Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
detroit pistons
  1. Basquete
  2. NBA

NBA: Pistons somam 27 derrotas sucessivas

Os Detroit Pistons estão no pior momento de sua história, e de qualquer franquia na NBA, com 2 vitórias e 28 derrotas na tabela.

A última vez que os Pistons levaram a melhor em um duelo foi no distante dia 28 de outubro, quando bateram os Bulls em Chicago, por 118 a 102. 

A derrota frente aos Brooklyn Nets ontem à noite foi a 27ª consecutiva, superando negativamente o recorde anterior, que era compartilhado pelos Cleveland Cavaliers e pelos Philadelphia 76ers, com 26 derrotas consecutivas cada em uma mesma temporada.

As 27 derrotas sucessivas dos Pistons

Oklahoma City Thunder 124-112 Detroit Pistons
Detroit Pistons 101-110 Portland Trail Blazers
New Orleans Pelicans 125-116 Detroit Pistons
Detroit Pistons 106-120 Phoenix Suns
Detroit Pistons 109-120 Golden State Warriors
Milwaukee Bucks 120-118 Detroit Pistons
Detroit Pistons 106-114 Philadelphia 76ers
Chicago Bulls 119-108 Detroit Pistons
Detroit Pistons 120-126 Atlanta Hawks
Cleveland Cavaliers 108-100 Detroit Pistons
Toronto Raptors 142-113 Detroit Pistons
Detroit Pistons 103-107 Denver Nuggets
Indiana Pacers 136-113 Detroit Pistons
Detroit Pistons 107-126 Washington Wizards
Detroit Pistons 107-133 Los Ángeles Lakers
New York Knicks 118-112 Detroit Pistons
Detroit Pistons 101-110 Cleveland Cavaliers
Detroit Pistons 102-116 Memphis Grizzlies
Orlando Magic 123-91 Detroit Pistons
Detroit Pistons 123-131 Indiana Pacers
Detroit Pistons 111-129 Philadelphia 76ers
Philadelphia 76ers 124-92 Detroit Pistons
Milwaukee Bucks 146-114 Detroit Pistons
Atlanta Hawks 130-124 Detroit Pistons
Detroit Pistons 111-119 Utah Jazz
Brooklyn Nets 126-115 Detroit Pistons
Detroit Pistons 112-118 Brooklyn Nets

Essa terrível série começou no quarto jogo da temporada contra os Oklahoma City Thunder. Foi uma derrota por 124 a 112, na qual o time de Detroit perdeu a maioria no primeiro quarto.

Desde então, os Pistons tiveram chances de vencer em algumas ocasiões, mas a dinâmica (ou falta dela) da equipe fez com que caíssem mesmo quando tinham tudo a seu favor para vencer.

No total, nesses 27 jogos consecutivos a perder, os Pistons foram superados por 11 das 14 franquias restantes da Conferência Leste (exceto Boston Celtics, Miami Heat e Charlotte Hornets) e por alguns dos piores times da Conferência Oeste, como Memphis Grizzlies, Portland Trail Blazers, Utah Jazz e Phoenix Suns.

A queda de uma franquia tricampeã

Sem dúvida, os Pistons bateram no fundo, e ainda não se sabe até quão longe mais essa série negativa pode ir. Na verdade, eles podem até mesmo quebrar o recorde histórico da fase regular, em temporadas de 82 jogos. Até ao momento, seu pior registro na primeira metade da temporada é de 16-66, o que parece difícil de igualar com seu atual 2-28 se não reagirem rapidamente.

Tudo isso mostra que a franquia está vivendo seus piores momentos da história. E este time não é nem uma sombra daquele que bateu os Chicago Bulls de Michael Jordan, e conquistou os anéis de campeonato em 1989 e 1990.

Desde então, os Pistons saíram vitoriosos nas NBA Finals de 2004, mas têm vindo a cair gradualmente e apenas disputou dois dos últimos 14 playoffs.

Playoffs, uma meta ambiciosa demais

As últimas 15 temporadas foram marcadas por um desastre após o outro, já que o Pistons só chegaram às finais três vezes, sendo eliminados na primeira rodada. Além disso, todos esses playoffs terminaram sem uma única vitória para o time de Detroit, que perdeu completamente sua vantagem competitiva.

O total de vitórias vem caindo ao longo das temporadas e atingiu sua pior expressão nessa temporada regular, ao mesmo tempo em que não parece haver uma reação da equipe. O planejamento é ruim, os técnicos não estão acertando e os jogadores não acreditam em nenhum objetivo de médio prazo.

Além disso, as ideias da diretoria não ajudaram, principalmente depois de apostar no tanking para conseguir melhores escolhas no draft. Essa estratégia se baseia em perder jogos e ser rebaixado para a parte de baixo da tabela quando não há chance de lutar por uma vaga na pós-temporada, mas os sorteios também não ajudaram os Pistons nessa ocasião.

Objetivos imediatos

O primeiro objetivo é bem simples: vencer mais um jogo e pôr fim à série de derrotas consecutivas.

Mas não será fácil, já que o próximo duelo é com o Bostons Celtics, líder da Conferência Leste, e ainda por cima no TD Garden, nesta quinta-feira, às 21h30 (horário de Brasília).

Em caso de derrota, os Pistons vão atingir outro recorde negativo: o de maior número de derrotas consecutivas em mais de uma temporada da NBA, igualando os Philadelphia 76ers, que perderam 28 jogos em sequência entre 2014-15 e 2015-16.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.