Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
França
  1. Futebol
  2. EURO 2024

Europeu: França anuncia lista preliminar de convocados

Seguindo sua trajetória bem sucedida sob o comando de Deschamps, a França parte atrás de um título que conquistou pela última vez em 2000

Primeira grande competição na era pós-Hugo Lloris

Goleiros:

Mike Maignan (Milan) - Alphonse Aréola (West Ham) - Brice Samba (Lens)

Por um longo período Lloris foi o número 1 incontentável na França, mas com o mesmo se aposentando da seleção e atuando agora na MLS, Deschamps deposita suas confianças em Maignan do Milan como seu goleiro principal.

Aréola rodou por vários clubes nos últimos anos, mas parece ter se consolidado em Londres, tomando do veterano Lukasz Fabianski a posição de titular dos Hammers.

Samba representa o Lens que tem 14 clean sheets em 33 rodadas na Ligue 1, equipe que se destacou e muito na temporada passada quando ficou com o vice-campeonato francês.

Jogadores versáteis preenchem as laterais

Laterais:

Jonathan Clauss (Marselha) - Jules Koundé (Barcelona) - Benjamin Mendy (Madrid) - Theo Hernández (Milan)

Por um bom período Clauss não recebia oportunidades, entre outros fatores, por praticar seu melhor futebol como um ala no sistema com três zagueiros, obtendo maior liberdade para o apoio ofensivo que teria na seleção.

Contudo, Clauss tem recebido chances e aparece na lista de Deschamps como uma alternativa bem mais ofensiva em relação a Jules Koundé, zagueiro de origem. Benjamin Pavard que também está na lista, tem ampla experiência atuando como lateral, inclusive na seleção.

Do lado esquerdo é difícil encontrar uma seleção melhor servida do que a França, cenário comum em várias posições desse farto elenco.

Mendy está cada vez mais estabelecido como um dos melhores defensores na posição de lateral no futebol mundial, já Hernández traz um nível de apoio ofensivo como poucos.

Destaque para dupla que atua no futebol inglês

Zagueiros:

William Saliba (Arsenal) - Ibrahima Konaté (Liverpool) - Benjamin Pavard (Inter) - Dayot Upamecano (Bayern)

A melhor defesa da Premier League tem um representante na Seleção Francesa em William Saliba, jogador que foi titular sem ser substituído em todos os jogos dos Gunners no Campeonato Inglês.

Konaté, que entrou em campo em cinco dos sete jogos da França na Copa do Mundo, também ganha uma das vagas no setor defensivo, representando o Liverpool.

Apesar de perder espaço na reta final da temporada no Bayern de Munique, ficando no banco nos dois jogos das semifinais com o Real Madrid, Upamecano segue prestigiado na seleção e completa o grupo com o versátil Pavard da Inter de Milão.

Retorno de N'Golo Kanté

Meio-campistas:

Eduardo Camavinga (Real Madrid) - Aurélien Tchouaméni (Real Madrid) - Youssouf Fofana (Monaco) - Adrien Rabiot (Juventus) - Warren ZaÏne-Emery (PSG) - N'Golo Kanté (Al-Ittihad) - Antoine Griezmann (Atleti)

Embora Tchouaméni tenha em diversos momentos cumprido uma função diferente no Real Madrid em relação a onde normalmente joga na seleção, quebrando um galho na zaga por conta de lesões do seu time, o mesmo traz esse entrosamento que tem no clube com Camavinga.

Aos 18 anos, Zaïne-Emery representa o principal clube da França neste setor, escolhido para o primeiro grande torneio de seleções de sua carreira. Fofana foi um dos destaques da boa campanha do Monaco na Ligue 1, vice-campeão na atual temporada.

Griezmann vem de mais uma grande temporada no Atlético de Madrid, artilheiro de sua equipe em La Liga com 16 gols.

Rabiot e Kanté completam a lista com a surpresa sendo o retorno do ex-jogador do Chelsea, que não atuava pela Seleção Francesa desde junho de 2022.

Praticamente todas as opções ofensivas do campeão francês

Atacantes:

Kylian Mbappé (PSG) - Bradley Barcola (PSG) - Ousmane Dembélé (PSG) - Randal Kolo Muani (PSG) - Kingsley Coman (Bayern) - Marcus Thuram (Inter) - Olivier Giroud (Milan)

O PSG trouxe importantes atacantes franceses para o seu elenco na última janela de verão, a ponto de mesmo considerando a saída de Mbappé que deve ocorrer em breve, o clube será o mais bem representado no setor ofensivo da França considerando os nomes acima.

Dembélé larga na frente como principal opção na ponta do outro lado de Mbappé. Barcola foi bem no seu primeiro ano em Paris, mas ainda luta por espaço na Seleção e Coman foi convocado mesmo sem estar atuando no momento por conta de uma lesão.

No comando de ataque, Kolo Muani e Thuram oferecem opções mais móveis, enquanto Olivier Giroud é a figura do 9 mais tradicional.

Cotações para o título

A cotação para a França vencer o Europeu é de 5.00.

Futebol

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.