Pular para conteúdo
Registre-se
basquete
  1. Basquete
  2. NBA

NBA: O ano em revista

2022 tem sido um ano cheio de emoções e recordes na NBA e vale a pena fazer uma revisão dos principais acontecimentos.

O MVP de Stephen Curry nas finais, os recordes históricos de Luka Doncic e LeBron James são apenas alguns dos incríveis momentos a que assistimos em 2022.

Verifique nossos destaques deste ano na liga norte-americana de basquete.

Stephen Curry é finalmente MVP das NBA Finals

Um dos melhores jogadores de todos os tempos da NBA, e, sem dúvida, a grande estrela dos Dubs, Steph Curry conseguiu finalmente ganhar o prêmio de MVP da final na conquista do seu quarto título com os Warriors.

Esse reconhecimento premiou não só seu excelente desempenho ofensivo, mas também defensivo, como mostrou várias vezes contra Jayson Tatum nos seis jogos das finais.

Curry liderou o placar para os Golden State em cinco de seus seis jogos frente aos Boston Celtics, com uns incríveis 43 pontos no Jogo 4, que permitiram que os Warriors empatassem de novo a série, em 2-2, antes de vencerem os dois jogos finais para conquistar o título.

Altos e baixos

Os Golden State Warriors foram uma força dominante na NBA por um período de cinco anos, mas após a temporada 2018-19, seu brilho se apagou. Depois de perder a Final Series em 2019 para os Toronto Raptors, Kevin Durant deixou o time, as lesões tiveram um enorme impacto e eles falharam os playoffs por duas temporadas consecutivas.

O retorno de Klay Thompson, a aparição de Jordan Poole e, claro, as incríveis exibições de Stephen Curry mudaram tudo isso e eles venceram o campeonato em 2021-22. E se já era esperado que a equipe de San Francisco escorregasse um pouco após essa conquista, ninguém contava com uma queda tão grande.

Neste momento, eles são nonos na Conferência Oeste com 19 vitórias e 18 derrotas, graças às quatro vitórias consecutivas conseguidas esta semana, e tentando manter um lugar no Play-in. Para piorar, Steph Curry está lesionado e deve ficar fora da quadra mais umas semanas.

De qualquer forma, ainda há muita esperança neste time, que tem odds de 18/5 para vencer sua conferência e 15/2 para revalidar o título.

Notícias relacionadas

Os melhores inícios de temporada na NBA

Os piores inícios de temporada na NBA

Perfil de LeBron James

Draft 2022

Era certo que Jabari Smith Jr., Paolo Banchero e Chet Holmgren seriam os três primeiros jogadores selecionados no Draft, mas ninguém sabia a ordem exata.

Os Orlando Magic tiveram a primeira escolha e surpreenderam ao optar por Banchero. No entanto, a aposta deu certo e o jovem vem estrelando no time. Com uma média de 20,9 pontos e 6,7 rebotes por jogo, parece ser o principal candidato ao prêmio de novato do ano.

Mas o melhor momento do Draft para a torcida brasileira foi quando, após muitos anos de seca, Gui Santos se tornou o 16º jogador brasileiro a ser selecionado por uma franquia da NBA.

O ex-jogador do 123 Minas, da NBB, está agora na liga de desenvolvimento enquanto se prepara para estrear na NBA, com a camisa dos campeões mandantes, Golden State Warriors.

Recordes e mais recordes

Luka Doncic: A estrela dos Dallas Mavericks fez o que ninguém jamais fez na história da NBA: 60 pontos, 21 rebotes e 10 assistências, tornando-se o primeiro jogador de sempre a registrar um triplo-duplo combinando pelo menos 60 pontos com pelo menos 20 rebotes.

Dizer que o esloveno foi decisivo na vitória sobre os New York Knicks é um eufemismo, considerando que ele sozinho foi responsável por quase metade dos pontos e rebotes totais da equipe de Dallas e exatamente metade das assistências.

Doncic levou os Mavs às finais da Conferência Oeste na última temporada e agora eles têm odds de 11/1 para fazer ainda melhor e vencer mesmo sua conferência.

LeBron James: O veterano conseguiu um feito inédito ao registrar sua 10.000ª assistência, tornando-se assim o único jogador na história da liga a marcar pelo menos 10 mil pontos (na verdade, tem mais de 37 mil), 10 mil rebotes e 10 mil assistências.

Das três estatísticas necessárias para a tripla de carreira, as assistências são as mais difíceis de se conseguir, senão verifique: há 381 jogadores com 10 mil pontos, 42 jogadores com 10 mil rebotes tabuleiros, mas apenas sete com 10 mil assistências.

O mais incrível é ele ainda não terminou! Na sexta-feira, ele celebrou seu 38º aniversário com um desempenho tremendo contra os Atlanta Hawks, marcando 47 pontos, 10 ressaltos, 9 assistências, e um bloco.

E em sua 20ª temporada na NBA, ele está a apenas 527 pontos de distância de bater Kareem Abdul-Jabbar na liderança da lista de melhores marcadores de sempre da NBA.

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies