Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Copa América
  1. Futebol
  2. Copa América

Copa América: dez jovens jogadores que podem brilhar

Com todas as 16 nações participantes já definidas e o sorteio da fase de grupos concluído, a nossa atenção agora se volta para dez jovens jogadores que podem brilhar nos EUA.

Para este ano, o torneio conta com uma nova geração de talentos que está pronta para se destacar nos campos, simbolizando a renovação e a continuidade do futebol nas Américas. Confira, portanto, alguns nomes para se ter em atenção na Copa América que será disputada nos EUA.

Alejandro Garnacho, Argentina

Estreando na Copa América deste ano, o talentoso meio-campista que defende o Manchester United, da Inglaterra, teve boas atuações na atual temporada e já atuou também em quatro partidas pela seleção argentina. Ele, inclusive, é considerado uma das grandes promessas do futebol em seu país.

Beraldo, Brasil

O zagueiro chegou na França para defender o PSG e rapidamente conquistou sua posição. Suas boas atuações no time francês trouxeram a ele, além de títulos, a oportunidade de defender a seleção. Assim, o zagueiro de 20 anos, que já havia trabalhado com Dorival Junior no Tricolor Paulista, teve sua oportunidade em amistosos, contra Inglaterra e Espanha, e teve atuações consistentes.

Darío Osório, Chile

Um jovem talento desponta no cenário do futebol chileno, destacando-se por sua habilidade técnica e capacidade de liderança, embora seja ainda um jovem de 20 anos de idade. Atualmente, o meio-campista defende as cores do F.C. Midtjylland, da Dinamarca, no qual já vem acumulando gols e se tornando um dos artilheiros do clube.

David Martínez, Venezuela

Apelidado de "El Tigre", Martínez desponta no cenário como uma das principais revelações do futebol venezuelano, que vem, inclusive, se mostrando como uma seleção resiliente, diferente do que se via no passado. Atuando pelo Los Ángeles Football Club, ele ganhou destaque no Sul-Americano sub-17 de 2023 ao marcar três gols.

Endrick, Brasil

Embora tenha somado apenas quatro jogos pela Seleção Brasileira, o jovem de 17 anos já marcou dois gols vestindo a amarelinha. O atacante, que vai para o Real Madrid, está cheio de entusiasmo e é provável que a Copa América seja o lugar onde ele irromperá no cenário de seleções, ainda mais sem Neymar tomando toda a atenção.

Julián Álvarez, Argentina

O produto do River Plate só havia feito sua estreia internacional pela Albiceleste em 2021, ajudando seu país a conquistar o título da Copa América daquele ano. Alvarez, hoje em dia, já é uma realidade, mas evidentemente ainda fica a sombra de jogadores mais icônicos, como Messi, Di Maria e Lautaro. A expectativa é que ele tenha mais protagonismo no torneio deste ano.

Kendry Páez, Equador

Kendry é um destaque na equipe equatoriana, sendo o jogador mais jovem do time. O atleta já tem planos de se unir ao Chelsea, da Inglaterra, em 2025, após completar 18 anos. Seu rendimento nos Estados Unidos será fundamental para o êxito da seleção equatoriana, que buscará seu primeiro título neste campeonato internacional.

Manuel Urgati, Uruguai

O meio-campista do Paris Saint-Germain é amplamente reconhecido como uma das maiores promessas do futebol uruguaio. Com um valor de mercado estimado em mais de 60 milhões de dólares, ele já participou de 13 partidas pela seleção principal do Uruguai e é considerado um dos novos líderes da equipe celeste.

Santiago Giménez, México

Um atleta promissor que começou sua carreira no Cruz Azul e atualmente joga pelo Feyenoord, na Holanda, pode ser destaque para os mexicanos. Ele conquistou sua primeira vitória com a seleção mexicana ao marcar um gol na final da Copa Ouro da Concacaf de 2023 contra o Panamá, destacando-se individualmente e caindo nas graças do povo de seu país.

Yunus Musah, Estados Unidos

Aos 21 anos, Yunus Musah já desponta como uma figura em ascensão no mundo do futebol. Em 2023 ele deu mais um passo em sua carreira ao assinar com o AC Milan, na Série A italiana. Desde então, contribui com seu estilo dinâmico e versátil para a equipe rossonera. No âmbito internacional, Musah estreou pelos EUA em novembro de 2020, e desde então ele desempenha um papel crucial na equipe.

Quando começa a Copa América?

A edição deste ano da Copa América será disputada nos Estados Unidos entre os dias 20 de junho a 14 de julho.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.