Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Copa Africana de Nações 2023

Em janeiro e fevereiro de 2024 vai decorrer a Copa Africana das Nações na Costa do Marfim e, igual que todos os grandes torneios, haverá jogadores importantes que não poderão participar.

Inicialmente prevista para os meses de junho e julho de 2023, essa competição foi adiada seis meses para evitar uma época de chuvas muito fortes na Costa do Marfim. A ideia inicial de realizar o torneio em junho era para que não impactasse os campeonatos europeus, onde jogam muitos atletas africanos.

Mas a mudança não resultou e assim os times europeus vão perder muitos jogadores.

Porém, também a CAN terá ausentes de peso, jogadores que não estarão disponíveis, quase exclusivamente por lesão. Deixamos aqui alguns dos principais azarados.

Taiwo Awoniyi (Nigéria)

O atacante nigeriano de 26 anos, Taiwo Awoniyi, tinha o seu lugar garantido no elenco da sua seleção para a competição bianual na África.

Porém, o agora ex-treinador do Nottingham Forest, Steve Cooper, revelou em novembro que Awoniyi estaria ausentes dos gramados por alguns meses após ter sido operado para corrigir uma lesão na virilha, sofrida precisamente ao serviço da Nigéria em jogo contra a Arábia Saudita em Portugal.

O centroavante estava em boa forma ao serviço do clube inglês e será uma baixa importante para a sua seleção que vai lutar pelo título.

A Nigéria tem uma cotação de 11,00 para vencer a Copa Africana das Nações.

Bryan Mbeumo (Camarões)

A seleção do Camarões recebeu no início de dezembro a péssima notícia de que o seu atacante Bryan Mbeumo se lesionou com alguma gravidade e irá falhar a CAN.

O jogador de 24 anos do Brentford, se lesionou no jogo do seu time contra o Brighton. Ele teve que ser operado ao seu tornozelo e tem uma previsão de paragem de 12 semanas.

Antes de se lesionar, o atacante tinha participado em 11 gols do seu times – sete gols marcados e quatro assistências – em 15 jogos.

O Camarões tem uma cotação de 11,00 para vencer a Copa Africana das Nações.

Cheick Doucouré (Mali)

O meia defensivo, Cheick Doucouré, será um ausente importante na seleção do Mali. O jogador de 23 anos do Crystal Palace se lesionou na derrota do seu time contra o Luton, em novembro passado.

O jogador maliano viu ser confirmada a gravidade da sua lesão no tendão de Aquiles, com a previsão de paragem a ser de seis meses, o que significa que vai falhar a CAN e, possivelmente, o resto da época do Palace.

O Mali tem uma cotação de 21,00 para vencer a Copa Africana das Nações.

Ibrahima Koné (Mali)

A seleção do Mali não vai poder contar com Ibrahima Koné, mais um ausente de peso, a juntar a Doucouré.

O atacante de 23 anos será certamente um dos grandes ausentes da competição, ele que tem um registro de 12 gols em 16 jogos pela sua seleção.

Koné, que joga no time espanhol Almería, se lesionou com gravidade em um tornozelo, precisamente ao serviço do Mali, em um amistoso contra o Uganda.

Joseph Aidoo (Gana)

Joseph Aidoo se lesionou com gravidade há cerca de dois meses, quando jogava pela seleção do Gana em um amistoso contra o México.

O clube espanhol onde ele jogo, o Celta de Vigo, confirmou a longa ausência, cerca de seis a sete meses, resultante na rutura do tendão de Aquiles.

O zagueiro de 28 anos, que é um jogador importante na sua seleção, vai falhar não só a CAN como o resto da época pelo seu clube.

O Gana tem uma cotação de 15,00 para vencer a Copa Africana das Nações.

Tariq Lamptey (Gana)

O setor defensivo da seleção do Gana terá mais um ausente importante, Tariq Lamptey, que tinha sido incluído na lista provisória de 55 jogadores para a CAN.

O jogador de 23 anos, lateral direito, se lesionou no jogo do seu time, Brighton, contra o Nottingham Forest, em novembro. Lamptey saiu ainda no primeiro tempo com problemas musculares. Mais tarde foi confirmado que ele estaria ausente por cerca de três meses.

Lamptey e Aidoo são dois jogadores habitualmente chamados para representar a seleção do Gana.

Kamaldeen Sulemana (Gana)

O azar da seleção do Gana continua com a ausência do meia atacante Kamaldeen Sulemana. O jogador de 21 anos, que representa o Southampton do Championship de Inglaterra, se lesionou em uma coxa no jogo contra o Bristol em novembro.

Após confirmada a lesão, a previsão apontava para uma ausência até janeiro. Havia assim alguma esperança de que Sulemana recuperasse a tempo da CAN, mas uma reavaliação colocou a possibilidade de voltar aos gramados apenas para meio ou final de janeiro, impossibilitando a convocação do jogador para a competição africana.

*As cotações citadas podem apresentar divergências, pois, ainda que corretas no momento da publicação do artigo, sofrem alterações em tempo real.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.