Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
lebron james
  1. Basquete
  2. NBA

NBA: Maiores cestinhas da história

Após superar lendas como Jordan, Bryant, Malone e Abdul-Jabbar, LeBron James é o único jogador a ultrapassar a barreira dos 39.000 pontos em jogos de temporada regular.

Desde que Kareem Abdul-Jabbar se aposentou em 1989, após duas décadas de recordes na NBA, parecia impossível que alguém pudesse superar seu recorde de 38.387 pontos na temporada regular.

Se as maiores máquinas de pontuação dos últimos anos, como Michael Jordan, Karl Malone e Kobe Bryant, não conseguiram, quem conseguiria? A resposta veio com LeBron James, que, em 7 de fevereiro de 2023, quebrou o recorde de Abdul-Jabbar e esta semana, em 21 de novembro, se tornou o primeiro jogador a ultrapassar a inimaginável barreira dos 39.000 pontos.

Os 10 maiores pontuadores de temporada regular da NBA

JogadorPontos*Anos em atividade
LeBron James39.0122003-atualidade
Kareem Abdul-Jabbar38.3871969-1989
Karl Malone36.9281985-1989
Kobe Bryant33.6431996-2016
Michael Jordan32.2921984-1993 / 1995-1998 / 2001-2003
Dirk Nowitzki31.5601998-2019
Wilt Chamberlain31.4191959-1968
Shaquille O’Neal28.5961992-2011
Carmelo Anthony28.2892003-2022
Moses Malone27.4091976-1995

*Em 21 de novembro de 2023

LeBron, uma máquina de desempenho máximo

Ele teve uma média de 20,9 pontos em sua primeira temporada regular, tornando-se o Novato do Ano de 2004, e desde então não houve uma única temporada em que ele tenha terminado com uma média inferior a 25 pontos por jogo.

Em 2005/06, ele estabeleceu sua melhor marca com uma média de 31,4 pontos em 79 jogos, mas o fato de, 16 anos depois, ele ter conseguido atingir uma média de 30,3 pontos, apesar de ter enfrentado lesões, é a prova definitiva do alto nível em que vem atuando durante toda a sua longa carreira.

Abdul-Jabbar, a vara de medição

Durante seus 20 anos na NBA, Kareem Abdul-Jabbar estabeleceu recordes em quase todas as áreas que os superastros posteriores tentaram quebrar. Em 1997, Michael Jordan ultrapassou seus 787 jogos consecutivos marcando 10 ou mais pontos; no ano seguinte, tanto Jordan quanto Karl Malone quebraram seu recorde de nove temporadas marcando pelo menos 2.000 pontos e, em 2023, foi James quem ultrapassou seus 38.387 pontos e 19 temporadas marcando 1.000 ou mais pontos.

No entanto, ele ainda é o jogador com o maior número de arremessos feitos da quadra (15.837) e ninguém ainda igualou seus seis prêmios de MVP da temporada regular.

Karl Malone, o astro sem título

O fato de o terceiro maior artilheiro da história da NBA, duas vezes MVP e empatado com Kobe Bryant em 11 honras de primeiro time do all-star, um número que só fica atrás de LeBron, ter se aposentado em 2004, depois de quase duas décadas como profissional, sem ganhar um cobiçado anel de campeão é uma das maiores injustiças do esporte.

O lendário pivô dos Utah Jazz era um trabalhador incansável que, durante as 12 temporadas regulares entre 1986 e 1998, começou 980 de 984 jogos possíveis, sempre com uma média de mais de 25 pontos por campanha.

Kobe Bryant, o primeiro grande astro do século XXI

Enquanto a figura de Michael Jordan chegava ao seu crepúsculo no Leste, outra estrela surgiu no Oeste para assumir o bastão.

Kobe Bryant não detém tantos recordes quanto outras figuras lendárias, mas há poucas áreas em que ele não aparece entre os cinco primeiros, o que mostra como ele foi completo ao longo de sua carreira, especialmente entre 2000 e 2010, quando acumulou cinco anéis de campeonato.

O fato de ele ser o quarto maior artilheiro de todos os tempos e, ao mesmo tempo, dividir com Tim Duncan o recorde de ser 15 vezes membro do melhor quinteto defensivo da NBA diz tudo.

Jordan, sinônimo de excelência

Quando seu nome é usado para definir excelência em qualquer área, não se pode aspirar a mais.

Além dos números, Michael Jordan talvez seja o maior atleta em termos de suas conquistas profissionais e de seu impacto global. Imparável em quadra, vale lembrar que, embora seja apenas o quinto jogador com mais pontos marcados na temporada regular, ele jogou o menor número de partidas entre todos os jogadores do Top 5 e é o único a se aposentar com uma média de mais de 30 pontos por jogo (30,1).

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.