sua posição pela FIFA. Agora com 30 anos, Mendy é uma das principais razões de Senegal ser tido como a mais forte seleção africana em Catar 2022.

Virgil van Dijk (Holanda)

A princípio pode causar estranhamento a constatação de que o Mundial deste ano será o primeiro do zagueiro Van Dijk, de 31 anos, do Liverpool. Mas é quase certo que a história teria sido outra se a Holanda tivesse obtido a classificação para Rússia 2018.

Gareth Bale (País de Gales)

Aos 33 anos, o atacante Bale, atualmente no Los Angeles FC, é uma lenda no País de Gales. Foi muito por causa de suas atuações (e gols) que neste ano os Dragões se classificaram a uma Copa do Mundo pela segunda vez na história. (A primeira foi em 1958.)

Quem não estará no Mundial (e talvez nunca esteja)

O exemplo de Bale nos faz lembrar de jogadores conhecidos da atualidade que não tiveram o privilégio de participar da principal competição entre seleções no mundo.

Um dos que têm boas perspectivas de disputar o torneio pela primeira vez em 2026 é o atacante Luis Díaz, de 25 anos (atualmente no Liverpool). Além de ser relativamente jovem, a sua Colômbia é sempre uma equipe competitiva nas Eliminatórias Sul-Americanas.

Situação bem mais complicada é a do defensor David Alaba, de 30 anos (atualmente no Real Madrid). E isso tanto devido à sua idade quanto à pouca tradição da Áustria — uma seleção que não disputa uma Copa do Mundo desde 1998.

Cabe também falar do atacante Pierre-Emerick Aubameyang, de 33 anos (atualmente no Chelsea), que já até anunciou, há alguns meses, que não mais jogaria pelo Gabão — uma equipe que nunca disputou um Mundial de seleções.

Esses e outros atletas integram, junto do liberiano George Weah, do norte-irlandês George Best e do galês Ryan Giggs, uma lista de notáveis cujas presenças em pelo menos uma Copa do Mundo teria alegrado a muitos fãs de futebol.

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies