Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Mathías Villasanti (Paraguai)
  1. Futebol
  2. Copa do Mundo

Eliminatórias da Conmebol: disputa acirrada em Assunção

Embora vivam grande momento, os colombianos não deverão ter vida fácil na capital paraguaia.

Em Assunção veremos, nesta terça-feira, um encontro entre seleções que apresentam perspectivas diferentes de classificação ao Mundial 2026.

Os paraguaios começaram mal o torneio, já até trocaram de treinador e não contam com muitos jogadores de renome internacional.

Os colombianos são os únicos invictos, têm o mesmo técnico há mais de um ano e contam com abundância de bons valores individuais.

Mas a Eliminatórias Sul-Americanas costumam ser competitivas, e não há por que esperar algo diferente amanhã no Defensores del Chaco.

O quê:Paraguai x Colômbia
Onde:Defensores del Chaco, Assunção
Quando:terça, 21 de novembro, às 20h (Brasília)
Como assistir:sportv4
Cotações:Paraguai = 3,40 | empate = 3,00 | Colômbia = 2,25

Como chegam os guaraníes

O Paraguai chegou a esta Data FIFA em sétimo lugar nas Eliminatórias da Conmebol. Quatro dias atrás, em seu terceiro jogo sob o comando do argentino Daniel Garnero, os guaraníes tiveram um homem expulso aos 44 minutos; ainda assim, seguraram o 0 x 0 fora de casa com o Chile (que teve um jogador expulso já aos 88 minutos).

Com 5 pontos em cinco partidas (33% de aproveitamento), a albirroja manteve-se em sétimo (posição que corresponde à zona de classificação para a repescagem intercontinental). Muitas de suas dificuldades se devem a baixa eficácia ofensiva: embora estejam em segundo no ranking de finalizações por jogo (13,0), os paraguaios marcaram apenas um gol.

Antes mesmo da visita a Santiago as perspectivas nesse sentido tornaram-se ainda mais sombrias devido à lesão do ponta Miguel Almirón (Newcastle). Além de no momento não poder contar com seu principal atacante, o Paraguai ainda parece ainda não ter definido quem é o seu «camisa 9».

Nas duas primeiras rodadas deste torneio qualificatório, quando o treinador ainda era Guillermo Barros Schelotto, quem começou jogando foi Gabriel Ávalos (Argentinos Juniors). Mas nas duas rodadas seguintes o titular foi Adam Bareiro (San Lorenzo).

Quinta-feira passada, com Bareiro cumprindo suspensão, Ávalos foi o centroavante enquanto Antonio Sanabria (Torino) jogou um pouco mais aberto pela direita. No banco de suplentes esteve o lendário Óscar «Tacuara» Cardozo (Libertad), hoje com 40 anos.

Na baliza joga o brasileiro Carlos Coronel (New York Red Bulls). Três atletas em atuação no Brasil foram titulares na última rodada: o zagueiro e capitão Gustavo Gómez (Palmeiras), o volante Mathías Villasanti (Grêmio) e o meia Matías Rojas (Corinthians).

Como chegam os cafeteros

Embora tenha terminado outubro apenas em quinto lugar nas eliminatórias, a Colômbia era naquele momento a única seleção ainda invicta além da Argentina. Tendo vencido na última quinta-feira o Brasil por 2 x 1 em Barranquilla, os cafeteros agora são os únicos que não foram derrotados.

Com 9 pontos, a equipe comandada pelo argentino Néstor Lorenzo encontra-se em terceiro lugar e tem bons motivos para crer que pode ir ainda mais longe. Um deles é a força de seu sistema defensivo, que sofreu três gols nesses cinco jogos; outro é o seu volume ofensivo, dada a sua liderança no ranking de finalizações por jogo (13,2).

Contra a canarinho vimos novamente entre os titulares James Rodríguez. O meia/atacante do São Paulo jogou os 90 minutos, conseguiu uma assistência e parece estar se reafirmando na seleção. Quanto aos gols, ambos foram marcados por Luis Díaz, do Liverpool (sem dúvida o principal nome do ataque).

Existem outros jogadores que sempre esperamos ver no onze inicial, como o goleiro Camilo Vargas (Atlas) e o meio-campista Mateus Uribe (Al-Sadd). Jhon Arias, do Fluminense, foi desfalque por suspensão na rodada passada. Caso reassuma a titularidade amanhã, Jorge Carrascal (Dínamo de Moscou) é a escolha lógica para sair do time.

O que se espera do jogo

Embora a Colômbia conte com um time tecnicamente superior principalmente em termos de opções ofensivas, é precipitado esperar que isso se reflita numa postura de imposição dos visitantes durante a maior parte do jogo.

Em amistosos fora de casa realizados no primeiro semestre, os cafeteros conquistaram vitórias emblemáticas sobre Japão e Alemanha; mas, nas Eliminatórias da Conmebol, a equipe se mostrou cautelosa nos empates com o Chile e o Equador. e ambos os jogos terminaram 0 x 0.

Pode até ser que os homens de Lorenzo adotem postura mais agressiva contra o Paraguai, mas isso não seria garantia de muitas oportunidades nem para um lado nem para o outro. É compreensível o favoritismo dos visitantes, mas a expectativa é de duelo muito disputado.

Demais jogos da 6.ª rodada

terça, 21 de novembro
. 20h30 – Equador x Chile
. 20h30 – Uruguai x Bolívia
. 21h30 – Brasil x Argentina
. 23h00 – Peru x Venezuela

As cotações aqui apresentadas estão sujeitas a flutuações.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.