Pular para conteúdo
Registre-se
Ons Jabeur
  1. Tênis

Jabeur e Pegula precisam vencer

Esta quarta-feira Ons Jabeur e Jessica Pegula se vão defrontar na segunda rodada das WTA Finals, ambas com a absoluta necessidade de vencer para não complicar as suas esperanças de seguir em frente.

Jabeur e Pegula perderam os respetivos encontros da primeira rodada e, numa fase Robin – fase de grupos – com apenas três encontros, perder outra vez pode muito bem significar a eliminação.

Jabeur não resistiu contra Aryna Sabalenka

A tenista tunisina, prenotada número dois, teve uma briga dura contra a bielorrussa na estreia de ambas nas WTA Finals de 2022. O encontro durou duas horas e meia, com Jabeur a perder por 6-3, 6-7(5), 5-7.

Curiosamente, a tunisina até que nem perdeu em várias estatísticas, conseguindo sete ases e uma percentagem de 70% de pontos ganhos no seu saque, ao contrário da adversária que conseguiu apenas um ás e 60% de pontos ganhos.

Se pode até dizer que a tenista de 28 anos foi melhor em muitos aspetos, mas falhou em alguns pontos cruciais que lhe valeram a derrota, caso dos 29 erros não forçados. Isso pesou um pouco, mesmo com Sabalenka a cometer apenas menos três erros.

Jessica Pegula

Pegula também em apuros

A norte-americana também perdei o seu encontro de estreia contra a grega Maria Sakkari. O resultado foi de 2-0 com os dois sets a serem decididos no tie-break - 6-7(6), 6-7(4) – durante um pouco mais de duas horas.

De forma semelhante ao encontro entre Jabeur e Sabalenka, também o confronto entre Pegula e Sakkari foi estatisticamente equilibrado, acabando por ser decidido apenas em detalhes.

Agora, para a tenista da casa, vencer é quase obrigatório, com a número três do ranking procurando um final feliz de uma época ótima ao nível pessoal, tanto em singulares como em pares.

Mais equilíbrio e emoção esperados

Com tudo isto, o encontro entre Jabeur e Pegula deverá ser equilibrado, um reflexo da qualidade das duas tenistas, com as cotações de ambas para vencer a serem muito próximas.

O quê:Ons Jabeur x Jessica Pegula
Onde:Fort Worth, Texas, Estados Unidos
Quando:Quarta-feira, 2 de novembro às 19h
Como assistir:bet365 live stream
Cotações:Jabeur = 2.00; Pegula = 1.80

Sakkari x Sabalenka, quem vencer fica quase nas meias

As tenistas número cinco e sete do ranking mundial arrancaram da melhor forma nas WTA Finals, vencendo as número três e número dois respetivamente. Agora, vão se defrontar sabendo que quem vencer fica muito perto da qualificação.

A tenista grega está em melhor posição, pois venceu o primeiro encontro contra Pegula por 2-0, ela que em 2021 chegou à final deste mesmo torneio. Teoricamente é favorita, ainda que as cotações possam dizer o oposto.

A tenista de 27 anos conta, a seu favor, com uma época um pouco melhor e um pouco mais de experiência.

Mas a este nível tudo pode acontecer e Sabalenka está certamente preparada para brigar pelo triunfo. A bielorrussa venceu Jabeur por 2-1 sem, na verdade, ter sido melhor, apenas por ter a sorte, ou capacidade, de vencer nos momentos mais importantes do encontro.

A sua época de 2022 foi pouco mais do que mediana, com 31 vitórias e 20 derrotas e sem qualquer título. Com o seu melhor registro a ser a presença em duas finais – Estugarda e Rosmalen Championships – a jovem de 24 anos conseguiu ainda assim chegar às WTA Finals como número sete.

O quê:Maria Sakkari x Aryna Sabalenka
Onde:Fort Worth, Texas, Estados Unidos
Quando:Quarta-feira, 2 de novembro às 21h
Como assistir: bet365 live stream
Cotações:Sakkari = 2.20; Sabalenka = 1.66

Haddad Maia e Danilina venceram

Bia Haddad Maia é a primeira tenista brasileira a marcar presença nas WTA Finals, estreando-se na primeira rodada da fase de grupos em duplas, com a cazaque Anna Danilina, com um triunfo convincente contra a dupla número dois do mundo, a canadense Gabriela Dabrowski e a mexicana Giuliana Olmos, por 7-5 e 6-0.

Na quinta-feira, Bia e Anna enfrentam a belga Elise Mertens e a russa Veronika Kudermetova, que venceram contra a ucraniana Lyudmyla Kichenok e a letã Jelena Ostapenko, por 3-6, 6-1 e 10-6. Naturalmente, no outro encontro da segunda rodada Dabrowski e Olmos enfrentarão Kichenok e Ostapenko, em busca da primeira vitória.

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies