Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
F1

No GP da Arábia Saudita, Max Verstappen garantiu a segunda vitória consecutiva desta temporada, seguido por Sergio Pérez e com Charles Leclerc fechando o pódio.

A Red Bull e, acima de tudo, Max Verstappen estão realmente competindo em uma liga diferente dos demais. O piloto holandês provou isso novamente no circuito de rua de Jedá, dominando a prova para conquistar sua 56ª vitória na Fórmula 1.

Seu companheiro de equipe, Sergio Pérez terminou em segundo lugar para somar a 30ª dobradinha da equipe austríaca na categoria rainha dos esportes motorizados.

Charles Leclerc, que não conseguiu competir pelo primeiro lugar, teve que se contentar com o terceiro lugar e o ponto extra pela volta mais rápida – mais um terceiro posto para a Ferrari este ano.

O jovem de 18 anos, Oliver Bearman, que substituiu Carlos Sainz desde o terceiro treino livre, brilhou, conseguindo o sétimo posto em sua estreia na F1 e mereceu elogios dos outros pilotos.

Top-10 do Grande Prêmio da Arábia Saudita:

1 Max Verstappen
2. Sérgio Pérez
3. Charles Leclerc
4. Oscar Piastri
5. Fernando Alonso
6. George Russel
7. Oliver Bearman
8. Lando Norris
9. Lewis Hamilton
10. Nico Hulkenberg

Verstappen imparável

Depois do que viu nas duas primeiras corridas da temporada, parece impensável sequer imaginar que Verstappen possa não conquistar seu quarto título mundial de pilotos.

Neste sábado, em Jedá, o holandês não teve nenhuma dificuldade para subir ao lugar mais alto do pódio mais uma vez. Ele teve uma largada perfeita e apenas perdeu a ponta, após ir às boxes durante o safety car causado pelo despiste de Lance Stroll. No entanto, ele recuperou a posição com facilidade, rodando com um ritmo imbatível para cruzar a linha de chegada em primeiro lugar, e com mais de 13 segundos de vantagem para Pérez.

Checo somou seu segundo lugar no campeonato do mundo, apesar de ter sido penalizado com cinco segundos por uma saída insegura em seu pit stop.

Por sua vez, Leclerc não teve ritmo para colocar o mexicano em apuros, embora estivesse satisfeito com o terceiro lugar, uma evolução muito positiva após os problemas que teve com os freios na corrida inaugural.

Alonso forte, McLaren e Mercedes medianas

Fernando Alonso pode ainda não ter um carro com ritmo competitivo para brigar pelo pódio, mas isso não o impede de brilhar.

O espanhol largou na quarta posição, ciente que não poderia igualar o ritmo da McLaren ou da Mercedes, como se provou logo nos primeiros metros após a largada, quando foi ultrapassado por Oscar Piastri.

O piloto da Aston Martin teve que lutar pelo quinto lugar com um carro mais lento, mas conseguiu manter George Russell sob controle até ao final e segurar a posição, se beneficiando também da estratégia falhada de Lando Norris e Lewis Hamilton, que não foram trocar os pneus quando o Safety Car saiu na volta sete.

Por sua vez, o jovem australiano largou muito agressivo, mas seu risco deu certo, já que ele conseguiu terminar na quarta posição, superando seu companheiro de equipe, que foi apenas oitavo.

Mesmo assim, não deu para esconder a falta de velocidade de reta do time papaia.

Já a Mercedes teve mais uma prova mediana, não conseguindo melhor do que a sexta e nona colocações, para Russell e Hamilton, respectivamente.

Outros destaques no GP da Arábia Saudita

Impossível não mencionar o jovem Oliver Bearman, que terminou em sétimo e marcou seis pontos para a Scuderia. O piloto de reserva da Ferrari largou muito nervoso - bem compreensível para um estreante - mas com o passar das voltas acalmou e conseguir um resultado do qual se orgulhar. Sua excelente pilotagem mereceu mesmo o voto de piloto do dia para os fãs da Fórmula 1.

Destaque final para a estratégia certeira da Haas, que valeu o ponto final em disputa para Nico Hulkenberg, colocando o time na sexta posição do mundial de construtores.

Vários erros de Kevin Magnussen viram o dinamarquês somar 20 segundos de punições, mas a equipe norte-americana soube tirar vantagem desse fato, colocando K-Mag para defender a posição do colega e segurar o pelotão de trás.

Classificação do Campeonato Mundial de Pilotos (top 5):

Piloto

Pontos

1

Max Verstappen

51

2

Sergio Pérez

36

3

Charles Leclerc

28

4

George Russell

18

5

Oscar Piastri

16

A F1 retorna entre 22 e 24 de março, para a terceira etapa do campeonato - o GP da Austrália.

Fórmula 1

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.