Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Lewis Hamilton

Lewis Hamilton é o piloto mais bem-sucedido da história da Fórmula 1 e o sete vezes campeão mundial está longe de se aposentar, tendo assinado com a Ferrari para 2025.

O astro britânico, que conquistou títulos mundiais tanto pela McLaren quanto pela Mercedes, detém os recordes de maior número de vitórias em corridas (103), pole-positions (104) e pontos da história do esporte.

Data de nascimento

7 de janeiro, 1985

Idade

39

Local de nascimento

Stevenage, UK

Equipe atual de Fórmula 1

Mercedes

Anterior equipe de Fórmula 1

McLaren

Estreia na F1

2007 GP da Austrália

Campeonatos mundiais de pilotos de F1

7 (2008, 2014, 2015, 2017, 2018, 2019, 2020)

Ele está correndo pela equipe alemã pela última vez, já que vai se mudar para a Ferrari para a próxima temporada.

O início

O primeiro sucesso de Hamilton nas corridas veio com os carros controlados por rádio, começando também nos karts aos oito anos, e se tornando o mais jovem vencedor da categoria cadete britânica com 10 anos.

Em 1998, ele foi contratado para o programa de desenvolvimento de pilotos da McLaren e venceu a Copa do Mundo de Kart e o Campeonato Europeu dois anos depois.

Esses resultados viram o piloto se transferir para o automobilismo de monopostos em 2001, começando na Fórmula Renault britânica, e vencendo a série pela Manor Motorsport, dois anos depois.

Em 2005, foi campeão da Fórmula 3 Euroseries com 15 vitórias em 20 corridas e, em 2006, subiu para a GP2 com a ART Grand Prix, vencendo o campeonato após uma batalha com Nelson Piquet Jr. e marcando uma notável vitória dupla nas corridas de apoio do Grande Prêmio da Inglaterra daquele ano.

Ele chegou à F1 com a McLaren, em 2007, e quase ganhou o título em sua temporada de estreia. Não só terminou em terceiro lugar em sua corrida de estreia, no GP da Austrália, como subiu ao pódio nas nove primeiras corridas de sua carreira - um recorde na F1.

Essa serie positiva incluiu mesmo sua primeira vitória na categoria rainha do automobilismo, no Canadá, mas ele também venceu a corrida seguinte, em Indianápolis, antes de somar triunfos também na Hungria e no Japão.

No entanto, a batalha de Hamilton com seu companheiro de equipe, Fernando Alonso, azedou rapidamente e eles terminaram o ano em segundo e terceiro lugar no campeonato, ambos um ponto atrás de Kimi Raikkonen, da Ferrari.

A primeira desistência da carreira de Hamilton, na penúltima corrida da temporada, na China, custou-lhe o título, mas não apagou sua estreia sensacional no esporte.

Os títulos mundiais

Hamilton conquistou seu primeiro campeonato mundial (2008) de forma bem dramática. Na última volta de uma corrida final afetada pela chuva no Brasil, o britânico ultrapassou Timo Glock, da Toyota, e dessa forma acabou batendo Felipe Massa, da Ferrari, por um ponto.

Essa foi, no entanto, sua única conquista de título com a equipe britânica, já que-ele terminou em quarto ou quinto lugar do campeonato em cada uma das quatro temporadas seguintes.

Em 2013, Hamilton causou controvérsia quando anunciou que estava se juntando à Mercedes. A equipe alemã não passava de um time de meio da tabela até aquele momento, mas ele esteve na vanguarda do sucesso da equipe que se tornou a força dominante no esporte durante a década que se seguiu.

Após vencer sua primeira corrida pela Mercedes no Grande Prêmio da Hungria de 2013, Hamilton venceu os dois campeonatos seguintes, com 21 vitórias entre as temporadas de 2014 e 2015.

Sua série de títulos foi interrompida em 2016, quando seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, o ultrapassou por cinco pontos em uma temporada em que Hamilton se retirou de duas corridas e o alemão não conseguiu pontuar apenas uma vez.

Hamilton voltou ao topo na tabela nas quatro temporadas seguintes, cravando uma incrível sequência de seis títulos em sete temporadas, batendo múltiplos recordes e igualando os sete títulos mundiais de Michael Schumacher.

As temporadas recentes

A temporada de 2021 é uma das mais dramáticas da história do esporte, pois a série de títulos de Hamilton chegou ao fim em um final bastante controverso no GP de Abu Dhabi, a última corrida do ano.

O piloto da Mercedes estava brigando para selar seu oitavo campeonato mundial quando uma decisão da direção de corrida permitiu que o rival Max Verstappen, com pneus mais frescos após um período de safety-car tardio, se aproximasse do líder Hamilton, antes de o ultrapassar logo após o reinício da corrida para iniciar sua própria série de sucessos mundiais.

A Mercedes errou o desenvolvimento de seu carro nas temporadas de 2022 e 2023, resultando nas únicas campanhas sem vitórias da carreira de Hamilton, embora ele ainda tenha conseguido terminar em terceiro lugar no último ano.

Buscando um novo começo e esperando repetir o sucesso de sua anterior mudança surpresa, Hamilton vai se juntar à Ferrari em 2025.

Histórico de Lewis Hamilton na F1

  • 2007 McLaren, 2º lugar, 4 vitórias
  • 2008 McLaren, campeão mundial, 5 vitórias
  • 2009 McLaren, 5º, 2 vitórias
  • 2010 McLaren, 4º, 3 vitórias
  • 2011 McLaren, 5º, 3 vitórias
  • 2012 McLaren, 4º, 4 vitórias
  • 2013 Mercedes, 4º lugar, 1 vitória
  • 2014 Mercedes, campeão mundial, 11 vitórias
  • 2015 Mercedes, campeão mundial, 10 vitórias
  • 2016 Mercedes, 2º lugar, 10 vitórias
  • 2017 Mercedes, campeão mundial, 9 vitórias
  • 2018 Mercedes, campeão mundial, 11 vitórias
  • 2019 Mercedes, campeão mundial, 11 vitórias
  • 2020 Mercedes, campeão mundial, 11 vitórias
  • 2021 Mercedes, 2º, 8 vitórias
  • 2022 Mercedes, 6º lugar
  • 2023 Mercedes, 3º lugar
Fórmula 1

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.