Pular para conteúdo
pt-br ACESSAR Esportes bet365
Venezuela
  1. Futebol
  2. Outras competições

Quais seleções sul-americanas podem ficar de fora do mundial?

A próxima Copa do Mundo será disputada ainda em 2026. Mas, até lá, três seleções da Conmebol ficarão de fora.

Entre seleções campeãs, como Brasil, Argentina e Uruguai; seleções emergentes, como Colômbia, Chile e Equador; e seleções menos tradicionais, como Paraguai, Bolívia, Peru e Venezuela, as dez equipes sul-americanas lutam para garantir suas presenças no torneio mais importante do mundo.

Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026

O quê:Eliminatórias da Conmebol
Onde:América do Sul
Quando:07/09 de 2023 a 09/09 de 2025
Como assistir:Globo

Como funciona as Eliminatórias da América do Sul?

Após a mudança de formato aprovada pela FIFA em março de 2023, a Copa do Mundo tem um novo esquema e, a partir de 2026, passará a ser disputada com 48 seleções. 

Desta forma, com a versão de 32 seleções ficando no passado, as vagas para cada confederação aumentaram. Nesse sentido, seleções que tinham poucas chances de chegar ao mundial, agora tem muito mais oportunidades.

Quantas vagas estão disponíveis?

Enquanto a Copa do Mundo da FIFA no Catar deixou quatro classificados (Argentina, Brasil, Equador e Uruguai), já que o Peru não conseguiu uma vaga na repescagem, a Conmebol agora tem seis vagas diretas e uma chance na repescagem. 

Dessa forma, apenas três equipes que disputam essa competição ficarão de fora do mundial de 2026. Enquanto as outras sete podem garantir uma passagem para o torneio que será realizado no México, EUA e Canadá.

Quais seleções da Conmebol tem menos presença no mundial?

Historicamente, a América do Sul sempre aparece com seleções figurando entre as favoritas para conquistar a Copa do Mundo. Contudo, muitas vezes o nível competitivo no continente acaba sendo contestado.

Embora haja seleções campeãs mundiais, há também algumas equipes de pouca expressão no cenário global. Bolívia e Venezuela são exemplos disso, sendo as seleções sul-americanas com menos experiencia na Copa do Mundo.

A Bolívia participou três vezes deste torneio (1930, 1950 e 1994), mas nunca se classificou com o formato atual de todos contra todos (desde 1998). Sua última participação foi há quase 30 anos, nos Estados Unidos, em 1994. 

Já a Venezuela, dentre as 10 seleções que disputam as eliminatórias da Conmebol, ela é a única seleção que nunca participou da Copa do Mundo. Até aqui foram 22 edições deste torneio, e nenhum deles com a presença dos venezuelanos.

Quais seleções são as menos favoritas para classificar?

Dentre as dez seleções que disputam pela América do Sul, listamos quatro seleções que devido a inúmeros fatores podem encontrar mais dificuldades do que as demais na busca por uma vaga na Copa de 2026. Confira quais são:

  • Venezuela

Historicamente, tem enfrentado obstáculos para se destacar no cenário do futebol sul-americano. Embora tenha mostrado melhorias nos últimos anos, a competição acirrada e a presença de seleções mais consolidadas muitas vezes a colocam em uma posição desafiadora. A falta de experiência em competições de grande porte pode ser um fator determinante para a Venezuela. 

  • Peru

Apesar de ter tido um desempenho notável em algumas edições da Copa América, o Peru ainda enfrenta incertezas. Mudanças em sua equipe técnica e uma transição de jogadores podem afetar a consistência necessária para superar adversários de peso. Além disso, a concorrência acirrada na região exige um desempenho excepcional em cada jogo, e qualquer deslize pode custar caro.

  • Bolívia 

Esta também enfrenta desafios consideráveis, especialmente quando joga fora de casa, devido às condições geográficas que influenciam diretamente o desempenho dos jogadores. Adaptar-se a diferentes altitudes durante as partidas pode ser um obstáculo difícil de superar. Além disso, a competitividade crescente na região torna o caminho para a classificação mais íngreme. 

  • Paraguai

Embora tenha uma história respeitável no futebol sul-americano, está em um processo de reconstrução. Renovações na equipe e a busca por uma identidade de jogo coesa podem levar algum tempo. Enfrentar adversários consolidados enquanto passa por essa fase de transição coloca o Paraguai em uma posição desafiadora.

Concluindo a análise

Em resumo, estas seleções enfrentam desafios diversos que as colocam fora do círculo de favoritas. Seja por falta de experiência, instabilidade técnica ou desafios geográficos, a jornada rumo à Copa do Mundo de 2026 será uma batalha árdua para essas equipes sul-americanas. Enquanto isso, Brasil, Argentina, Uruguai, Equador, Chile e Colômbia parecem ter mais chances de alcançar as vagas.


Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta

Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.