Pular para conteúdo
Registre-se
x

Fórmula 1: F1 de regresso no Bahrein

As equipas estão a ocupar os seus lugares na grelha e as luzes estão prestes a marcar o arranque da mais intrigante época de Fórmula 1 das últimas décadas.

A tensão ainda se sente depois do final controverso da temporada de 2021, que deu o primeiro título a Max Verstappen, arrancado das mãos de Lewis Hamilton na última curva da última volta do último Grande Prémio, em Abu Dhabi.

A rivalidade entre Hamilton e Verstappen e entre as suas equipas, Mercedes e Red Bull, foi um dos principais pontos de atenção no ano passado, mas tal tem sido colocado um pouco de parte face às mudanças introduzidas em 2022.

Para seguirem as ditas maiores mudanças da Fórmula 1 em 40 anos, as equipas tiveram que construir carros completamente novos e as diferenças de design são claras.

A acompanhar as mudanças no aspecto dos carros, há também algumas mudanças nas regras e a nomeação de um novo director de corrida.

De momento, as 'águas' da F1 estão um pouco lamacentas, agitadas por todas as mudanças, mas devem em breve ficar mais claras quando a acção começar este fim-de-semana no Bahrein.

A Mercedes de pé atrás

Uma reestruturação como esta procura alterar a actual ordem no topo da tabela, abrindo a porta para outras equipas desafiarem a Mercedes e a Red Bull.

Desde o início da era híbrida em 2014, os Silver Arrows venceram todos os títulos até ao dramático triunfo de Verstappen em 2021.

Contudo, apesar de todas as alterações, os testes de pré-época indicaram que a Mercedes e a Red Bull vão voltar a liderar a grelha, com 5/6 e 5/2 de odds respectivamente para vencerem o Mundial de Construtores.

A Mercedes parece ter muito trabalho pela frente no início da época, com Hamilton a dar a entender, após os testes no Bahrein, que não está de momento em posição de lutar por triunfos nas corridas.

Tal pode deixar o piloto britânico – que persegue o recorde de oito títulos mundiais – mais uma vez a tentar perseguir os rivais.

Hamilton viu-se significativamente atrás de Verstappen a meio da época de 2021 e só uma recuperação tardia levou a luta até ao último dia.

Hamilton pode ter terreno para recuperar

Hamilton tem 11/8 de odds para levar a melhor sobre Verstappen e vencer o título, mas a Red Bull apresentou-se muito bem nos testes e o neerlandês tem 15/8 para vencer o seu segundo título consecutivo.

Apesar do estilo agressivo do piloto de 24 anos lhe ter trazido alguns problemas no ano passado, também foi crucial no alcançar das 10 vitórias em corridas, contra as oito de Hamilton.

Ele parece ter o carro melhor preparado para a corrida de abertura no Bahrein, isto depois de ter sido mais rápido que Hamilton nas curvas do circuito de Sakhir.

Alguns dos pilotos da grelha comentaram o quanto Hamilton teve que trabalhar para manter o seu Mercedes sob controlo, mas o desenvolvimento dos carros deve ser rápido nesta nova era e os Silver Arrows podem muito bem encurtar rapidamente a desvantagem.

A Ferrari na luta pelo título?

Potencialmente a intrometer-se entre a Red Bull e a Mercedes no Bahrein pode estar a Ferrari, que foi, discutivelmente, a equipa mais consistente nos testes.

A Scuderia somou o maior número de quilómetros na pista em Barcelona e apresentou-se de forma consistente entre os carros mais rápidos no Bahrein.

É arriscado prestar demasiada atenção à pré-época, mas há sinais positivos de melhoria da equipa italiana, que não vence uma corrida há dois anos.

A Ferrari não é competitiva há demasiado tempo, mas as indicações iniciais apontam à possibilidade de ser uma luta a três pelo título.

Charles Leclerc e Carlos Sainz Jr são dois dos mais talentosos pilotos na grelha e, com o carro certo, podem lutar por vitórias.

Leclerc tem 7/1 de odds para vencer o Mundial de Pilotos e Sainz 12/1, com a Mercedes e a Red Bull a admitirem a possibilidade de sucesso da Ferrari esta época.

Verstappen pode começar em alta

A Ferrari desvalorizou rapidamente as afirmações dos grandes rivais e, apesar de a história nos ter mostrado que os resultados dos testes da Scuderia devem ser vistos com cautelas, ela parece a melhor candidata entre as restantes equipas a desafiar a Red Bull e a Mercedes no Bahrein.

A McLaren também se apresentou rápida nos testes, mas tem problemas de fiabilidade que precisa de resolver, enquanto a Alpine esteve consistente, mas talvez com uma falta de potência para chegar ao pódio.

A Aston Martin também esperava estar na luta pelo top 10 e apesar de ainda poder estar, vai para a corrida de abertura sem Sebastian Vettel – que está doente e vai ser substituído por Nico Hulkenberg.

No final das contas, tudo parece apontar a uma repetição do Grande Prémio do Bahrein do ano passado, que se tornou na primeira de muitas lutas entre Hamilton e Verstappen.

Nessa ocasião, foi Hamilton que levou a melhor em circunstâncias um pouco controversas e, apesar do britânico ter desvalorizado as suas possibilidades de vencer este fim-de-semana, tem 10/3 para o conseguir.

Russell é um forte apoio

Hamilton parece ter um colega de equipa mais capaz este ano, isto depois de George Russell ter substituído Valtteri Bottas.

Russell fez uma grande corrida quando substituiu Hamilton no Bahrein em 2020 e pode ser um sério candidato ao pódio, com 9/4 de odds para o conseguir.

Russell dá vantagem à Mercedes quando se olha para as duplas de pilotos entre os Silver Arrows e a Red Bull, com Sergio Pérez a decepcionar um pouco a determinadas alturas de 2021.

Apesar do mexicano não ter tirado o melhor do carro à sua disposição, Verstappen conseguiu vencer de forma regular na época passada e algo que se pode repetir esta temporada.

A Red Bull pode muito bem iniciar a nova era da F1 da mesma forma que terminou a anterior, com uma vitória, com Verstappen a ter 13/8 de odds para vencer no Bahrein.

Apostas em Fórmula 1

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies