Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Gianluca Lapadula (Peru)
  1. Futebol
  2. Copa do Mundo

Eliminatórias da Conmebol: o futuro dos Incas em jogo

Com apenas um ponto em cinco rodadas, o Peru de Juan Reynoso recebe em Lima a surpreendente Venezuela.

A única seleção que não venceu após cinco rodadas do torneio sul-americano de qualificação para o Mundial 2026 é o Peru. Tendo já feito duas partidas em casa, os homens treinados por Juan Reynoso veem no desafio de amanhã uma oportunidade que não pode ser desperdiçada.

Mas a Venezuela de Fernando Batista, que só sofreu uma derrota, promete oferecer muitas dificuldades aos incas. Acima de tudo, a vinotinto quer terminar o ano confirmando o estatuto de boa candidata a se classificar (pela primeira vez na história) ao principal torneio de futebol.

O quê:Peru x Venezuela
Onde:Nacional, Lima
Quando:terça, 21 de novembro, às 23h (Brasília)
Como assistir:sportv2
Cotações:Peru = 2,25 | empate = 3,10 | Venezuela = 3,40

Como chegam os incas

O Peru estreou nestas Eliminatórias Sul-Americanas empatando com o Paraguai fora de casa. Em seguida, perdeu para o Brasil em casa, para o Chile fora e para a Argentina em casa. Quatro dias atrás os homens de Juan Reynoso perderam novamente, desta vez para a Bolívia, fora de casa. 

Agora que estamos perto de terminar o primeiro terço deste torneio qualificatório para o Mundial 2026, temos uma ideia bastante razoável do quão complicada é a situação da bicolor: a distância para o sétimo lugar (a zona da repescagem intercontinental) já é de quatro pontos.

Existem jogadores aptos para conseguir algo melhor, e na mais recente convocatória lá estiveram novamente titulares habituais como o goleiro Pedro Gallese, do Orlando City, e os meio-campistas Yoshimar Yotún, do Sporting Cristal, e Renato Tapia, do Celta de Vigo.

Também integrou a lista o atacante Paolo Guerrero, da LDU, mas em La Paz o maior artilheiro dos incas (38 gols) foi suplente. O motivo é que finalmente Reynoso pôde chamar Gianluca Lapadula, do Cagliari, que foi desfalque nas quatro primeiras rodadas por lesão.

Um dos não convocados foi o atacante Raúl Ruidíaz, dos Seattle Sounders, que já não esteve na lista anterior. Sua ausência, portanto, não foi tão surpreendente quanto a do zagueiro Anderson Santamaría. O jogador do Atlas entrou em campo nas duas partidas disputadas em outubro.

Como chega a vinotinto

Por ter chegado a esta Data FIFA em quarto lugar na classificação das Eliminatórias da Conmebol (e com a mesma quantidade de pontos que o segundo colocado), a Venezuela foi a mais agradável surpresa das quatro primeiras rodadas.

Tampouco se pode considerar ruim o resultado de sua mais recente partida, pois mesmo em casa não é fácil empatar com uma seleção tão forte quanto a do Equador.

Toda essa consistência não seria possível sem um bom desempenho defensivo: a equipe treinada pelo argentino Fernando Batista não sofreu mais de um gol em nenhuma partida (entre elas está o 1 x 1 com o Brasil em Cuiabá).

É com base nesse dado estatístico que realçamos a importância do goleiro Rafael Romo, da Universidad Católica-EQU, e do zagueiro Wilker Ángel, do Aucas. tanto um quanto o outro foram titulares em todas as rodadas.

Nesta convocatória estiveram presentes quatro atletas que atuam no futebol brasileiro, mas apenas o meia/atacante Yeferson Soteldo, do Santos, integrou o onze inicial quatro dias atrás. (o zagueiro Nahuel Ferraresi, do São Paulo, e o volante Tomás Rincón, do Santos, entraram no segundo tempo.)

Em relação aos jogadores que atuam em outras ligas, destaca-se sempre o atacante Salomón Rondón (o artilheiro histórico da vinotinto), que hoje defende o River Plate. E é cada vez maior o prestígio do meia Yangel Herrera, que atua pelo Girona.

O que se espera do jogo

Os jogos que o Peru disputou no estádio Nacional de Lima foram contra o Brasil e a Argentina, e em ambas as partidas a bicolor teve menos de 40% de posse de bola e finalizou seis vezes.

Será lógico se amanhã, contra a Venezuela, os donos da casa terminarem com mais de 50% de posse de bola porque do outro lado estará um seleção cuja média nesse quesito é de 41,2%.

E quanto a marcar gols? Tomando como base as estatísticas do site Sofascore, os peruanos criaram três grandes oportunidades até aqui (o que os deixa à frente apenas dos bolivianos nesse quesito).

Os homens de Reynoso podem até conquistar sua primeira vitória amanhã. Mas será uma surpresa se esta partida parecer resolvida a seu favor antes dos 30 minutos do segundo tempo.

Demais jogos da 6.ª rodada

terça, 21 de novembro
. 20h00 – Paraguai x Colômbia
. 20h30 – Equador x Chile
. 20h30 – Uruguai x Bolívia
. 21h30 – Brasil x Argentina

As cotações aqui apresentadas estão sujeitas a flutuações.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.