Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Tênis
  1. Tênis

ATP Finals: Alcaraz nas semifinais

O tenista espanhol Carlos Alcaraz bateu esta sexta-feira Daniil Medvedev sacando assim o primeiro lugar do grupo, se classificando ao mesmo tempo para as semifinais.

O campeão de Wimbledon venceu em sets diretos, com um duplo 6-4, batendo o russo que já tinha a sua presença nas semifinais garantida.

O jovem espanhol vai agora brigar com o sérvio Novak Djokovic por um lugar na final, um encontro que será como que uma final antecipada.

“Claro que Novak é Novak, ele é o melhor jogador do mundo de momento”, disse Alcaraz sobre o jogo contra o experiente rival.

“É um dos desafios mais complicados que vou ter, defrontar o Novak neste torneio que ele venceu seis vezes”, acrescentou.

“Vou aplicar o meu melhor tênis e vou desfrutar. Estou entusiasmado”.

Medvedev contra homem da casa

O russo Medvedev, vencedor do ATP Finals de 2020, vai defrontar o vencedor do Grupo Verde, o italiano Jannik Sinner.

Sinner ajudou Djokovic a se classificar ao bater Holger Rune na quinta-feira, o que fez com os parciais de 6-2, 5-7 e 6-4.

O espanhol Alcaraz vacilou na abertura contra o alemão Alexander Zverev, mas regressou ao seu melhor contra o russo, terceiro cabeça de chave.

Lembre que o ATP Finals conta com a participação dois oito melhores tenistas do ranking ATP, divididos em dois grupos, com os dois primeiros de cada grupo a passarem às semifinais.

Ainda esta sexta-feira, Zverev e Andrey Rublev se defrontam no outro encontro do Grupo Vermelho, mas nenhum deles pode já se classificar.

Djokovic persegue mais um feito histórico

A vitória de Sinner na quinta-feira deu mais do que só a possibilidade de Djokovic passar às semifinais do ATP Finals, permitiu que o sérvio continue a sonhar em fazer mais história no tênis em geral e na sua carreira em particular.

Se Djokovic chegar à final e vencer, ele se torna no tenista com mais títulos nesse torneio. Atualmente ele divide esse registro com Roger Federer, mas pode passar o suíço se vencer este domingo em Turim.

Em 2022, Djokovic havia se tornado no tenista mais velho a vencer o ATP Finals, também passando Federer, que em 2011 tinha conquistado esse registro.

Mas tem mais, o sérvio quer subir na tabela de melhores resultados. No momento ele é quinto com 72.7% de vitórias (48-18). Se vencer este ano, ele passa Boris Becker no quarto lugar de uma tabela liderada por Ilie Nastase com 88% (22-3).

Ele pode também ser apenas o segundo tenista a conseguir 50 vitórias no torneio. O tenista com mais vitórias é, evidentemente, Federer com 59.

Vencendo, ele completa ainda sete títulos em 2023, passando Alcaraz com que está de momento empatado, os dois com seis títulos.

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.