Pular para conteúdo
Registre-se
  1. Futebol
  2. Premier League

Dérbi londrino na Premier League

Esta noite, Chelsea e Arsenal defrontam-se em Stamford Bridge na luta pelo Top 4 de acesso directo à Liga dos Campeões, enquanto o City tem de vencer para recuperar o primeiro lugar da tabela.

O Chelsea quer manter-se isolado no terceiro lugar, enquanto o Arsenal precisa de vencer para ganhar vantagem sobre o Tottenham no quarto lugar, dado ter um jogo em atraso. Por sua vez, o Manchester City recebe o Brighton, às 20h00, e está obrigado a vencer para recuperar o primeiro posto.

Verifique o topo da tabela da Premier League neste momento onde Chelsea, Tottenham, Arsenal e Manchester United lutam para se juntarem ao Liverpool e ao Manchester City nos quatro lugares de acesso directo à Liga dos Campeões.

Liverpool - 76 pontos – 32 jogos
Manchester City - 74 pontos – 31 jogos
Chelsea - 62 pontos – 30 jogos
Tottenham - 57 pontos – 32 jogos
Arsenal – 54 pontos – 31 jogos
Manchester United – 54 pontos – 33 jogos

As odds do campeonato estão 13/8 a favor do Liverpool e 1/2 para o Manchester City.

Dérbi chave para o Arsenal

O Chelsea não tem o melhor recorde quando se trata de jogos em casa contra os Gunners nos últimos anos - os Blues só conseguiram uma vitória na liga inglesa sobre o Arsenal nos seus últimos quatro encontros em Stamford Bridge.

Depois da vitória por 2-0 no estádio dos Emirates no início da temporada, a equipa de Thomas Tuchel está determinada a repetir o sucesso dessa partida e dar aos seus adeptos algo para aplaudir esta noite.

O técnico alemão não deve poder contar com Mateo Kovacic, que se lesionou durante a meia final da FA Cup no domingo passado está em dúvida, além de Ben Chilwell e Callum Hudson-Odoi ainda a recuperar de lesões.

Do lado do Arsenal, Alexandre Lacazette estave ausente na visita a Southampton e não é garantido que esteja disponível para integrar o onze inicial, enquanto Thomas Partey e Kieran Tierney permanecem de fora a fazer tratamento condicionado.

Esta parece ser uma boa altura para enfrentar os Gunners, cuja boa forma parece ter desaparecido. A equipa orientada por Mikel Arteta perdeu três jogos consecutivos contra adversários do meio da tabela, e desperdiçou a vantagem que tinha sobre os rivais directos.

Como se isso não bastasse, o calendário do Arsenal não é nada favorável, dado que, além do jogo desta noite, inclui confrontos contra os restantes adversários directos e todos fora de casa:

23 Abril: Manchester United – Arsenal
1 Maio: West Ham - Arsenal
12 Maio: Tottenham - Arsenal

O encontro desta noite tem arranque marcado para as 19h45 e será um verdadeiro teste ao carácter do Arsenal que tem 16/5 odds de reivindicar a vitória em Stamford Bridge, enquanto o Chelsea tem 17/20 odds de levar a melhor em casa.

City obrigado a vencer

A partir daqui tudo parece ser uma "final" para o Manchester City.

Depois de perder o Community Shield no início da época, os azuis de Manchester foram eliminados prematuramente da Taça da Liga Inglesa e, recentemente, sairam derrotados das meias-finais da FA Cup, o que significa que já só têm possibilidade de conquistar dois títulos, ainda que os dois mais importantes – a Premier League e a Liga dos Campeões.

O problema é que, nas meias-finais da liga milionária, o seu adversário é o Real Madrid que representa uma grande ameaça para as aspirações dos citizens na prova europeia, além de que não têm qualquer margem de erro na liga inglesa.

O Manchester City está obrigado a vencer o Brighton esta noite para recuperar o primeiro posto e a vantagem mínima de um ponto sobre o Liverpool, que bateu ontem por 4-0 o Manchester United e ascendeu temporariamente ao topo da tabela.

O facto de jogar em casa e contra um adversário que está relaxado no meio da tabela, os seagulls estão na 10ª posição, deve ajudar a equipa de Pep Guardiola, que no encontro da primeira ronda da Premier League, ganhou por 4-1, no estádio AMEX.

No entanto, recentemente o Brighton tem causado problemas às equipas de topo nos seus respectivos terrenos. Os seagulls foram a Londres vencer o Arsenal por 1-0 e o Tottenham por 2-1 e querem agora criar problemas ao Manchester City que não ganha há três jogos em todas as competições.

Se isso não bastasse, o treinador Pep Guardiola foi alvo de duras críticas após a derrota por 3-2 por no jogo da semi-final da Taça de Inglaterra contra o Liverpool em Wembley, por ter optado por descansar alguns elementos habituais do onze.

É evidente que o técnico catalão não quis arriscar alguns dos seus principais jogadores para o confronto no estádio nacional, reservando assim uma equipa mais forte para enfrentar o Brighton.

O City tem 2/9 odds de conseguir a sua 24ª vitória na liga da época e 11/2 odds do internacional português Bernardo Silva marcar o primeiro golo da partida, onde o seu compatriota João Cancelo também deve ser titular.

Com sete jogos até ao final do campeonato inglês, o calendário é favorável ao City, que joga maioritariamente com equipas da metade inferior da tabela, e por isso o emblema de Manchester tem 1/2 odds de renovar o título, que seria o oitavo da sua carreira e o quarto nos últimos cinco anos, tendo perdido apenas na época 2019-20 precisamente para o Liverpool.

Apostas de Futebol

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies