Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Luton Town (Premier League)
  1. Futebol
  2. Premier League

O que esperar do Luton Town na Premier League 2023–24

Na próxima temporada, o Luton Town estará de volta à elite do futebol inglês após mais de trinta anos em escalões inferiores.

[Traduzido e adaptado de «What to expect from Luton Town in the Premier League after play-offs triumph».]

Tendo conquistado uma dramática vitória nos pênaltis sobre o Coventry City, em Wembley, no dia 27 de maio, o Luton Town dará início em agosto de 2023 a mais um capítulo de sua recente história de conto de fadas: três acessos em apenas seis temporadas.

O sucesso dos Hatters nos play-offs da mais recente edição do Championship encerra uma campanha notável. Em novembro eles perderam o técnico Nathan Jones para o Southampton, mas para o seu lugar veio o inspirador Rob Edwards.

Com os alicerces estabelecidos pelo galês Jones, o seu compatriota Edwards conduziu o Luton a uma impressionante segunda metade de temporada para terminar em terceiro lugar na classificação após 46 rodadas.

Todos agora buscarão ver como um clube de recursos tão modestos, com um dos menores orçamento do último Championship, poderá competir com as equipes repletas de estrelas que terá pela frente na Premier League.

Steve Freeth, da bet365, disse então «Os seguidos acessos do Luton em anos recentes são uma história e tanto, e, embora [o estádio] Kenilworth Road vá sem dúvida aparecer com destaque em mídias sociais nos próximos dias, poucas equipes irão gostar de ir até lá».

Apesar do escárnio e do ceticismo que surgirão no caminho do inexperiente Luton antes de seu retorno à elite na temporada que vem, este conjunto entusiasmante sem dúvida acreditará ter o que é preciso para provar que os que dele duvidam estão enganados.

Da National League à Premier League

Nove anos atrás o Luton Town estava na quinta divisão inglesa, então conhecida como Conference Premier (hoje National League). Isso dá uma ideia do quão notável foi a trajetória destes representantes do condado de Bedfordshire.

Graças à excelente administração de John Still, Nathan Jones e Mick Harford, este clube localizado na região Leste de Inglaterra teve uma ascensão de causar inveja a diversos outros ao redor do país.

Embora o Luton certamente não possua o financiamento ou os recursos que se esperaria diante de uma história de tamanho sucesso, é importante enfatizar que tal jornada não foi nem de longe obra do acaso.

Os Hatters simplesmente pensaram e trabalharam melhor que clubes mais ricos. Além disso, a equipe atualmente comandada por Rob Edwards é composta por jogadores famintos que formam um grupo unido e eficaz.

Atuando em um 3-5-2 bem untado, o Luton tem uma defesa forte diligentemente comandada pelo capitão Tom Lockyer e uma dupla ofensiva fisicamente robusta composta por Carlton Morris e Elijah Adebayo.

Talvez o símbolo mais visível dessa quase inacreditável trajetória até a Premier League seja o meio-campista Pelly Ruddock Mpanzu, que aos 29 anos tornou-se o primeiro atleta a ser promovido da quinta à primeira divisão defendendo sempre um mesmo clube.

Organizado mas também dinâmico, este Luton procura sufocar seus oponentes com uma pressão agressiva. Os Hatters são também conhecidos por oferecerem extremo perigo em situações de bola parada.

Embora muitos comentaristas apontem o pequeno e desconfortável Kenilworth Road como a base do sucesso da equipe, tal perspectiva não se sustenta após uma análise do retrospecto dos de Bedfordshire em casa e fora.

O Luton Town venceu onze partidas, empatou nove e perdeu quatro enquanto mandante (58% de aproveitamento), e venceu outras onze vezes, empatou oito e perdeu cinco enquanto visitante (57% de aproveitamento).

Isso nos sugere que estamos diante de uma equipe bastante capaz de encontrar maneiras de obter bons resultados inclusive em estádios mais glamorosos — como aqueles que visitará na próxima Premier League.

Outro motivo de encorajamento para os homens de Edwards é o fato de todos os três times que chegaram à Premier League passada como recém-promovidos (Fulham, Bournemouth e Nottingham Forest) mantiveram-se na elite.

Um passo maior que as pernas?

Por mais impressionante que tenha sido o percurso do Luton Town no Championship nas duas últimas temporadas (em 2021–22 eles caíram nas semifinais dos play-offs), é difícil imaginá-los numa disputa «pau a pau» com o Manchester City.

Se na segunda divisão os Hatters já não estavam entre os elencos de mais elevado valor de mercado, na Premier League a discrepância será obviamente muito maior. Eles precisarão competir semana após semana com equipes de qualidade internacional.

Tudo isso poderá servir como um choque de realidade para jogadores que, como Mpanzu, lhes serviram tão bem nos últimos anos. No fim das contas, o destino do Luton será determinado pela rapidez com que eles se adaptarão às demandas da elite.

Concluímos este artigo com as cotações relativas ao Luton Town na terra prometida da Premier League 2023–24.

  • Vencedor Final: 3001,00
  • Para Terminar no Top 4: 501,00
  • Para Terminar no Top 6: 201,00
  • Para Acabar na Melhor Metade: 21,00
  • Para Acabar na Pior Metade: 1,015
  • Para Ser Rebaixado: 1,36
  • Para Não Ser Rebaixado: 3,00

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.