Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Fórmula 1
  1. Esportes Motorizados
  2. Fórmula 1

Como estão Red Bull, Ferrari e Mercedes?

Com os testes de pré-temporada tendo lugar esta semana, de 23 a 25, no Bahrein, analisamos os novos carros das três grandes candidatas ao título de construtores e suas alterações relativamente ao último ano.

O quê:Fórmula 1 - 2023
Onde:Evento mundial, ocorre em vários países
Quando:De 05 de março a 26 de novembro
Como assistir:Band 
Cotações:Red Bull = 1,90 / Mercedes = 2,37 / Ferrari = 6,50

Red Bull RB19

A Red Bull foi a segunda equipe da grid a apresentar o novo carro, mas mostrou apenas a pintura em um bólido de exibição, e não as novidades de design que só serão observadas oficialmente nas provas de testes em Shakir (Bahrein), que terão lugar esta semana, de quinta-feira a sábado.

“O que vocês viram não é, obviamente, um reflexo total do carro que vai chegar ao Bahrein”, confirmou o chefão da Red Bull, Christian Horner.

Ainda assim deu para notar que os sidepods do novo carro estão ainda mais estreitos e recortados.

Por isso resta esperar pelo final da semana para vermos em ação o RB19 que vai lutar para repetir o campeonato de pilotos e o título de construtores esta temporada.

Pilotos: Seria estranho se a escuderia austríaca mudasse seus pilotos após conquistar os títulos mundiais de pilotos e construtores. Assim, o bicampeão Max Verstappen, que tem o maior contrato da grid (até final de 2028), continuará a fazer parceria com Sérgio Pérez e é favorito a conseguir o tri-campeonato.

Ferrari SF-23

A equipe italiana quer se manter entre os favoritos ao título e quebrar uma seca de 15 anos. Para isso aposta numa mistura de continuidade, mantendo a base e o design do carro, mas com mudanças radicais, especialmente na suspensão dianteira.

Em 2022, o F1-75 conseguiu o vice de Construtores, mas lutou regularmente com problemas mecânicos. Por isso, a unidade de potência recebeu atenção especial da equipe comandada por Enrico Gualtieri, que garante ter identificado a origem dos problemas e aumentar a potência do conjunto.

Agora, o carro abandona o pull-rod e opta por um push-rod mais convencional, onde o elemento principal está ancorado junto à parte inferior das rodas, o que deve aumentar as chances do time fazer acertos diferentes consoante o tipo de circuito.

A carenagem do motor é bem curta e compacta, sem canhões e acompanhada por uma barbatana de tubarão longa em fibra de carbono, para minimizar problemas com o peso.

Tal como no ano passado, os sidepods são longos e robustos e na asa dianteira, o SF-23 apresenta cinco pequenos desviadores de fluxo entre os dois elementos principais, graças a uma mudança no regulamento que permite agora esses dispositivos que foram rejeitados à Mercedes em 2022.

Outro ponto forte do SF-23 é seu bom downforce, um dos melhores de todo o grid de largada.

Pilotos: Quer o vice-campeão de 2022, Charles Leclerc, quer Carlos Sainz têm contrato até dezembro de 2024 e regressam para representar o time de Maranello.

Mercedes W14

Na apresentação do novo carro, ficou clara a intenção da equipe alemã de regressar ao topo do campeonato mundial - visualmente o W14 retoma o preto usado nos anos de 2020 e 2021, mantendo boa parte da fibra de carbono exposta.

Mas há outras mudanças no atacado na nova máquina da Mercedes para 2023.

A carenagem do motor abandona as formas sinuosas e se apresenta com os ‘canhões’ junto às saídas dos escapamentos e uma entrada de ar quadrangular.

Na asa traseira, mais uma alteração visível, com os endplates ainda mais recortados em sua parte superior.

Já o conceito ‘zero sidepod’, de laterais mínimas, que trouxe as vantagens esperadas no ano passado, está de regresso no W14.

Após todos os problemas de porpoising que o time sofreu na última temporada, os engenheiros da Mercedes dedicaram atenção especial à dianteira e à aerodinâmica junto ao assoalho.

“Fizemos no W14 tudo o que gostaríamos de fazer no W13 ao longo do ano, mas não pudemos porque estávamos ocupados resolvendo os principais problemas”, explicou o diretor técnico Mike Elliott.

Pilotos: Lewis Hamilton vai representar a equipe alemã pela décima temporada e tentar vencer seu oitavo campeonato mundial. Seu parceiro volta a ser o compatriota George Russell, que terminou em quarto da geral em 2022.

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.