Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Roberto Martínez
  1. Futebol
  2. Futebol de Seleções

Está Portugal tão bem assim? Parte I

Muito se tem falado do bom momento da seleção de Portugal desde que Roberto Martínez substituiu Fernando Santos, após o Mundial do Catar.

São 11 jogos sempre a vencer, 10 na fase de qualificação para a Europa e um amistoso esta quinta-feira. Mais do que às vitórias são os números, 41 gols marcados – média de 3,72 gols por jogo, e apenas quatro sofridos, dois deles nesse amistoso, e, se quiserem, a média é de 0,36 gols sofridos por jogo.

Escolha não falta

Esta seleção portuguesa é, muito provavelmente, a que mais quantidade e qualidade de escolhas para seu elenco tem, desde sempre. Isso mesmo com um Cristiano Ronaldo longe do seu auge e caminhando para o final da sua carreira.

Então vejamos:

Goleiros

Diogo Costa – 24 anos, FC Porto

O jovem goleiro do Porto é agora o dono do lugar. Ele é um dos mais valiosos goleiros da atualidade e tem apenas 24 anos, pelo que está ainda amadurecendo como profissional de futebol.

Rui Patrício – 36 anos, Roma

Tem uma enorme experiência e continua sendo um goleiro de grande qualidade, mesmo que esteja caminhando para o final da sua carreira.

José Sá – 31anos, Wolverhampton

Nunca foi um goleiro de topo, mesmo quando representava o Porto, mas dá garantias se for chamado.

Zagueiros

Pepe – 41 anos, FC Porto

Aos 41 anos, continua sendo um dos elementos mais importantes da seleção das Quinas e mais ainda do seu clube. Não só ele ainda é um grande jogador, como a sua experiência tem um peso enorme no time.

Rúben Dias - 26 anos, Manchester City

Será certamente a primeira escolha para a zaga, ainda jovem, mas com muita experiência, um dos melhores do mundo no seu lugar.

António Silva - 20 anos, Benfica; Gonçalo Inácio – 22 anos, Sporting; Diogo Leite – 25 anos, Union Berlin; Danilo Pereira – 32 anos, Paris Saint-Germain (atualmente zagueiro, mas o seu lugar de raiz é volante). São todos alternativas de muita qualidade e já com bastante experiência em seus clubes, nos casos dos mais jovens.

Laterais direitos

Essa é uma das posições onde Portugal tem mais escolhas de grande qualidade.

João Cancelo – 29 anos, Barcelona

Um jogador já com muita experiência. Atualmente no Barça, mas passou por times como Benfica, Valência, Juventus e Manchester City.

Nélson Semedo – 30 anos, Wolverhampton

Outro lateral direito muito experiente que passou também pelo Benfica e Barcelona.

Diogo Dalot – 25 anos, Manchester United

Lateral que parece cada vez mais importante nos Red Devils, se formou no Porto e saltou jovem para Old Trafford.

João Mário – 24 anos, FC Porto

Começou como ala direito, mas foi adaptado a lateral pelo treinador do Porto e é, hoje em dia, essencial nos Dragões. Não fosse a enorme concorrência e seria possivelmente titular na seleção.

Laterais esquerdos

Menos opções de grande qualidade nesta posição, mas ainda assim com boas escolhas.

Raphael Guerreiro – 30 anos, Bayern de Munique

Curiosamente não passou pelo futebol de clubes em Portugal, começou na França, se destacou na Alemanha com o Borussia Dortmund e saltou no ano passado para o Bayern. Muito experiente e com muita qualidade.

Nuno Mendes – 21 anos, PSG

Um jovem que regressou recentemente de uma longa lesão, mas tem muita qualidade, o que lhe valeu a transferência do Sporting para o campeão francês.

Como alternativa, tem ainda Mário Rui, 32 anos do Napoli, e Rúben Vinagre, 24 anos, emprestado ao Helas Verona.

Volantes

Danilo Pereira, como foi dito, tem como posição natural volante, mas, para além de zagueiro, pode fazer o lugar de meia-centro.

João Palhinha – 28 anos, Fulham

Este volante está em grande em seu clube e esteve a um pequeno passo de ser contratado pelo Bayern no mercado de transferências de julho/agosto de 2023.

Rúben Neves – 27 anos, Al Hilal

Volante muito versátil que gosta muito de atacar. Começou sua carreira sênior no FC Porto e passou pelo Wolverhampton, onde se tornou em um jogador fundamental no time inglês. Agora é colega de equipe de Neymar.

João Neves – 19 anos, Benfica

Esse jovem jogador é já um dos meias com mais tempo de jogo no campeão português. A sua qualidade tem atraído a atenção de grandes clubes europeus.

