Pular para conteúdo
Registre-se
  1. Futebol

Golfe: Woods regressa ao Masters

O US Masters de 2022 vai decorrer esta semana no Augusta National e o cinco vezes campeão do evento, Tiger Woods, confirmou a sua presença.

Woods viu surgirem rumores sobre a sua participação no primeiro Major da época depois de ter participado numa ronda de treino no complexo, tendo agora confirmado que vai estar presente.

O longo caminho para Augusta

Woods sofreu uma grave lesão numa perna num acidente de automóvel, há cerca de 14 meses, e chegou a temer-se o final da sua carreira.

O golfista de 46 anos participou em apenas um evento competitivo desde o acidente, no PNC Championship em Dezembro, onde fez equipa com o seu filho de 12 anos, Charlie, tendo-se deslocado num buggy.

Contudo, a esperança de ver o veterano norte-americano regressar à PGA Tour no Masters aumentou quando ele foi nomeado entre os 91 participantes, apesar das preocupações de que o campo de Augusta pudesse ser demasiado montanhoso.

Woods aumentou os rumores ao fazer uma ronda de treino na terça-feira passada com o seu filho e o número sete do mundo, Justin Thomas, que é um amigo próximo da família.

Woods terá testado a sua forma nessa ronda para avaliar se estaria apto para os rigores da competição no primeiro Major de 2022. Em conferência de imprensa ele acabou por revelar o que os seus fãs tanto queriam ouvir.

"Neste momento sinto que vou jogar", afirmou Woods. "Vou disputar mais nove buracos amanhã (quarta-feira)".

"A minha recuperação tem corrido bem. Tenho estado entusiasmado com a forma como tenho recuperado de dia para dia".

Woods afirmou ainda que acredita que pode vencer o seu sexto Green jacket esta semana, o que ele tem 55/1 de odds para conseguir.

Woods tem grande afinidade com o Masters

Competir do Masters é uma boa forma de Woods marcar o seu regresso à competição na PGA Tour, isto porque não é a primeira vez que Augusta é o palco de um dos seus regressos.

Há três anos, Woods conseguiu o seu quinto sucesso na Georgia e o seu 15 título em Majors, 11 anos depois do seu anterior triunfo num dos quatro principais eventos do golfe – o US Open de 2008.

Isso foi visto como um dos grandes regressos não só do golfe, mas do desporto em geral. Contudo, se Woods competir em Augusta esta semana e conseguir apresentar-se em boa forma, então esse feito será, discutivelmente, ainda maior que o de 2019.

Esta semana marca também o aniversário do primeiro triunfo de Woods num major, no Masters de 1997, ele que voltou a vencer o evento em 2001, 2002, 2005 e, claro, há três anos.

Pode Tiger realmente fazer um regresso sensacional?

Mesmo só por participar no Masters, Woods conseguirá fazer um regresso sensacional, mas de cada vez que o vencedor de 82 títulos da PGA Tour entra em campo levantam-se esperanças e expectativas de que ele pode vencer.

Essas esperanças são ainda maiores face à afinidade que o golfista tem pelo Masters, mas seria injusto pedir assim tanto a um jogador que se encontra de momento no número 944 do ranking mundial e que passou tanto tempo afastado dos campos de golfe.

A força competitiva no golfe mundial da actualidade também torna mais difícil de acreditar que Woods possa lutar pelo topo da tabela.

O recém coroado número um do mundo, Scottie Scheffler, o campeão do Masters de 2020 Dustin Johnson e o vencedor do ano passado, Hideki Matsuyama estão entre os nomes grandes que vão lutar pelo Green Jacket.

Apostas de Golfe

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies