Pular para conteúdo
Registre-se
Novak Djokovic
  1. Tênis

Duelo de gerações em Paris

Holger Rune tem a chance de ganhar o seu primeiro título de Masters 1000, mas para isso terá de superar Novak Djokovic, este domingo.

A experiência e a juventude encontram-se cara a cara na final do Masters 1000 de Paris. De um lado temos o veterano sérvio em busca do seu 38º título desta categoria, e do outro o jovem dinamarquês, que espera reivindicar o primeiro Masters 1000 da sua carreira.

Para chegar aqui, Rune venceu Felix Auger-Aliassime nas semifinais pelas parciais de 6-4 e 6-2, enquanto o sérvio batalhou durante 2h19, para vencer Stefanos Tsitsipas em três sets (6-2, 3-6 e 7-6), marcando assim sua 13ª vitória consecutiva no circuito.

O quê: Holger Rune x Novak Djokovic
Onde: Accor Arena Centre Court, Paris (França)
Quando: Domingo, 6 de novembro, às 12h00 de Brasília
Como assistir: ESPN 2
Cotações: Holger Rune 10/3, Novak Djokovic 2/9

Os dois finalistas apenas se enfrentaram uma vez antes, na primeira rodada do US Open do ano passado, com Djokovic a levar a melhor no total dos quatro sets.

Como está Holger Rune?

Na quinta final ATP na sua carreira, o jovem de 19 anos vai enfrentar, este domingo, um dos maiores jogadores de tênis da história, o que aumenta a pressão, mas também traz motivação extra.

A verdade é que Rune chegou nesta fase de forma admirável. Nos seus últimos vinte encontros, conseguiu ganhar 18, conquistando recentemente o ATP 250 de Estocolmo contra Tsitsipas.

E se a derrota na final do ATP 500 de Basileia contra Auger-Aliassime foi um percalço nesse percurso positivo, Rune conseguiu virar a página e alcançou a revanche ontem, ao derrotar o canadense de forma bem convincente, em apenas dois sets.

O tenista dinamarquês tem sido um dos jogadores sensação da época, iniciando a temporada no 103º lugar do ranking e subindo até à 18ª posição. Agora, se vencer o troféu em Paris, pode mesmo terminar a semana como número 12 do mundo

Como está Novak Djokovic?

Vencedor de 90 títulos de ATP, incluindo 38 Masters 1000, o sérvio disputa este domingo sua 129ª final da carreira.

O veterano de 35 anos está em uma série invicta de 13 jogos, tendo conquistado títulos em Tel Aviv e Astana no mês passado.

Na segunda semifinal deste Masters 1000 de Paris, ele enfrentou Stefano Tsitsipas e venceu com solidez e determinação, no desempate do terceiro set.

Além de toda a experiência, Djokovic tem também a vantagem de saber o que é vencer em Paris, pois já conquistou este mesmo troféu em cinco ocasiões, e é o atual campeão.

O ex-número 1 do mundo, atual sétimo classificado do ranking é o favorito para a vitória e tem odds de 8/11 de ganhar em apenas dois sets.

Verifique quem foram os vencedores do Paris Masters 1000 nos últimos cinco anos:

2021: Novak Djokovic (vs. Daniil Medvedev)

2020: Daniil Medvedev (vs. Alexander Zverev)

2019: Novak Djokovic (vs. Denis Shapovalov)

2018: Karen Kachanov (vs. Novak Djokovic)

2017: Jack Sock (vs. Filip Krajinovic)

Alcaraz fora por um mês e meio

Após se retirar do torneio de Paris por lesão no abdome, foi mesmo no sábado que Carlos Alcaraz só jogará no próximo ano. O espanhol perderá assim as ATP Finals e a Taça Davis, que serão disputadas nas próximas semanas.

"Depois da minha desistência ontem e de ter sido avaliado pela minha equipe médica, infelizmente este é o resultado da minha lesão: uma ruptura do músculo oblíquo interno na parede abdominal esquerda com um tempo de recuperação estimado em seis semanas", publicou o número um do ranking em suas redes sociais.

Agora, o foco de Alcaraz é se recuperar totalmente e a estar na melhor forma para o primeiro Grand Slam da próxima temporada, o Aberto da Austrália, que começa a 16 de janeiro de 2023.

Tudo pronto para as semifinais em Fort Worth

Nas WTA Finals, Caroline Garcia cravou a última vaga para as semis no sábado, ao derrotar Daria Kasátkina em uma partida equilibrada.

A francesa venceu pelas parciais de 4-6, 6-1 e 7-6, em 2h27, para garantir o segundo lugar do grupo Tracy Austin, atrás de Iga Swiatek que voltou a vencer sem perder nenhum set, desta vez frente a Cori Gauff.

Nas semis deste domingo, Garcia enfrentará Maria Sakkari às 17h45 de Brasília, enquanto Swiatek terá pela frente a segunda classificada do grupo Nancy Richey, Aryna Sabalenka, a partir das 19h00.

A grega e a polonesa são favoritas para chegar à final, até porque são as únicas tenistas no torneio que conseguiram vencer os três jogos do seu grupo.

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies