Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Mauro Zárate (Lazio) e Daniele De Rossi (Roma)
  1. Futebol
  2. Itália Serie A

Cinco grandes jogos entre Lazio e Roma

Lazio vs. Roma sempre rendeu muitos gols e emoções, e os cinco duelos que destacamos aqui são exemplos disso.

[Traduzido e adaptado de ''Serie A: verso il derby della capitale, i 5 match migliori tra Lazio e Roma''.]

O derby della capitale é um dos clássicos mais emocionantes do futebol mundial. Qualquer partida entre Lazio e Roma é muito aguardada — independentemente dos momentos de ambas as equipes. Mesmo quando não há objetivos importantes em jogo, estes encontros estão sempre envoltos em atmosfera de prestígio e muito falatório. Revemos aqui cinco dérbis da capital italiana que fizeram história.

1 de abril de 2009:
Lazio 4 x 2 Roma

Quatorze anos atrás disputou-se um dérbi rico em emoções e marcado por seis gols. A Lazio foi agressiva de imediato, abrindo o placar no segundo minuto. Após cobrança de escanteio, Cristian Brocchi recebeu sem marcação e cruzou para a área, onde estava Goran Pandev. O macedônio acertou chute cruzado de esquerda, de primeira, dando poucas chances ao goleiro brasileiro Doni.

Não demorou o segundo gol dos biancocelesti, assinado pelo argentino Mauro Zárate com uma «bomba» de longa distância. A Roma não se conformou e diminuiu com o francês Philippe Mexès após cobrança de escanteio. Tudo isso com dez minutos de jogo. Ainda no primeiro tempo, Júlio Baptista cabeceou uma bola na trave direita do goleiro uruguaio Fernando Muslera.

No segundo tempo as duas esquadras respondiam ao ataque uma da outra, oferecendo-nos um duelo bem ofensivo. Mas o jogo pareceu praticamente decidido aos 58 minutos, quando o suíço Stephan Lichtsteiner acertou uma cabeçada após bela assistência do inspirado Pasquale Foggia.

Aos 80, Daniele De Rossi encurtou novamente a distância no placar com outra cabeçada (técnica essa que era o seu ponto forte), mas aos 85 o sérvio Aleksandar Kolarov, após arrancar pela esquerda e driblar dois adversários, chutou de direita para marcar o quarto da Lazio.

19 de março de 2008:
Lazio 3 x 2 Roma

Desta vez quem saiu na frente foram os lobos. Após jogada de Mirko Vučinić a bola parecia perdida na área, mas o chute de Valon Behrami encontrou Rodrigo Taddei, que acabou marcando um gol meio sem querer com o ombro. As águias empataram com Pandev: Kolarov cruzou da esquerda, Doni desviou, e na sobra o montenegrino finalizou com precisão.

A segunda parte seguiu equilibrada. Simone Perrotta, da Roma, esteve perto de marcar de dentro da área, assim como Kolarov em cobrança de falta. Esse impasse foi rompido a favor da Lazio aos 57, quando Tommaso Rocchi converteu um pênalti que pareceu ter sido cometido pelo brasileiro Juan sobre Rolando Bianchi.

Aos 62 minutos Perrotta empatou, após jogada confusa entre seus companheiros Vučinić e Francesco Totti. E o jogo já estava em seu 90.º minuto quando o suíço Valon Behrami fez o terceiro da Lazio, ao aparecer de forma oportunista para assegurar que uma bola que «pingava» na pequena área fosse ao fundo das redes adversárias.

10 de março de 2002:
Lazio 1 x 5 Roma

A Roma havia conquistado o último de seus três scudettos na temporada anterior e estava com tudo. Nesta noite de março a estrela foi Vincenzo Montella, em estado de graça ao conseguir quatro tentos. O primeiro e o terceiro gols do «pequeno avião» foram de cabeça (o que certamente não era o seu ponto forte), o quarto foi após «fuzilar» o arqueiro rival, Angelo Peruzzi, com forte chute de fora da área.

O segundo de Montella saiu quando ele aproveitou bola espalmada para a frente após chute de Totti. E foi este, o «bebezão», quem marcou o quinto dos giallorossi em toque de cobertura ao ver Peruzzi adiantado. Quando o jogo já estava 3 x 0, o sérvio Dejan Stanković marcou o gol de sua equipe. Um tento inútil, talvez, mas esplêndido: um impressionante chute de longa distância com o pé direito.

17 de dezembro de 2000:
Lazio 0 x 1 Roma

Estávamos ainda na 11.ª rodada da Serie A, mas para a Lazio —que já havia sofrido três derrotas no campeonato—, era tudo ou nada. A Roma, por outro lado, estava em alta (e seria a campeã daquela temporada). No fim, apesar da necessidade de vitória por parte dos comandados do sueco Sven-Göran Eriksson, quem levou a melhor foram os homens de Fabio Capello.

O único gol da partida foi contra. Após Peruzzi fazer ótima defesa em cabeçada de Cristiano Zanetti, o zagueiro Alessandro Nesta tentou tirar a bola da área de qualquer maneira. Em vez disso, ela bateu em seu companheiro Paolo Negri e entrou na própria baliza. No fim, os celestes e brancos por pouco não empataram com chute forte do tcheco Pavel Nedvěd que acertou o travessão.

26 de fevereiro de 1984:
Roma 2 x 2 Lazio

1983–84 foi a temporada seguinte ao segundo título da Roma na liga italiana. De forma um pouco surpreendente, foi a Lazio quem fez os dois primeiros gols. E ambos muito graças a Vincenzo D'Amico: aos 9 minutos, ele cobrou falta cuja bola desviou em Agostino Di Bartolomei antes de entrar na baliza defendida por Franco Tancredi; aos 24, D'Amico marcou de pênalti.

Os amarelos e vermelhos reagiram e chegaram perto de marcar o seu primeiro gol, mas o o goleiro Fernando Orsi mostrou-se atento. A vantagem de seus adversários enfim diminuiu aos 40, com Di Bartolomei em cobrança de pênalti. No segundo tempo, Lionello Manfredonia, da Lazio, foi expulso após falta feia sobre Bruno Conti. Não muito depois veio o empate, com Toninho Cerezo.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta

Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.