Pular para conteúdo
Registre-se
Estádio Esportivo

F1: Andretti quer formar uma nova equipa

Se o pedido for aceite, esta será a 11ª equipa do pelotão da Fórmula 1 para 2024.

Mário Andretti anunciou hoje que o seu filho, e antigo piloto norte-americano, Michael Andretti “apresentou o pedido à Federação Internacional do Automóvel (FIA) para formar uma nova equipa a partir de 2024” no Mundial de Fórmula 1.

“A sua candidatura, Andretti Global, conta com os recursos necessários e cumpre todos os requisitos. Aguarda a decisão da FIA”, explicou o antigo campeão do mundo na sua conta oficial na rede social Twitter.

A estrutura Andretti Autosports é dirigida em conjunto pelos dois ex-pilotos, pai e filho, e já compete em vários campeonatos de automobilismo como a IndyCar, Fórmula E, Extreme E, IMSA e IndyLights, querendo agora expandir para a Fórmula 1, onde, caso seja admitida, será a 11.ª equipa do pelotão.

O pai, Mário Andretti, de 81 anos, conquistou as 500 Milhas de Indianápolis em 1969 e as 500 Milhas de Daytona em 1967, tendo depois ganho o  campeonato mundial de Fórmula 1, em 1978.

Por sua vez, o filho Michael, de 59 anos, venceu a IndyCar em 1991, e disputou 13 Grandes Prémios de Fórmula 1 na temporada de 1993, como companheiro de equipa do brasileiro Ayrton Senna, na McLaren.

Lembramos que a actual temporada arranca a 20 de Março, no Bahrein, e a Mercedes tem 8/15 odds de vencer o mundial de construtores pela décima vez consecutiva, enquanto a Red Bull tem 5/2 odds de sair da sombra da Mercedes e conquistar o título, algo que não consegue desde 2013, quando Sebastian Vettel conquistou o seu quarto título de melhor piloto do mundo.

Apostas em Fórmula 1

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies