Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Tite

Vindo de uma temporada sem títulos, o Flamengo sonha com um 2024 histórico.

Após a chegada de Tite, em outubro do ano passado, o Flamengo iniciou uma arrancada no Campeonato Brasileiro que se mostrou insuficiente para impedir a temporada 2023 de se tornar a primeira sem títulos por parte dos rubro-negros desde 2018. (Isso se desconsiderarmos a Taça Guanabara daquele ano.)

Agora, tendo feito toda uma pré-temporada com o homem que até dezembro de 2022 comandava a seleção brasileira, o urubu não poderia chegar a 2024 com outro estatuto senão o de favorito a conquistar os principais troféus que estão por vir. Neste texto analisaremos o seu elenco e as perspectivas atuais.

Dois charrúas vêm, um tupiniquim vai

Nicolás de la Cruz (Flamengo)

Desde dezembro passado o Flamengo comprou dois uruguaios: primeiro, o meio-campista Nicolás de la Cruz, do River Plate; depois, o lateral-esquerdo Matías Viña, da Roma. Ambos são nomes importantes na seleção hoje comandada por Marcelo Bielsa, com destaque maior para De La Cruz. (Afinal, ele é um dos principais responsáveis por Giorgian de Arrascaeta ser suplente na celeste.)

Parecia certo o empréstimo de Matheuzinho para o Corinthians até o fim da temporada antes que divergências entre os clubes impedissem o negócio. Em seguida, tanto o Corinthians quanto o Botafogo mostraram interesse em comprar o lateral-direito do rubro-negro carioca. Nessa disputa entre alvinegros quem levou a melhor foi o paulistano, mas a venda ainda não foi oficializada.

Dois setores em aberto

Pedro (Flamengo)

Nesses primeiros meses de 2024 notou-se que o esquema tático preferencial seria o 4-4-2 ou o 4-1-4-1. O homem mais próximo ao centroavante, Pedro, tem sido Everton Cebolinha, cujo suplente é Bruno Henrique. Mas o interesse por Luiz Henrique, do Betis (que acabou acertando com o Botafogo), indica que a diretoria pensa em outro possível titular para os lados do campo.

A dupla de zaga continua sendo Fabrício Bruno e Léo Pereira, mas um deles (provavelmente Fabrício) perderá a titularidade se o Flamengo comprar Léo Ortiz, do Bragantino. Foi com o caxiense Tite como treinador da seleção brasileira que este porto-alegrense de 28 anos recebeu sua primeira convocação, para a Copa América de 2021 (embora não tenha chegado a entrar em campo).

Um elenco renovado

Filipe Luís (Flamengo)

Além de Bruno Henrique, de 33 anos, um nome emblemático daquele time de 2019 que segue representando o rubro-negro em campo é o atacante Gabriel Barbosa, de 27. Por outro lado, já não há o zagueiro Rodrigo Caio, de 30 anos (ainda sem clube), o lateral-esquerdo Filipe Luís, de 38 (aposentou-se e hoje treina o sub-17 do Flamengo), e o meia Everton Ribeiro, de 34 (Bahia).

Se lembrarmos que também foi embora o goleiro Santos, de 33 anos (Fortaleza), imaginamos um urubu rejuvenescido. E o Transfermarkt confirma essa dedução. Entre os vinte clubes que disputarão a próxima Série A do Brasileirão, o Flamengo aparece como tendo o sexto elenco mais jovem: 25,4 anos é a média de idade. (O elenco mais jovem é o do Bragantino, com 23,6 anos.)

Do nada para o tudo

Tite

Na primeira semana de fevereiro, pelo Campeonato Carioca, o Flamengo teve seus dois primeiros grandes jogos de 2024. No dia 4, empate por 0 x 0 com o Vasco; no dia 7, vitória por 1 x 0 sobre o Botafogo. (No dia 25 haverá o encontro com o Fluminense.)

As dificuldades vistas nos dois dérbis nada fizeram para mudar a percepção de que o Flamengo é hoje a principal força do país. Isso se nota pelas principais cotações do mercado «Vencedor Final» do Campeonato Brasileiro (que começa em abril).

CotaçãoEquipe
3,50Flamengo
4,00Palmeiras
6,00Atlético-MG

Ainda não está aberto o mercado «Vencedor Final» nem para a Copa do Brasil nem para a Copa Libertadores, mas damos como certo que o rubro-negro da Gávea será considerado o principal favorito também para vencer essas outras duas competições.

Quanto a terminar como o campeão de todas, tínhamos uma aposta especial chamada «Para o Mesmo Time Ganhar o Brasileirão Série A, [a] Copa do Brasil e [a] Copa Libertadores em 2024». A cotação oferecida era de 26,00 (4% de probabilidade).

Ninguém jamais conquistou os três torneios numa só temporada. Mas em 2019, sob o comando de Jorge Jesus, o Flamengo venceu a Série A e a Libertadores; e em 2022, sob o comando de Dorival Júnior, venceu a Copa do Brasil e a Libertadores.

Atlético Mineiro e Palmeiras são as outras equipes em condições de conquistar a mais prestigiada das «tríplices coroas» neste ano. Mas, por ter o melhor técnico e o elenco mais temido do Brasil, o Flamengo é quem mais parece apto a realizar essa façanha.

As cotações aqui apresentadas estão sujeitas a flutuações

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta

Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.