Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Napoli
  1. Futebol
  2. Liga dos Campeões

Liga dos Campeões: prévia da Napoli para a temporada 2023/24

A Napoli fez uma temporada brilhante em 2022/23, vencendo um Scudetto que não ganhava desde 1990, e chegando ainda até as quartas de final da Champions League.

No ano passado, a Napoli, que vinha muito bem na competição continental, tendo naquela altura o melhor ataque da UCL, caiu para um rival, também italiano, o Milan.

Com isso, tanto quanto a chegada da Napoli nas quartas, do Milan nas semifinais e da Internazionale na final, fica evidente uma evolução dos clubes da Serie A no cenário europeu. Dessa forma, deverão, novamente, brigar pelo título da UCL na temporada 2023/24. 

Ficha técnica da equipe
Estádio:Estádio Diego Armando Maradona
Treinador:Rudi Garcia
Artilheiro da última temporada:Victor Osimhen
Posição na última Champions League:Quartas de final
Odds para o título na temporada 23/24:17.00

Desempenho do Napoli em 2022/23 na UCL

A Napoli iniciou sua campanha na Liga dos Campeões do ano passado no Grupo A. Um dos mais difíceis daquele torneio, visto que tinha a companhia de grandes potências de outras ligas europeias, tais como o Liverpool, da Inglaterra; Ajax, da Holanda; e Rangers, da Escócia. 

Nesta primeira fase, a Napoli foi avassaladora, venceu cinco jogos e perdeu apenas um (o jogo perdido foi na última rodada, quando se deu ao luxo de poupar alguns atletas). Dessa forma, conquistou quinze pontos e a liderança da chave. 

Na primeira partida, um impressionante cartão de visita mostrou à que veio neste torneio: uma goleada de 4 a 1 sobre o Liverpool, em casa. Na sequência, venceu o Rangers fora de casa por 3 a 0, e depois fechou o primeiro turno com uma goleada impressionante de 6 a 1 sobre o Ajax, mesmo que estivesse na condição de visitante.

No segundo turno da primeira fase, empilhou mais duas vitorias: outra goleada sobre o Ajax, agora por 4 a 2, e posteriormente um novo 3 a 0 sobre o Rangers. Fechando a fase de grupos, no entanto, perdeu para o Liverpool, fora de casa, por 2 a 0. Resultado esse que não foi capaz de tirar o time italiano da liderança da chave. 

Nas oitavas de final, não teve dificuldades para passar do Eintracht Frankfurt, da Alemanha. Venceu os dois jogos, o primeiro fora de casa por 2 a 0, e o segundo em casa, por 3 a 0. A essa altura, o clube italiano já somava 25 gols em oito jogos, uma média de 3,1 por partida. 

Na fase seguinte veio o banho de água fria. Enfrentando o Milan, nas quartas de final, a Napoli não foi páreo para os rivais e acabou caindo. Perdeu o primeiro jogo fora de casa, e ficou apenas num empate na partida de volta, culminando assim na sua eliminação. 

Relembrando essa trajetória da equipe napolitana, ao contrário do que se pensa, essa não foi uma campanha ruim. Porém, a equipe que vinha apresentando um futebol vistoso naquela temporada, alcançando, inclusive, sua melhor participação neste torneio, deixou um parecer de quem poderia ir ainda mais longe. Contudo, podem tentar de novo nesta temporada que se abre no segundo semestre de 2023.

Perspectivas da Napoli para 2023/24 na UCL

Inclusa no Pote 1, com o Sevilla, vencedor da Liga Europa, com o atual campeão da UCL, Manchester City e os vencedores das outras ligas mais bem classificadas da Europa: Bayern de Munique, Barcelona, PSG, Benfica e Feyenoord. A Napoli, de cara, já evita ter que lidar com essas potências na primeira fase, o que já é um bom sinal.

Muito embora, seja evidente que há fortes times no Pote 2, tais como Real Madrid, Arsenal, Manchester United, Borussia Dortmund e alguns outros que também são protagonistas em suas ligas nacionais e contam com mais experiências em jogos internacionais. Mas ainda assim, estar no Pote 1 pode evitar que caia em grupos mais complexos. 

Além disso, a equipe da Napoli está conseguindo manter seus principais atletas no cartel e está também fazendo algumas contratações pontuais para alguns setores do campo. Com isso, o time italiano tem totais condições de fazer uma campanha similar, ou até melhor em comparação a como foi no ano passado. Muito por manter sua base estrutural, e por agora ter um pouco mais de experiência para disputar este torneio.

Porém, é válido mencionar que ela já não entra para este torneio com o status de azarão, pelo contrário, inicia a competição como campeão italiano. E isso, de certa forma, faz com que seus futuros adversários tenham mais cautela quando forem enfrentá-los na Champions League.

Estádio do Napoli para temporada 2023/24

O Estádio Diego Armando Maradona é um estádio multiúso que está localizado na cidade de Nápoles, ao Sul da Itália. Anteriormente era denominado Stadio San Paolo, mas foi rebatizado para homenagear o maior ídolo do clube, Diego Armando Maradona. 

O Estádio foi inaugurado em 1959, e teve em sua primeira partida uma vitória da Napoli sobre a Juventus, por 2 a 1, em partida válida pelo Campeonato Italiano. Contudo, a inauguração oficial aconteceu apenas no dia 6 de janeiro de 1960, na ocsião, um jogo da Seleção Italiana no qual venceu por 3 a 0 a Seleção Suíça, em partida válida pela Coppa Internazionale. 

Presentemente, a capacidade do estádio figura em torno de 60.240 torcedores, sendo dessa forma o terceiro maior estádio do país, atrás apenas do San Siro e do Olímpico de Roma. 

Na temporada passada, pela UCL, o estádio foi palco de grandes partidas da Napoli. Ao todo, cinco jogos foram disputados por lá, dos quais os donos da casa venceram quatro e empataram um. Tendo assim, permanecido invicto durante todo o torneio.

Jogador chave do Napoli para 2023/24 UCL: Victor Osimhen

Ainda que esteja sendo monitorado por diversos clubes da Europa, o jogador, pelo menos por agora, parece que vai permanecer na equipe de Nápoles. Caso isso de fato ocorra, ele deverá ser, novamente, um jogador chave na equipe italiana.

Além de ter alcançado a artilharia isolada da Serie A com 26 gols, o atleta ainda quebrou recordes. Com o número de gols anotados no Italiano, Osimhen se tornou o maior artilheiro africano da competição em uma temporada. Além disso, superou o recorde do ex-jogador da Libéria George Weah, ídolo do Milan, como maior artilheiro africano da história da Série A. 

Com isso, o nigeriano de 24 anos, ao lado de seu companheiro de equipe Khvicha Kvaratskhelia podem ser fundamentais para os campeões italianos nesta próxima UCL. Afinal, além dos números citados de Osimhen, o segundo contribuiu com 12 gols e 10 assistências, sendo assim, um segundo nome a se observar.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.