William Carvalho – 31 anos, Real Betis

Teve uma presença regular na seleção, se destacou no Sporting e agora no Betis.

Meias-centro

Matheus Nunes – 25 anos, Manchester City

Mais um brasileiro com cidadania portuguesa. Se destacou no Sporting, passando depois pelo Wolverhampton onde captou a atenção de Pep Guardiola, mudando para o City.

Vitinha – 24 anos, PSG

Mais uma joia da academia do FC Porto. Após se afirmar no time de Sérgio Conceição foi contratado pelo campeão francês, onde joga com Kylian Mbappé e jogou com Lionel Messi e Neymar.

A polivalência dos volantes ajuda a preencher o lugar de meia-centro, mas tem outras alternativas como João Moutinho – 37 anos, Braga, Florentino Luís – 24 anos, Benfica.

Meias-atacante

Bruno Fernandes – 29 anos, Manchester United

Talvez o atual sucessor de Cristiano Ronaldo no que toca a liderança na seleção e nos Red Devils, mesmo jogando em uma posição diferente. Jogador muito importante tanto para Erik ten Hag como para Martínez. Desenvolveu seu futebol em Itália, se destacou no Sporting antes de chegar aos Red Devils.

Bernardo Silva – 29 anos, Manchester City

Outro jogador que forma a base da seleção portuguesa e que é igualmente muito importante no City. Se formou no Benfica, passou pelo Mônaco antes de mudar para Manchester.

Otávio Monteiro – 29 anos, Al Nassr

Outro brasileiro naturalizado português. Começou como sênior no Internacional, foi contratado pelo Porto onde se tornou indispensável e adorado pelos torcedores pela sua raça. Agora é companheiro de clube de Cristiano Ronaldo.

Pontas

Rafael Leão – 24 anos, AC Milan

Jogador com um enorme talento no ataque português e dos Rossoneri. Ainda jovem e com possibilidade de melhorar, começou sua carreira sênior no Sporting, passou pelo Lille e saltou para o Milan.

João Félix – 24 anos, Barcelona

Atacante de grande qualidade, lançado pelo Benfica onde brilhou. Se tornou em um dos jogadores mais caros do mundo quando se transferiu para o Atlético de Madrid. Porém, problemas fora do gramado impediram que a sua carreira fosse ainda mais brilhante, foi emprestado ao Chelsea onde quase não jogou e agora tenta segurar seu lugar no Barça.

Bruma – 29 anos, Braga

Bruma é outro jogador português que poderia ter feito muito mais com sua carreira. Passou por vários clubes, começou no Sporting, mudou para o Galatasaray, Leipzig, PSV, Fenerbahçe e agora Braga. Pelo meio foi emprestado várias vezes. Ainda assim, tem muito talento e é uma excelente alternativa como ala atacante.

Pedro Gonçalves (Pote) – 25 anos, Sporting

Se estreou como sênior no Wolverhampton, passou pelo Famalicão e agora no Sporting. É um dos grandes responsáveis pelos Leões serem o time português com mais gols marcados. Está lesionado de momento, mas tem tudo para ir à Eurocopa.

Mais recentemente, surgiram alternativas interessantes para alas atacantes. Francisco Conceição – 21 anos, FC Porto; Jota Silva – 24 anos, Vitória de Guimarães; Francisco Trincão – 24 anos, Sporting.

Centroavantes

Cristiano Ronaldo – 39 anos, Al Nassr.

É quase desnecessário falar sobre Cristiano Ronaldo. O experiente atacante ainda tem um peso enorme na seleção de Portugal, aos 39 anos. Porém, é cada vez menos um jogador imprescindível no gramado. Mas a sua insaciável vontade de vencer, experiência e liderança são, tal como com Pepe, essenciais.

Gonçalo Ramos – 22 anos, PSG

Mais um produto da academia do Benfica. Brilhou no clube português e foi contratado pelo gigante francês. Portugal nunca teve muitos jogadores verdadeiramente fortes como centroavantes. Ramos pode ser o futuro da seleção nesse lugar. Provavelmente o único centroavante de raiz e com qualidade suficiente para ser escalado por Roberto Martínez.

Fica assim bem claro que, para um país de 11 milhões de habitantes, o talento no futebol é muito e o selecionador tem muito por onde escolher.

Portugal tem uma cotação de 9,00 para vencer a Eurocopa, atrás da Inglaterra – 4,33, França – 4,50, Alemanha – 7,50 e Espanha – 8,00.

*As cotações citadas podem apresentar divergências, pois, ainda que corretas no momento da publicação do artigo, sofrem alterações em tempo real.

Futebol

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.