Pular para conteúdo
Registre-se
Gatito Fernández (Botafogo)
  1. Futebol
  2. Brasileirão Série A

Onde estarão os atuais goleiros titulares dos quatro grandes cariocas em 2023?

Em 2022, a posição de goleiro titular dos grandes do Rio de Janeiro foi tema de discussão entre torcedores e imprensa.

A proximidade do fim da temporada nos leva a analisar a situação dos titulares das balizas dos quatro grandes cariocas.

Botafogo

Os goleiros do atual elenco do Alvinegro de General Severiano são Gatito Fernández, Douglas Borges, Igo Gabriel e Lucas Perri.

Gatito (34 anos) está desde 2017 no Botafogo. Tendo feito parte das conquistas do Campeonato Carioca de 2018 e da Série B do Campeonato Brasileiro de 2021, é tido como grande ídolo da torcida.

Gatito Fernández (Botafogo)

Seu contrato com o Botafogo vai até o fim do ano. Em setembro, o paraguaio disse achar que daria ''tudo certo'' na renovação, mas, em entrevista concedida pouco depois ao jornalista André Hernan, mencionou sondagens do São Paulo e do Palmeiras.

O técnico do Verdão, o português Abel Ferreira, logo negou essa possibilidade. E de forma bastante enfática: ''O Palmeiras tem três goleiros tops, não procura por goleiro nenhum. Quem diz isso é mentira''. 

Da parte do Tricolor do Morumbi, o que se diz na imprensa é que, a fim de tirar o paraguaio do Botafogo, o clube buscaria a naturalização do zagueiro equatoriano Robert Arboleda — abrindo espaço, portanto, para mais um estrangeiro no elenco.

Flamengo

Os quatro goleiros do elenco profissional do Rubro-Negro da Gávea são Diego Alves, Hugo Souza, Matheus Cunha e Santos.

No início de 2022, a disputa era entre o experiente Diego Alves e o jovem Hugo Souza. Este foi o titular durante o Campeonato Carioca (quando o técnico flamenguista era o português Paulo Sousa), mas não convenceu. 

Foi assim que no início de abril, pouco antes da primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, noticiou-se o acerto do clube com Santos (de 32 anos), do Athletico-PR. A estreia do novo goleiro se deu no dia 12 daquele mês.

Apesar disso, Hugo manteve-se como titular até junho, quando Paulo Sousa foi demitido. Em seguida veio Dorival Júnior, que a princípio fez de Diego Alves o dono da posição. Mas ainda naquele mês Santos venceu essa disputa.

Santos (Flamengo)

Com a regularidade que o levou à seleção brasileira, o novo goleiro logo ganhou a confiança do técnico. E, embora venha se falando do interesse do Flamengo no argentino Agustín Rossi (do Boca Juniors), este viria com o estatuto de suplente.

Fluminense

São três os goleiros do elenco profissional do Tricolor das Laranjeiras no momento: Marcos Felipe, Fábio e Pedro Rangel.

Quem terminou a temporada anterior como titular foi Marcos Felipe, mas a contratação ainda em janeiro do experiente Fábio (hoje com 42 anos), do Cruzeiro, já sugeria disputa pela posição.

O então técnico da equipe, Abel Braga, disse que a decisão ficaria por conta do preparador de goleiros, André Carvalho. Este estabeleceu que no Campeonato Carioca o titular seria Marcos Felipe, e na Copa Libertadores Fábio.

No fim de março, decidiu-se que Fábio seria o titular antes do primeiro jogo das finais do estadual. A partir dali não houve mais revezamento, e a vinda do técnico Fernando Diniz, no fim de abril, tampouco mudou isso.

Fábio (Fluminense)

Em 9 de outubro, após derrota para o América-MG no Maracanã, Fábio criticou a torcida por vaiar a equipe. Dias depois, em jogo contra o Botafogo, o goleiro foi vaiado e xingado por torcedores. Desde então, sua permanência para 2023 vem sendo posta em dúvida.

Vasco

Nesse momento, os quatro goleiros do elenco profissional do Gigante da Colina são Thiago Rodrigues, Halls, Fintelman e Alexander.

O titular no fim de 2021 foi Lucão, mas ainda em dezembro o clube contratou Thiago, do CSA, que chegou como forte candidato a novo dono da posição. E assim foi desde o primeiro jogo da temporada (tanto é que Lucão acertou sua saída ainda em janeiro).

O novo goleiro (hoje com 34 anos) a princípio agradou. Em abril, foi um dos únicos dois atletas do Vasco (junto do meia Nenê) incluídos na seleção do Campeonato Carioca. Mas nos últimos meses sofreu duras críticas por atuações na Série B.

Thiago Rodrigues (Vasco)

Seu contrato vai até o fim do ano. Em outubro, o próprio Thiago comentou que, cerca de dois meses antes, recebeu contatos de clubes da Série A. O único nome mencionado por ele foi o do São Paulo.

A situação parece indefinida. Se por um lado o goleiro já expressou o desejo de continuar no Vasco, é provável que a SAF do clube contrate pelo menos outro nome para 2023. Se este vier com o estatuto de titular, pode ser que Thiago prefira partir a se tornar suplente.

Um resumo momentâneo

Pelo que se viu acima, percebe-se que Santos é o único goleiro titular entre os grandes do Rio de Janeiro cuja permanência é dada como certa para o ano que vem.

O futuro de Gatito depende principalmente de acerto financeiro; o de Fábio depende da paz entre ele e a torcida; e o de Thiago depende de regularidade exibicional.

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies