Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
motogp
  1. Esportes Motorizados
  2. MotoGP

MotoGP: Francesco Bagnaia vence o Grande Prêmio da Holanda e corta para 10 pontos a desvantagem que tem para Jorge Martín.

O piloto italiano da Ducati dominou o fim de semana em Assen, liderou a sexta-feira, fez a pole, venceu a sprint e o Grande Prêmio e ainda estabeleceu uma nova melhor volta para a corrida no Circuito daquela localidade holandesa.

Martín sem resposta

Jorge Martín, espanhol que também pilota uma Ducati, mas na Pramac Team, estava sendo bem consistente em seus resultados e um pouco melhor que o italiano. No final do Grande Prêmio da França, Martín levava uma vantagem de 38 pontos no Mundial de Pilotos. Porém, nas três provas que se seguiram, Bagnaia se superou e a diferença para o líder é agora de apenas 10 pontos.

Em Assen, um dos circuitos favoritos de Bagnaia, o italiano ganhou oito pontos ao espanhol, três na corrida sprint e outros cinco na corrida principal. Com 444 pontos ainda em disputa este ano, muito pode acontecer, mas é certo que Pecco sai da Holanda mais forte e motivado.

As suas prestações de sexta a domingo foram dominantes, começando nos treinos livres, de onde ele vinha tendo dificuldades, passando pelo sprint, de que ele não parece gostar muito, e terminando em uma corrida longa onde praticamente não teve oposição.

Situação importante nos bastidores

O que se vai passando nos bastidores da competição pode, e certamente que terá, influência no que se passa nas pistas. Martín viu novamente a sua renovação com a Ducati ser rejeitada e assinou com a rival Aprilia para 2025.

Mas tem mais, a Pramac não renovou com a Ducati e vai ter como fornecedora de seus motores a Yamaha, já no próximo ano. Assim, fica a questão de como vai a marca italiana gerir a situação? Como conseguirá manter um tratamento igual entre Bagnaia e Martín? Conseguirá evitar que tanto a Pramac como Martín não passem informações importantes para a concorrência?

Tudo isto pode prejudicar o espanhol, o que o deixa em uma situação delicada. A recuperação do seu rival italiano também não ajuda em nada.

Bagnaia vai deixando sua marca

O italiano de 27 anos conseguiu, com a vitória em Assen, se tornar no primeiro piloto a vencer três corridas consecutivas nessa pista desde Mick Doohan, que venceu cinco entre 1994 e 1998.

“Como estou em uma situação na qual tenho de recuperar pontos, não me dou conta dessas coisas”, disse Pecco. “Poderiam ter sido três dobradinhas seguidas com Barcelona [quando caiu na última volta do sprint na liderança], faltaram só oito curvas. Mas estou muito contente. É incrível como trabalhamos este fim de semana. A minha equipe fez um trabalho perfeito. Não foi fácil ganhar hoje, com a temperatura, escolher o pneu… mas nos saímos bem”.

Se segue o GP da Alemanha

Bagnaia está motivado e confiante para a próxima prova, o Grande Prêmio da Alemanha, já no próximo fim de semana, onde espera manter sua competitividade. Mas ele sabe que a vantagem pode estar do lado de seus rivais, Martín e, em especial, Marc Márquez.

“Acho que agora vamos para um circuito onde Jorge e Marc têm algo mais, mas, no ano passado, lutei pela vitória com Martín, e foi [uma corrida] incrível, super rápida. Se em Sachsenring começarmos bem, como neste fim de semana, poderemos lutar também por grandes resultados. Não vai ser fácil, mas acho que, pela maneira como estamos trabalhando e com a sensação que tenho com a moto neste momento, poderemos nos sair bem”.

Francesco Bagnaia tem uma cotação de 1,44 para vencer o título de MotoGP este ano, Jorge Martín tem 3,40 e Marc Márquez 12,00.

*As cotações citadas podem apresentar divergências, pois, ainda que corretas no momento da publicação do artigo, sofrem alterações em tempo real.

Motociclismo

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.