Pular para conteúdo
pt-br ACESSAR Esportes bet365
Borja Mayoral (Getafe)
  1. Futebol
  2. Espanha - Primeira Liga

LaLiga: «Geta» vs. Rayo no Metropolitano

A primeira partida do Campeonato Espanhol em 2024 será entre dois representantes da Comunidade de Madri.

A casa do Atlético, o Metropolitano, será o palco do encontro entre duas outras equipes da Comunidade de Madri: o Getafe (do município homônimo) e o Rayo Vallecano (do bairro madrilenho de Vallecas).

Azulones e franjirrojos encontram-se próximos também no que se refere à classificação de LaLiga. O encontro desta terça-feira nos mostrará se algum deles pode sonhar em ir além de posições intermediárias.

O quê:Getafe x Rayo Vallecano
Onde:Metropolitano, Madri
Quando:terça, 2 de janeiro, às 13h (Brasília)
Como assistir:Star+
Cotações:Getafe = 2,45 | empate = 3,00 | Rayo = 3,20

Como chegam os azulones

O mais recente compromisso oficial do Getafe foi no mesmo estádio em que se apresentará amanhã. Em 19 de dezembro, os homens de Pepe Bordalás estiveram no Metropolitano para enfrentar o Atlético de Madrid, contra quem conquistaram um 3 x 3 (embora valha notar que os anfitriões tiveram um jogador expulso no 38.º minuto).

Esse empate na casa dos colchoneros fez com que os azulones terminassem 2023 em oitavo lugar no Campeonato Espanhol, com 26 pontos em 18 rodadas (1,44 por jogo). É de cinco pontos a distância para a zona da Liga Conferência; em compensação, é de treze pontos a distância para a zona de rebaixamento.

Cada vez mais o centroavante Borja Mayoral tem se mostrado um dos melhores em atividade no futebol espanhol. Tendo marcado quatro gols nas últimas três rodadas, este jogador de 26 anos chegou aos doze em LaLiga 2023–24. À sua frente está apenas o meia inglês Jude Bellingham, do Real Madrid, com treze.

Também o Geta tem um inglês para chamar de seu: Mason Greenwood, ponta-direita de 22 anos emprestado pelo Manchester United desde setembro. O «Starboy» foi titular em todas as rodadas desde outubro, e já marcou três gols e deu quatro assistências (sem falar nos dois tentos que registrou pela Copa del Rey).

Com Mayoral e Greenwood, a equipe tem melhorado seus números na principal das estatísticas ofensivas de LaLiga. Quando consideramos as dezoito rodadas transcorridas, sua média é de 1,33 gol por jogo; mas, quando consideramos apenas o seu desempenho nas últimas cinco rodadas, esse índice sobe para 1,80.

Como chegam os franjirrojos

2023 terminou muito mal para o Rayo Vallecano: em suas últimas três partidas, os franjirrojos empataram com o Celta em casa (0 x 0), perderam para o Osasuna fora (1 x 0) e perderam para o Valencia em casa (1 x 0). Se até então ainda podíamos considerá-los candidatos à Liga Conferência, hoje essa parece uma possibilidade remota.

Por terem somado 20 pontos em dezoito rodadas (média de 1,11), os representantes do bairro de Vallecas chegaram a 2024 em 11.º e onze pontos atrás do 6.º colocado. Pelo menos por enquanto a situação não é alarmante, visto que sete pontos os separam do 18.º colocado. (No mercado «Para ser Rebaixado» sua cotação é de 29,00.)

Embora as dificuldades da equipe não se resumam ao aspecto ofensivo, o técnico Francisco tem poucas dúvidas de que a situação seria outra se um dos centroavantes estivesse em melhor forma. Os três principais artilheiros rayistas no campeonato são pontas: Álvaro García (quatro gols), Isi Palazón e o português Bebé (ambos com dois).

Esse é o motivo pelo qual nos parecer difícil prever quem será o escolhido para o centro do ataque amanhã; sabemos apenas que as opções são Sergio Camello, Raúl de Tomás e o francês Randy Nteka. Um deles será o principal responsável por aumentar a média de gols marcados pelo Rayo, que no momento é de 0,89 (16/18).

A equipe sofreu 24 gols nesta Liga, 29% deles em uma única partida. Estamos nos referindo ao encontro de 28 de agosto com o Atlético de Madrid, no estádio de Vallecas, que terminou 7 x 0 para os visitantes. Contra os dois maiores da Espanha o desempenho foi bom: 0 x 0 com o Real Madrid (fora) e 1 x 1 com o Barcelona (casa).

O que se espera do jogo

O Getafe mandará o jogo de amanhã no Metropolitano como punição por um incidente ocorrido no Coliseum Alfonso Pérez ainda em 2017. Esse estádio vinha sendo um trunfo dos homens de Bordalás, que em oito compromissos como mandantes neste Campeonato Espanhol não perderam para ninguém (e empataram com o Barcelona).

Este encontro entre madrilenhos será realizado em campo neutro, mas em tese apenas a torcida dos azulones comparecerá ao estádio. Mesmo se assim não for, o favorito será o Geta. Eis o porquê: os homens de Francisco não venceram nenhuma de suas oito últimas partidas por LaLiga. (Nesse período venceram duas pela Copa del Rey.)

Além disso, o Getafe tem dependido cada vez menos do Coliseum para pontuar. Antes do já citado 3 x 3 com o Atlético no Metropolitano, o time venceu por 3 x 0 o Sevilla no Ramón Sánchez-Pizjuán. A confiança da equipe nunca esteve tão alta, e, se tiver o devido respeito pelo Rayo, tem tudo para conseguir mais três pontos amanhã.

As cotações aqui apresentadas estão sujeitas a flutuações.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta

Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.