Pular para conteúdo
Registre-se

Fórmula 1: Horner nega problemas com Verstappen

A Red Bull está, a par da Ferrari, muito competitiva esta temporada, mas a fiabilidade do RB18 não está ao seu melhor, razão pela qual Max Verstappen não lidera a tabela apesar de somar três vitórias em cinco provas.

O neerlandês está a 19 pontos do grande rival deste ano, Charles Leclerc da Ferrari, isto devido aos problemas sentidos no monovolume da Red Bull no Bahrein e na Austrália.

Verstappen tem 1/1 de odds para vencer o Grande Prémio de Espanha este domingo, 4/11 para terminar no pódio e 2/1 para falhar um lugar entre os três primeiros.

Horner fala de exigência de parte a parte

No Grande Prémio de Miami, o piloto de 24 anos voltou a ter alguns problemas em pista, o que, apesar de ter conseguido vencer, o terá deixado um pouco irritado, isto segundo o seu pai, Jos Verstappen.

Contudo, o chefe de equipa, Christian Horner, garante que não existe qualquer atrito entre Verstappen e a equipa da Red Bull. Horner assegurou que existe sim uma grande exigência de parte a parte, do piloto com a equipa e vice-versa.

"Somos uma equipa, estamos todos no mesmo barco", disse o responsável, citado pelo Motorsport.com. "Estamos a pressioná-lo e ele a nós como dinâmica de equipa. Acho que depois da última corrida do ano passado, não esperávamos ser tão competitivos tão cedo na temporada".

"Horner elogiou o seu principal piloto, destacando o seu enorme talento, algo que demonstrou na época passada e que continua a demonstrar em 2022.

"Penso que ele conduz com grande maturidade e está a fazer um super trabalho. No ano passado Max estava a pilotar a um nível incrível e este ano continuou", concluiu.

Verstappen espera melhor início em Barcelona

Verstappen admitiu que as coisas não correram totalmente bem em Miami, em especial nas duas primeiras sessões de treinos livres, onde a fiabilidade do RB18 voltou a falhar, o que significou que ele esteve parado durante a maior parte do tempo que deveria ter estado em pista.

Agora, para o Grande Prémio de Espanha, o neerlandês espera que tudo corra bem logo desde o início, a começar pelos treinos livres de sexta-feira. Ele lembrou ainda que a pista da Catalunha é sobejamente conhecida pela Red Bull, tal como todas as outras equipas, face ao facto de se realizarem lá os testes aos carros há já muitos anos.

"O Circuito de Barcelona-Catalunha é uma pista que todos conhecemos muito bem, devido à quantidade de testes que lá fizemos ao longo dos anos, por isso, ao contrário de Miami, temos uma quantidade substancial de dados para utilizar antes da corrida. Esperamos poder manter a dinâmica das últimas corridas com um início limpo a partir de sexta-feira", afirmou citado pelo autosport.pt.

Pista especial para Verstappen

O circuito de Barcelona é uma pista especial para Verstappen, dado que se tornou no piloto mais jovem de sempre a ganhar um Grande Prémio neste traçado em 2016, sendo igualmente a sua primeira vitória na F1.

"Tenho muitas boas recordações na pista desde a minha primeira vitória na Fórmula 1, em 2016, quando tinha 18 anos".

De resto, espera mais um fim-de-semana de luta acesa entre a Red Bull e a Ferrari, mais ainda porque a equipa italiana parece estar a preparar um extenso pacote de actualizações para este fim-de-semana.

Estas actualizações surgem em resposta às que a Red Bull tem vindo a introduzir no RB18 que o têm tornado mais competitivo, pelo que a Ferrari quer melhorar o seu Ferrari F1-75 e dar a Leclerc e Carlos Sainz mais ferramentas para lutarem pelo triunfo.

Apostas em Fórmula 1

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies