Pular para conteúdo
pt-br ACESSAR Esportes bet365
Atlético-MG
  1. Futebol
  2. Brasileirão

Revisão do Atlético-MG neste Brasileirão

O Galo iniciou a competição com os dos melhores elencos do futebol brasileiro, buscando uma briga pelas primeiras posições, mas um primeiro turno decepcionante acabou custando caro em relação às aspirações de título

Contraste nos dois turnos

O Atlético-MG iniciou a temporada com Eduardo Coudet no seu comando técnico, mas apesar do título estadual e de liderar a sua equipe até a fase eliminatória da Libertadores, o treinador argentino entrou em rota de colisão com a diretoria e acabou deixando o clube.

Coudet se desligou do clube após 10 rodadas do Brasileirão, tendo somado cinco vitórias, dois empates e três derrotas. Com a saída do comandante argentino, veio então o veterano Luiz Felipe Scolari para assumir o cargo.

Felipão demorou muito para se acertar no comando técnico do Galo, e os pontos que deixou no caminho nesse início de trajetória acabaram custando muito caro.

Após assumir o cargo, Scolari comandou a equipe por sete rodadas do Brasileirão sem vencer, somando quatro derrotas e três empates. 

Este período sem vitórias resultou com que o Galo terminasse o primeiro turno na 10ª colocação, somando apenas 27 pontos, muitos destes ainda no início da competição. Ficar fora da Libertadores seria um desastre considerando a qualidade deste elenco, e com isso, a evolução era absolutamente necessária.

O Galo cresceu muito no segundo turno, e acabou conduzindo a melhor campanha do Brasileirão em suas 19 rodadas finais, somando 39 pontos, três a mais do que o Palmeiras.

Curiosamente, apesar de não ter um primeiro turno tão forte como o do Fogão, e nem um segundo turno tão bom quanto o do Galo, o Verdão conquistou o título como equipe mais consistente da competição.

Esta evolução do Galo pode não ter resultado em título, mas deixou o clube confortavelmente com vaga para a Libertadores, terminando a Série A na terceira colocação com 66 pontos, quatro a menos do que o campeão Palmeiras.

Hulk e Paulinho formam dupla mais letal do futebol nacional

Ao terminar o campeonato com o artilheiro da competição, e também o líder em assistências, isso ilustra um pouco o poderio ofensivo de uma determinada equipe, sendo este o caso do Galo.

Paulinho levou para a casa a chuteira de ouro, liderando a Série A com 20 gols, e Hulk, por sua vez, deu 11 passes para gol, a principal marca no Brasileirão.

Hulk também não deveu muito a Paulinho no quesito de gols, contribuindo com 15, o suficiente para ter a quarta melhor marca na Série A.

Juntos, Hulk e Paulinho combinaram para mais da metade dos gols do Galo, marcando 35 dos 52 que a equipe mineira teve na competição.

Tropeços contra equipes fracas foram o fiel da balança no segundo turno

O Atlético-MG foi avassalador no segundo turno, em especial nos confrontos diretos na parte de cima da tabela. A equipe de Felipão derrotou todos os outros integrantes do G6 nesta arrancada.

Enfrentando Palmeiras, Grêmio, Botafogo, Flamengo e Bragantino, o Galo conquistou 15 pontos, marcando 11 gols e sofrendo apenas um.

Desde o início de outubro até o fim da temporada, os deslizes do Galo vieram contra equipes que lutaram na parte de baixo da tabela, deixando pontos pelo caminho contra Coritiba, Cruzeiro, América-MG, Corinthians e Bahia.

Contudo, considerando especialmente o buraco que este time cavou no início do Brasileirão, o saldo não deixa de ser relativamente positivo.


Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta

Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.