Pular para conteúdo
pt-br ACESSAR Esportes bet365
futebol
  1. Futebol
  2. Futebol de Seleções

Candidatos a Melhor Jogador Jovem no Catar

Um dos prêmios individuais concedidos pela FIFA a cada quatro anos nos apresenta fortes candidatos a futuras estrelas do futebol mundial.

[Artigo originalmente publicado em 7 de novembro de 2022.]

Desde 2006, a FIFA concede o prêmio Melhor Jogador Jovem ao atleta de no máximo 21 anos que mais se destacou em determinada Copa do Mundo.

Neste texto abordaremos fatores que tendem a influenciar nessa escolha, e em seguida mencionaremos os principais candidatos de 2022.

Para nos ajudar em ambas as tarefas, vamos começar analisando o perfil dos vencedores anteriores.

Idades

O primeiro vencedor foi o alemão Lukas Podolski, que dezesseis anos atrás superou concorrentes como o português Cristiano Ronaldo.

A FIFA, porém, também decidiu conceder esse prêmio retrospectivamente ao melhor jogador jovem de cada Copa do Mundo desde 1958.

O premiado daquele ano foi Pelé, que no Mundial realizado na Suécia tinha 17 anos.

Apenas outros dois outros atletas de menos de 20 anos foram premiados: o inglês Michael Owen (18 anos em 1998) e o francês Kylian Mbappé (19 anos em 2018).

Eis, portanto, o primeiro fator a ser considerado para 2022: na maior parte das vezes, o vencedor tem 20 ou 21 anos.

Exemplos disso são lendas como o alemão Franz Beckenbauer (20 anos em 1966) e o peruano Teófilo Cubillas (21 anos em 1970).

Posições

Um fator ainda mais importante é a posição em que determinado atleta joga.

Além de Beckenbauer, o único outro zagueiro premiado foi o polonês Władysław Żmuda (20 anos em 1974).

E os únicos outros defensores foram o lateral-esquerdo italiano Antonio Cabrini (20 anos em 1978) e o lateral-direito francês Manuel Amoros (21 anos em 1982).

Os demais eram ou meio-campistas ofensivos, como o iugoslavo Robert Prosinečki (21 anos em 1990), ou atacantes, como o americano Landon Donovan (20 anos em 2002).

Talvez seja possível considerar o francês Paul Pogba (21 anos em 2014) um caso à parte, dada a versatilidade do meio-campista da Juventus.

Em todo caso, os candidatos que veremos a seguir nos mostram de forma inequívoca que é improvável que o vencedor deste ano seja uma exceção a essa regra.

Candidatos para 2022

Para ser elegível a esse prêmio neste ano, um jogador precisa ter nascido em 1 de janeiro de 2001 ou depois.

Entre os que não poderão vencer estão o brasileiro Vini Jr., o português Vitinha e o canadense Alphonso Davies — todos nascidos em 2000.

Ainda assim, o que não faltam são opções de qualidade.

Pedri (Espanha)

O meia Pedro González López, que completará 20 anos durante a fase de grupos do próximo Mundial da FIFA, foi revelado pelo Las Palmas em 2019, e atua pelo Barcelona desde 2020.

Pedri é o candidato óbvio. Ano passado, venceu tanto o Golden Boy — conferido por jornalistas europeus ao melhor jovem em atuação na Europa — quanto o Troféu Kopa — conferido pela France Football ao melhor jovem em atuação em qualquer continente.

Sua estreia pela seleção principal da Espanha, treinada por Luis Enrique, se deu em março de 2021, num jogo contra a Grécia pelas Eliminatórias de Catar.

Rodrygo (Brasil)

O atacante Rodrygo Silva de Goes, de 21 anos, estreou entre os profissionais do Santos em 2017, e joga pelo Real Madrid desde 2019.

Com passagens pelas seleções sub-17, sub-20 e sub-23 do Brasil, Rodrygo foi convocado pela primeira vez por Tite para um amistoso contra a Argentina em novembro de 2019.

Karim Adeyemi (Alemanha)

O atacante Karim-David Adeyemi, de 20 anos, estreou pelos austríacos do Red Bull Salzburg em 2018, e está no Borussia Dortmund desde maio deste ano.

Tendo passado pelas seleções sub-16, sub-17 e sub-21 da Alemanha, sua estreia pela seleção principal, treinada por Hansi Flick, foi em setembro de 2021.

Eduardo Camavinga (França)

O meia Eduardo Celmi Camavinga, que completará 20 anos em poucos dias, foi revelado em 2018 pelo Rennes e atua desde 2021 pelo Real Madrid.

Camavinga estreou pela seleção sub-21 da França em novembro de 2019, e já em setembro de 2020 estreou pela seleção principal, comandada por Didier Deschamps.

Outros candidatos e considerações finais

Preferimos manter esta lista curta; caso contrário, teríamos citado no mínimo outros quatro nomes.

São eles: o meia holandês Ryan Gravenberch (20 anos), o meia belga Charles De Ketelaere (21 anos), o meia alemão Jamal Musiala (19 anos) e o atacante espanhol Ansu Fati (20 anos).

Por fim, lembremos que o nível exibicional de jogadores jovens tende a oscilar mais. Por isso, não devemos nos surpreender se alguns dos candidatos a Melhor Jogador Jovem de Catar 2022 não se destacarem tanto quanto poderiam.

Mesmo que isso aconteça, não deveríamos descartar as chances de esses atletas chegarem à Copa do Mundo de 2026 com o estatuto de grandes astros do futebol.

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta

Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.