Pular para conteúdo
Registre-se
Jonathan Calleri (São Paulo)
  1. Futebol
  2. Copa Sul-Americana

Os candidatos à conquista da Copa Sul-Americana 2022

Restam oito equipes na luta pela conquista do segundo mais importante torneio entre clubes da Conmebol.

[Artigo originalmente publicado em 11 de julho de 2022.]

A Copa Sul-Americana 2022 chega à sua fase de quartas de final. Agora, restam quatro brasileiros, um equatoriano, um uruguaio, um peruano e um venezuelano em busca do título da 21.ª edição do segundo torneio em importância entre clubes da Conmebol.

A novidade no regulamento deste ano foi a eliminação do critério do gol marcado fora de casa. Isso tende a aumentar o grau de previsibilidade dos confrontos e, consequentemente, o favoritismo dos principais clubes brasileiros contra os de outros países.

Abaixo, temos as oito equipes ainda vivas na competição e suas respectivas chances conforme as cotações do dia 11 de julho.

São Paulo

Na fase de grupos, o Tricolor paulista fez 16 pontos (cinco vitórias e um empate) contra Everton (Chile), Ayacucho (Peru) e Jorge Wilstermann (Bolívia). Nas oitavas de final, a equipe derrotou a Universidad Católica (Chile) tanto na ida quanto na volta.

O bom momento dos atacantes Jonathan Calleri e Luciano nos ajuda a começar a entender o porquê de o retorno oferecido pelo título da Sul-Americana por parte da equipe comandada por Rogério Ceni ser de 3,50.

Internacional

O Colorado terminou a fase de grupos, contra Guaireña (Paraguai), Independiente Medellín (Colômbia) e 9 de Octubre (Equador), com 12 pontos (três vitórias e três empates). Nas oitavas de final, a equipe superou de forma dramática o Colo-Colo (Chile).

O aproveitamento do Inter desde a chegada de Mano Menezes, em abril, vem sendo dos melhores na Série A do Brasileirão, e jogadores como o meio-campista Edenilson e o atacante Alemão justificam os 3,75 de retorno pelo título dos gaúchos.

Ceará

O Vozão tem 100% de aproveitamento na competição. Na fase de grupos, as vítimas foram Independiente (Argentina), General Caballero (Paraguai) e Deportivo La Guaira (Venezuela); nas oitavas de final, o Strongest (Bolívia).

Os cearenses trouxeram o técnico Marquinhos Santos para substituir Dorival Júnior (que foi para o Flamengo) e contam com a grande fase do atacante Stiven Mendoza para a conquista de seu primeiro título internacional. O retorno oferecido por tal aposta é de 7,00.

Independiente del Valle

Com 8 pontos em seu grupo na Libertadores (duas vitórias, dois empates e duas derrotas), os equatorianos terminaram à frente do América-MG e atrás de Atlético-MG e Tolima (Colômbia). Na Sul-Americana, foram uma vitória e um empate contra o Lanús (Argentina).

A equipe treinada pelo português Renato Paiva, que tem como seu grande destaque na temporada o meia Junior Sornoza (autor de cinco gols na Libertadores), aparece cotada junto do Ceará: o retorno é de 7,00 em caso de título.

Nacional

Em seu grupo na Libertadores, os uruguaios terminaram atrás de Estudiantes (Argentina) e Vélez Sarsfield (Argentina), mas à frente do Bragantino. Nas oitavas de final desta Sul-Americana, a equipe superou o Unión (Argentina) nos dois jogos.

Os Tricolores são treinados por Pablo Repetto, e têm entre seus principais nomes o goleiro Sergio Rochet e o lateral-esquerdo Camilo Cándido. O retorno oferecido em caso de título do clube de Montevidéu é de 9,00.

Atlético-GO

O Dragão fez 13 pontos (quatro vitórias, um empate e uma derrota) num grupo em que enfrentou LDU de Quito (Equador), Deportes Antofagasta (Chile) e Defensa y Justicia (Argentina). Nas oitavas de final, a equipe superou o Olimpia (Paraguai) nos pênaltis. 

O técnico Jorginho tem entre os jogadores sob o seu comando o meia de apelido idêntico ao seu e o atacante Wellington Rato. Os goianos compartilham a quinta posição nesta nossa lista com o Nacional, já que o retorno oferecido aqui também é de 9,00.

Melgar

Na fase de grupos, os peruanos fizeram 12 pontos, terminando à frente de Racing (Argentina), Cuiabá e River Plate (Uruguai). Nas oitavas de final, a equipe passou pelo Deportivo Cali (Colômbia), graças a um empate fora e a uma vitória em casa.

O Dominó tem como técnico o argentino Néstor Lorenzo e como principal jogador outro argentino: o atacante Bernardo Cuesta (que, com oito gols, é o artilheiro da competição). O retorno oferecido pelo título da equipe da cidade de Arequipa é de 21,00.

Táchira

Na fase de grupos da Libertadores, o Táchira terminou com sete pontos (duas vitórias, um empate e três derrotas), atrás de Palmeiras e Emelec (Equador) e à frente de Independiente Petrolero (Bolívia). Na Sul-Americana, a equipe eliminou o Santos nos pênaltis,

O Aurinegro é treinado atualmente pelo espanhol Álex Pallarés e tem no atacante Anthony Uribe um de seus jogadores mais perigosos. Já o retorno oferecido pelo muito improvável título do clube de San Cristóbal é de 34,00.

Considerações finais

Considerando que em agosto (quando a Sul-Americana retornar) algumas equipes provavelmente estarão em melhores condições físicas que outras, os confrontos desta fase talvez estejam até mais abertos do que sugerem as cotações do momento.

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies