Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Bia Haddad Maia
  1. Tênis

Bia Haddad Maia no Aberto dos Estados Unidos

O Aberto dos Estados Unidos vai começar na segunda-feira dia 28 de agosto e será o último Grand Slam de 2023.

A representar o Brasil estará Bia Haddad Maia, que atravessa um grande momento na sua carreira, sendo a maior representante do tênis brasileiros da atualidade. No tênis feminino do país é a "sucessora" de Maria Esther Bueno.

Caiu após Wimbledon 

Este ano é histórico para Bia, que chegou pela primeira vez ao Top 10 do ranking mundial, após alcançar a semifinal do Aberto da França. A tenista de 27 anos está no momento mais alto da sua carreira.

Porém, ela foi obrigada a abandonar o encontro das oitavas de final de Wimbledon, contra Elena Rybakina, por lesão. Um final decepcionante para a tenista e sua torcida. Como consequência, ela baixou ao 19º lugar do ranking WTA.

A lesão sofrida no gramado do All England Club, a forçou a uma paragem para recuperação. Regressando às quadras no Canadá, onde perdeu na segunda rodada. Como preparação para o Slam de Nova Iorque, ela tinha agendada a participação no Aberto de Cincinnati e em Cleveland.

Só fez um jogo no Masters americano e decidiu não participar em Cleveland, para não arriscar uma recaída da sua lesão e comprometer a sua participação no torneio de Flushing Meadows.

Primeiro encontro complicado

O quê:Sloane Stephens x Bia Haddad Maia
Onde:Flushing Meadows, Nova Iorque, EUA
Quando:segunda-feira dia 28 de agosto
Como assistir:ESPN, Star+
Cotações:Stephens: 2,00; Bia: 1,80

Bia vai se estrear no último Grand Slam do ano com uma prova de fogo. A brasileira pega na primeira ronda a campeã do torneio de 2017, a americana Sloane Stephens, número 38 mundial, que já fez parte do Top 10. Na única vez em que se defrontaram antes, Bia venceu, em 2019 em Acapulco, no México.

Se Bia conseguir vencer poderá defrontar algumas tenistas conhecidas no seu percurso no torneio. Na segunda rodada a adversária será a americana Taylor Towsend ou a russa naturalizada francesa, Varvara Gracheva.

Na rodada seguinte, a favorita a ser sua rival é a tcheca Karolína Muchová, que derrotou a brasileira em Cincinnati, acabando mesmo por ser a finalista do WTA 1000, onde perdeu contra a americana Coco Gauff.

Na quarta ronda, podem surgir no caminho de Bia a ucraniana Anhelina Kalinina, com quem perdeu nas quartas em Roma, ou a forte grega Maria Sakkari. Rybakina, quarta cabeça de chave, é a potencial rival nas quartas de final.

Se conseguir chegar na semifinal, a rival mais forte é a atual campeã, a polonesa Iga Swiatek.

Na outra metade da chave estão a bielorrussa Aryna Sabalenka, cabeça de chave número dois, a tunisiana Ons Jabeur e a americana Jessica Pegula, como tenistas potencialmente mais fortes. No Aberto dos Estados Unidos de 2022, Sabalenka caiu nas semifinais.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.