Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Paolo Guerrero (Avaí)
  1. Futebol
  2. Brasileirão

Os principais candidatos ao rebaixamento na Série A 2023

Manter-se na elite do futebol nacional nunca é um objetivo fácil — mas este ano a dificuldade promete ser ainda maior.

Embora ainda falte mais de um mês para o início do próximo Brasileirão Série A, já é possível conjeturar sobre as equipes que, no momento, mais correm risco de terminar entre as quatro rebaixadas.

Cuiabá

Sob o comando do português António Oliveira, o Cuiabá terminou a Série A passada em 16.º lugar, com 41 pontos (36% de aproveitamento). Desde então o clube viu irem embora o meio-campista Pepê e o próprio Oliveira.

O novo técnico também é português: Ivo Vieira, em sua primeira experiência no Brasil. Chegaram ainda o volante Fernando Sobral e o atacante Isidro Pitta, que se juntam a remanescentes como o goleiro Walter e o zagueiro Marllon.

Na recém-finalizada primeira fase do Campeonato Mato-Grossense foram nove vitórias em nove jogos; mas, no seu jogo mais importante da temporada até aqui, o Dourado foi eliminado pelo São Raimundo-RR na primeira fase da Copa do Brasil.

Goiás

Em 2022 o Goiás de Jair Ventura surpreendeu a muitos não só por terminar o Campeonato Brasileiro numa honrosa 13.ª posição (classificando-se, assim, para a Copa Sul-Americana) mas também por ter em Pedro Raul o vice-artilheiro do torneio.

A equipe é agora treinada por Guto Ferreira. Pedro Raul se foi, mas o goleiro Tadeu, o zagueiro Lucas Halter e o atacante Vinícius permaneceram. Dos recém-chegados, o volante Zé Ricardo é um que parece ter ganho a condição de titular.

Após meros 53% de aproveitamento nas primeiras cinco rodadas do Campeonato Goiano, o Esmeraldino alcançou uma série de cinco vitórias sem levar um gol sequer. Na Copa do Brasil a equipe passou à segunda fase ao empatar fora de casa com os alagoanos do ASA.

Bahia

Um dos quatro clubes que conquistaram o acesso na última Série B foi o Bahia, tendo como treinadores primeiro Guto Ferreira e depois Enderson Moreira. Entre seus principais atletas estavam o zagueiro Luiz Otávio e o meio-campista Lucas Mugni.

Uma vez terminada a temporada 2022, o clube virou SAF e anunciou o técnico português Renato Paiva. O já citado Luiz Otávio foi embora, assim como o atacante Hugo Rodallega. Vieram, entre outros, o goleiro Marcos Felipe, o zagueiro Kanu e o atacante Biel.

O Tricolor de Aço foi o líder da primeira fase do Campeonato Baiano, mas a derrota por 6 x 0 para o Sport na Copa do Nordeste não será esquecida tão cedo. Na Copa do Brasil, a equipe passou para a segunda fase ao golear os seus conterrâneos do Jacuipense.

Outras equipes

Mencionamos até aqui os três mais fortes candidatos a cair para a Série B. Abaixo listamos outras quatro equipes cuja principal meta na primeira divisão deste ano deverá ser — pelo menos a princípio — manter-se fora da zona de rebaixamento.

O Cruzeiro assegurou a conquista da segunda divisão de 2022 com seis rodadas de antecedência, e manteve o uruguaio Paulo Pezzolano como seu treinador. Mas foi a muito custo que a Raposa se classificou às semifinais do atual Campeonato Mineiro.

O Santos, que foi o 12.º colocado no último Brasileirão, trouxe para a nova temporada o técnico Odair Hellmann. Com a base do fim do ano passado, o Peixe avançou à segunda fase da Copa do Brasil mas pode nem chegar às quartas de final do Campeonato Paulista.

O América-MG terminou a Série A passada em 10.º lugar e segue sendo treinado por Vagner Mancini. Apesar de invicto em 2023 e de ter passado às semifinais do estadual e à segunda fase da Copa do Brasil, o Coelho tem média de 1,78 gol por jogo.

O Coritiba foi o 15.º colocado no Campeonato Brasileiro de 2022, e para este ano trouxe como treinador António Oliveira. Com ele, o Coxa cumpriu suas metas até aqui e tem média de 0,58 gol sofrido por jogo, mas a qualidade do futebol apresentado ainda é insatisfatória.

Notícias relacionadas

Retorno de Vasco e Bahia para a Série A

O que esperar de Cruzeiro e Grêmio na Série A 2023?

As primeiras semanas de António Oliveira no Coritiba

Muito ainda pode mudar

É sempre útil lembrar que a primeira janela de transferências de 2023 termina apenas no dia 4 de abril. Até lá, os vinte participantes da primeira divisão — que começa em 15 de abril — terão obtido mais clareza sobre como reforçar seus respectivos elencos.

E não há dúvidas de que todas as sete instituições mencionadas acima continuarão se movimentando no mercado a fim de trazerem novos jogadores. (Isso vale principalmente para o Bahia, por conta de sua recente aquisição por parte do grupo City.)

Além disso, a lista aqui apresentada é principalmente um reflexo dos últimos cinco meses. Não deverá causar espanto se, em maio, alguma equipe não mencionada neste texto estiver entre as quatro últimas colocadas na sempre tão competitiva Série A do Brasileirão.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.