Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Pablo Sabbag (Alianza Lima) e Matías Zaracho (Atlético-MG)
  1. Futebol
  2. Copa Libertadores

Libertadores: o Galo perante o desafio da eficiência

O Atlético-MG busca vencer na capital peruana uma equipe que não está fora da luta por uma vaga na próxima fase.

As duas últimas partidas do Atlético Mineira na atual fase de grupos da Copa Libertadores serão disputadas fora de casa: nesta terça-feira, contra o Alianza Lima, e no próximo dia 27, contra o Libertad.

Em tese, o duelo contra os peruanos é menos difícil do que o contra os paraguaios. Por isso, o time brasileiro terá sobre seus ombros a obrigação de conquistar os três pontos na quinta rodada.

Por uma vitória lógica e necessária

O quê:Alianza Lima x Atlético-MG
Onde:Matute, Lima
Quando:terça, 6 de junho, às 21h (horário de Brasília)
Como assistir:ESPN | Star+
Cotações:Alianza Lima = 5,25 | empate = 3,60 | Atlético-MG = 1,72

Relembrando o jogo anterior

Em 3 de maio, pela terceira rodada, esses dois times se enfrentaram no Independência. O técnico do Atlético-MG, Eduardo Coudet (que estava suspenso naquele dia), escalou o atacante chileno Eduardo Vargas no lugar de Paulinho (também suspenso). Entre os habituais titulares lá estavam o zagueiro Jemerson e o atacante Hulk.

Guillermo Salas, o técnico do Alianza Lima, teve a seu dispor seus principais atletas. Aqui destacamos o zagueiro Carlos Zambrano, o ponta-esquerda Bryan Reyna e o atacante colombiano Pablo Sabbag. (Este último foi o responsável por deixar no banco de suplentes o atacante argentino Hernán Barcos, ex-Palmeiras, Grêmio e Cruzeiro).

Hulk teve um pênalti defendido por Ángelo Campos nos acréscimos do primeiro tempo, mas o meia Igor Gomes marcou, aos 59 e aos 68 minutos, os gols que deram a vitória aos anfitriões. Foi o que se chama de um jogo em sentido único: os brasileiros finalizaram 31 vezes, e os peruanos apenas uma.

Como chegam os blanquiazules

Tendo perdido em casa por 2 x 1 para o Libertad na rodada seguinte, o Alianza Lima está em quarto lugar no grupo G, com 4 pontos. Se perderem mais esta em casa, os blanquiazules estarão fora da Libertadores (mas seguirão com chances de terminar em terceiro e, portanto, disputar os play-offs de oitavas de final da Sul-Americana).

Em 28 de maio, os homens de Salas golearam o Binacional por 6 x 1 e, assim, conquistaram o torneio Apertura do Campeonato Peruano com dois jogos de antecedência. Dessa forma, o clube da capital muito provavelmente estará nos play-offs (entre os quatro melhores) que decidirão o grande vencedor da temporada 2023.

Como chegam os alvinegros

Em 23 de maio o Atlético jogou novamente em Belo Horizonte, mas no Mineirão, quando venceu o Athletico por 2 x 1. Os alvinegros são agora os segundos do grupo, com 6 pontos, à frente do Libertad pelo critério do saldo de gols (1 contra 0). Se vencerem nesta terça em Lima, podem até terminar a penúltima rodada na liderança.

Semana passada a equipe caiu perante o Corinthians na volta das oitavas de final da Copa do Brasil, quando perdeu por 2 x 0 no tempo normal e por 3 x 1 nos pênaltis. Essa foi a derrota mais dolorosa do galo na temporada, para a qual mesmo o atual terceiro lugar na Série A, com 17 pontos (63% de aproveitamento), não parece servir de consolo.

Conteúdo relacionado

Libertadores 2023: Atlético-MG x Alianza Lima

Oitavas de final da Copa do Brasil: Atlético-MG x Corinthians

Oitavas de final da Copa do Brasil: Corinthians x Atlético-MG

O que esperar do jogo

Quando foram sorteados os grupos da Libertadores 2023, ficou claro que o Alianza Lima seria o «azarão» na disputa com Atlético, Athletico e Libertad. Os peruanos vêm dando mais trabalho do que o esperado, como se nota pelo fato de não terem sofrido mais de dois gols em nenhuma das quatro rodadas anteriores.

Eis outro ponto que merece consideração: em seu estádio (o Alejandro Villanueva, mais conhecido como Matute), os blanquiazules venceram todas as oito partidas que fizeram pelo Apertura 2023. Ainda mais impressionante é seu registro de gols a favor e contra em tais jogos: 20 marcados (média de 2,5 por jogo) e 2 sofridos (0,25 por jogo).

Com isso podemos inferir que os limenhos encontram-se em melhor momento, do ponto de vista emocional, que os belo-horizontinos. Além disso, estes vêm sendo muito mais exigidos do ponto de vista físico (mesmo com a muita criticada decisão de Coudet de poupar titulares no segundo jogo contra o Corinthians pela Copa do Brasil).

Mas nada que disséssemos nos faria dar o favoritismo aos anfitriões, porque é muito grande a disparidade entre a Liga1 e a Série A. De acordo com o site Transfermarkt, o elenco do Alianza Lima está avaliado em 15,85 milhões de euros; o elenco do Cuiabá (o de menor valor de mercado na elite brasileira) está avaliado em 17,28 milhões.

Talvez o maior risco para o Atlético seja o de não encarar seu adversário com o devido respeito. E, como os mineiros tendem a desperdiçar oportunidades em demasia, o retorno de 3,75 (27% de probabilidade) para que vençam e a partida termine com menos de 2,5 gols provavelmente está entre as apostas de valor para este evento.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.