Pular para conteúdo
Registre-se
x
  1. Futebol
  2. Outros Campeonatos

Liga das Nações: Finalistas em destaque

Artigo publicado em 28 setembro 2022

Espanha, Itália, Holanda e Croácia em luta pela conquista de um título inédito para qualquer um dos quatro semifinalistas.

A fase de grupos da terceira edição da Liga das Nações da UEFA terminou ontem e já são conhecidas as quatro nações que disputarão pelo título nas finais de 14-18 de junho 2023.

Verifique quem foi promovido e rebaixado em todos os grupos:

Classificado para as finaisCroácia, Espanha, Itália, Holanda
Promovido à Liga AEscócia, Israel, Bósnia e Herzegovina, Sérvia
Rebaixado à Liga BÁustria, República Tcheca, Inglaterra, País de Gales
Promovido à Liga BTurquia, Grécia, Cazaquistão, Geórgia
Rebaixado à Liga CArmênia, Rússia, Romênia, Suécia
Promovido à Liga CLetônia, Estônia

Lembramos que na Liga C em vez do rebaixamento automático, os quatro últimos colocados (Lituânia, Chipre, Belarus e Gibraltar) disputarão playoffs de ida e volta, para determinar os times que ficam e os que descem ao nível mais baixo da competição (D).

Embora o local para a fase final ainda não tenha sido decidido, a Real Associação Holandesa de Futebol foi a única das quatro federações representadas que expressou anteriormente seu desejo de receber as finais, portanto, tudo indica que a Holanda será a anfitriã.

Datas-chave da Liga das Nações da UEFA 2022-23:

Playoff de rebaixamento: 21-23 e 24-26 de março de 2024
Semi-finais: 14 e 15 de junho de 2023
Final e disputa do terceiro lugar:18 de junho de 2023

Espanha

Desde que perdeu nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2018 e caiu na fase de grupos da edição inaugural da Liga das Nações, a seleção espanhola tem vindo a progredir e se mostra novamente uma candidata a qualquer título.

Seu recorde em partidas oficiais desde 2019 é de 23 vitórias (uma na prorrogação e uma nos pênaltis), nove empates e apenas cinco derrotas (uma nos pênaltis), alcançando pelo menos as semifinais das três últimas competições que disputou. Mas até agora, tem faltado o passo final para o sucesso.

A Espanha deixou este apuramento para o derradeiro jogo, com Álvaro Morata sendo o herói ao marcar aos 88 minutos o gol da vitória sobre o então líder do Grupo, Portugal. Com três vitórias, dois empates e uma derrota, a equipe de Luis Enrique mostrou a cabeça fria contra as adversidades.

Itália

A ausência da Itália na Copa do Mundo de 2018 foi um choque, mas após ganhar a Eurocopa parecia impossível a Azzura não se classificar para a Copa do Mundo de 2022, mas foi isso mesmo que aconteceu. Agora, na Liga das Nações, a equipe de Roberto Mancini conseguiu de novo a virada, reivindicando o primeiro lugar no indiscutível "Grupo da Morte" deste ano e mostrando que vai fazer de tudo para vencer o troféu.

Mas não foi um percurso fácil. Após os empates contra a Alemanha (1-1 em Bolonha) e Inglaterra (0-0 em Wolverhampton), a Itália perdeu por 5-2 em Mönchengladbach, e estava obrigada a vencer ambas as partidas de setembro. E foi exatamente isso que a Azzura fez, primeiro derrotando a Inglaterra e depois ganhando em Budapeste contra a surpreendente Hungria, que só precisava evitar a derrota para garantir a classificação.

Assim como a Espanha, eles jogarão na semifinal do torneio pelo segundo ano consecutivo.

Holanda

Louis van Gaal regressou ao comando da Holanda há um ano, após a Laranja Mecânica ter uma decepcionante eliminação nas oitavas de final da Eurocopa contra a República Tcheca. Desde então, a Holanda está invicta com 11 vitórias e quatro empates em 15 partidas. Esses resultados não só lhe permitiram voltar à Copa do Mundo, após perder a edição anterior, como também a viram garantir lugar na fase final da Liga das Nações.

Na edição inaugural deste torneio, em 2019, a seleção holandesa chegou na final onde perdeu contra Portugal, e tem agora outra chance de levantar o troféu com o incentivo extra de serem os prováveis anfitriões.

Croácia

Apesar de contar com estrelas como Luka Modric, Ivan Rakitic, Mario Mandzukic ou Ivan Perisic, a Croácia surpreendeu ao chegar na final da Copa do Mundo em 2018. Posteriormente, não conseguiram manter esse nível, ganhando apenas um jogo em cada uma das duas primeiras edições da Liga das Nações e caindo nos oitavos de final da Eurocopa.

Porém agora, as opiniões são bem positivas e ninguém subestima suas chances. Desde setembro do ano passado, a Croácia ganhou dez jogos, empatou quatro e perdeu apenas um, se classificando para a Copa do Mundo do Catar e para a fase final da Liga das Nações com quatro vitórias consecutivas sobre a Dinamarca (0-1 e 2-1), França (0-1) e Áustria (1-3).

Quem você acha que tem mais chances de vencer o torneio em Junho 2023?

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies