Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
futebol
  1. Futebol
  2. Copa do Mundo

Os jogadores com mais gols em Copas do Mundo que provavelmente estarão no Catar

Seis jogadores chegarão ao próximo Mundial da FIFA com boas chances de se aproximar dos maiores goleadores históricos da competição.

[Artigo originalmente publicado em 2 de novembro de 2022.]

Desde 2014, o maior artilheiro da história das Copas do Mundo é o alemão Miroslav Klose, com 16 gols.

Não parece provável que o recorde de Klose seja batido (ou mesmo igualado) neste ano, mas alguns jogadores podem ao menos subir algumas posições nesse ranking.

Os nomes a serem superados

Ronaldo Nazário (Brasil)

Fechando o top cinco dos goleadores históricos da competição, temos o brasileiro Ronaldo, com 15 gols, o alemão Gerd Müller, com 14, o francês Just Fontaine, com 13, e um certo Pelé, com 12.

A melhor média de gols dos cem primeiros colocados é a do húngaro Sándor Kocsis, que precisou de apenas cinco partidas para marcar 11 vezes (ou, seja, uma média de 2,20 por jogo). Kocsis é o sexto no ranking, junto do alemão Jürgen Klinsmann.

A seguir, abordaremos os atletas que, se tiverem uma média de gols de pelo menos um por jogo em Catar, têm tudo para terminar a competição entre os cinco primeiros colocados.

10 gols

O único atleta ainda em atividade no top 10 é Thomas Müller, de 33 anos. Graças aos seus 10 gols em Copas, o alemão divide a oitava posição no ranking com o argentino Gabriel Batistuta, o peruano Teófilo Cubillas, o polonês Grzegorz Lato, o inglês Gary Lineker e o também alemão Helmut Rahn.

Em 2010, esse meia/atacante do Bayern de Munique (único clube que defendeu em toda a carreira) marcou cinco vezes; em 2014, marcou outras cinco; mas, em 2018 (quando a Alemanha foi eliminada ainda na fase de grupos), não marcou nenhuma vez.

Em 2019, o técnico da Mannschaft, Joachim Löw, chegou a afirmar que não pretendia mais contar com ele. No entanto, Müller voltou a ser chamado para a disputa da Euro realizada no ano passado, e a sua presença na lista dos 26 alemães que serão comandados por Hansi Flick no Catar parece certa.

7 gols

Os sete gols do português Cristiano Ronaldo, de 37 anos, e do uruguaio Luis Suárez, de 35, fazem com que eles dividam a 30.ª posição do ranking com outros seis nomes: o brasileiro Careca, o tchecoslovaco Oldřich Nejedlý, o holandês Johnny Rep, o alemão Hans Schäfer, o polonês Andrzej Szarmach e o húngaro Lajos Tichý.

CR7, que ano passado voltou ao Manchester United, marcou uma vez no Mundial de 2006, uma no de 2010, uma no de 2014 e quatro no de 2018. “Luisito”, que neste ano voltou ao Nacional, marcou três vezes em 2010, duas em 2014 e duas em 2018.

Cristiano vive momento conturbado no seu clube, mas continua sendo peça fundamental na Seleção das Quinas, comandada por Fernando Santos. Já Suárez aparentemente disputa com Edinson Cavani e Darwin Núñez uma das duas vagas de titular do ataque da Celeste de Diego Alonso.

6 gols

O argentino Lionel Messi, de 35 anos, o brasileiro Neymar, de 30, e o inglês Harry Kane, de 29, são três dos 27 jogadores (entre os quais estão o búlgaro Hristo Stoichkov, o argentino Mario Kempes e o uruguaio Diego Forlán) que, com seis gols em Copas, estão em 38.º no ranking.

Messi, hoje no Paris Saint-Germain, marcou um gol em 2006, nenhum em 2010, quatro em 2014 e um em 2018; Neymar, que também está no PSG, marcou quatro gols em 2014 e dois em 2018; e Kane, do Tottenham, marcou os seus seis gols em 2018.

Esses três jogadores continuam gozando de prestígio em suas respectivas seleções, cujos técnicos estão no cargo há alguns anos: a Albiceleste tem como comandante Lionel Scaloni desde 2018, a Canarinho está nas mãos de Tite desde 2016 e os Three Lions são treinados por Gareth Southgate também desde 2016.

Algumas considerações

É justo pelo menos mencionar que, dos atletas com seis gols em Mundiais, há mais um que pode estar no Catar: o ganês Asamoah Gyan, de 36 anos. Mas, como a sua presença na lista final de 26 jogadores do técnico Otto Addo parece improvável, decidimos não mencioná-lo junto de Messi, Neymar e Kane.

Vale também dizer algumas palavras a mais sobre Kane, que, dos nomes aqui analisados, é o único com menos de 30 anos. Sendo assim, é provável que o vejamos atuar não só nesta Copa do Mundo como também na próxima — o que aumenta consideravelmente as suas chances de chegar aos 16 gols de Klose.

Existe outro jogador talvez até mais apto do que Kane a alcançar tal feito: Kylian Mbappé, de 23 anos. Em Rússia 2018, o francês marcou quatro vezes; se conseguir pelo menos repetir tal marca em 2022, o atual camisa 7 do PSG deverá estar em ótimas condições para, talvez em 2030 ou em 2034, alcançar o topo desse ranking histórico.

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.