Pular para conteúdo
pt-br ACESSAR Esportes bet365
top10
  1. Futebol
  2. Liga dos Campeões

Astros que nunca ganharam a Liga dos Campeões

Com exceção dos poucos afortunados com a sorte de conquistar títulos internacionais, a Liga dos Campeões é o auge da carreira de qualquer jogador de futebol na Europa.

Texto adaptado de "Players to have never won the Champions League"

No entanto, ao longo da história do esporte, houve um punhado de jogadores de elite que jogaram ao mais alto nível, mas que viram esse prêmio escapar de suas mãos.

Com isso em mente, vamos analisar os 10 melhores jogadores que nunca ganharam a Liga dos Campeões.

10 - Francesco Totti

Para mim, ganhar um título da Serie A na Roma vale mais do que ganhar 10 na Juventus ou no Real Madrid.

Um sentimento admirável e sincero que custou a Francesco Totti a chance de vencer a Liga dos Campeões. Embora ele tenha participado de oito temporadas da Liga dos Campeões, realizando 56 partidas, a Roma nunca esteve em condições de fazer uma boa campanha no torneio.

Um dos melhores jogadores italianos de todos os tempos - que por pouco não ganhou o Ballon d´Or – o astro lendário da Roma ganhou um título da Série A, mas nunca conquistou a Europa.

9 - Eric Cantona

Adorado no Teatro dos Sonhos, Eric Cantona levou, quase sozinho, o Manchester United ao topo do futebol inglês, mas não conseguiu levá-lo ao topo do futebol europeu.

Com a Liga dos Campeões bem mais pequena do que atualmente, Cantona passou apenas quatro temporadas na competição e três delas com o United.

Embora ele tenha guardado sua melhor forma para a Premier League, onde conquistou o título em todos os quatro anos em que não estava cumprindo suspensão, 1997 foi a melhor chance de sucesso europeu para os Red Devils, com uma semifinal contra o Borussia Dortmund.

Mas duas derrotas por 1 a 0 em casa e fora fizeram com que o time fosse eliminado da Liga dos Campeões, com Cantona se aposentando do futebol logo em seguida.

8 - Zlatan Ibrahimovic

Tendo passado a maioria de sua carreira jogando por times como Juventus, Inter, Barcelona, Milan, PSG e Manchester United, é difícil entender como Zlatan Ibrahimovic, com 116 jogos na Liga dos Campeões, nunca venceu a competição.

O que é ainda mais notável é que, além de nunca ter chegado a uma final, ele só jogou em uma semifinal da Liga dos Campeões - na derrota do Barcelona por 3 a 2 no agregado contra a eventual campeão Inter de Milão.

Apenas 18 jogadores disputaram mais partidas e apenas 10 marcaram mais gols, mas a glória na Liga dos Campeões ficou aquém para Ibra.

7 - Michael Ballack

Um dos melhores meias de sua geração, Ballack e seu Bayer Leverkusen foram improváveis finalistas da Liga dos Campeões em 2002, perdendo para o fenomenal gol de voleio de Zinedine Zidane.

A transferência para o Chelsea trouxe mais oportunidades de sucesso na Europa e o time chegou às semifinais em 2007, mas Ballack, lesionado, foi obrigado a assistir à derrota dos Blues para o Liverpool nos pênaltis.

O alemão se viu à beira da glória em 2008, mas o capitão John Terry falhou o que teria sido o pênalti da vitória.

6 - Fabio Cannavaro

Apesar de ser um dos zagueiros mais ilustres de sua geração, o currículo de Fabio Cannavaro é excepcionalmente magro.

Em sete anos no Parma, e de se tornou um dos pilares da seleção italiana, Cannavaro ganhou a Copa da Itália duas vezes e a Copa da UEFA em 1999.

Em seguida, passou dois anos na Inter e na Juventus, três no Real Madrid e mais um em Turim, fazendo um total de 62 jogos na Liga dos Campeões.

Excepcional na Copa do Mundo de 2006, Cannavaro levantou esse troféu e conquistou o Ballon D´Or no final do ano, mas não conseguiu sucesso na Liga dos Campeões.

5 - Gianluigi Buffon

Em 1997, Gianluigi Buffon fez sua primeira aparição na Liga dos Campeões e em dezembro de 2020, ele fez a última.

Foram 19 anos na Juventus e um ano no PSG, ganhando 11 títulos da liga, várias copas, uma Copa do Mundo com a Itália e muitos prêmios individuais. Mas, apesar de apenas 12 jogadores na história da competição terem participado de mais jogos do que Buffon - três delas em finais -, a Liga dos Campeões escaparia ao italiano.

4 - Dennis Bergkamp

Um desses jogadores que marcam uma geração, Dennis Bergkamp era capaz de criar momentos mágicos com os quais outros atletas nem sonhavam.

No início dos anos 90, ele ganhou duas vezes o prêmio de Jogador Holandês do Ano e ficou duas vezes entre os três melhores da Bola de Ouro. No ano seguinte, recebeu vários outros prêmios, mas o mais próximo que Bergkamp chegou do sucesso europeu foi em 2006, como substituto não utilizado em seu último jogo pelo Arsenal, quando os Gunners perderam por 2 a 1 para o Barcelona na final.

3 - Pavel Nedved

O melhor meio-campista da Europa em 2003, Pavel Nedved, foi fundamental na jornada da Juventus até a final da Liga dos Campeões, o que tornou ainda mais doloroso o fato de ele ter ficado de fora da competição por suspensão.

Com a semifinal chegando ao fim e a Juventus a caminho da decisão graças ao gol de Nedved, o tcheco teve um momento de loucura, em que mergulhou para um corte que mereceu um cartão amarelo e o deixou de fora da final.

Nedved foi tão influente para a Vecchia Signora naquela temporada que muitos defendem que presença na final teria sido suficiente para que a Juventus vencesse o troféu.

2 - Lothar Matthaus

Embora grande parte da carreira de Lothar Matthaus tenha se passado na era da Copa da Europa, ele teve duas chances de ouro de levantar o famoso troféu.

O alemão ficou a 12 minutos da glória em 1987, quando o Bayern de Munique, que vencia o Porto por 1 a 0, acabou derrotado por 2 a 1 em uma virada extraordinária do time português.

Em sua segunda passagem pela Alemanha, os sofrimentos se acumularam.

O Bayern chegou às semifinais (1995), mas foi eliminado pelo Ajax de Louis van Gaal.

Quatro anos depois, o time vencia por 1 a 0 nos acréscimos, quando Matthaus foi substituído e acabou sendo um espectador, enquanto o Manchester United empatava primeiro e ganhava mais tarde.

Em 2020, o time chegou de novo às semifinais, mas perdeu por 3 a 2 no placar agregado para o Real Madrid, que acabou vencendo.

1 - Ronaldo

Ronaldo não só não ganhou a Liga dos Campeões, como também nem chegou perto. Na verdade, o brasileiro percorreu um caminho um tanto amaldiçoado na competição de elite da Europa.

Com o PSV, ele disputou a Copa da UEFA em suas duas temporadas na Holanda. Depois, o Barcelona, que tinha terminado em terceiro na temporada anterior, contratou Ronaldo, e o levou a disputar a Copa dos Campeões.

Em sua primeira temporada na Inter, ele venceu a Copa da UEFA e finalmente conseguiu uma chance na Liga dos Campeões, mas depois de falhar o jogo de ida das quartas de final contra o Manchester United, o Inter de Ronaldo acabou sendo eliminado e, devido a lesões graves, o Fenômeno só voltaria a jogar na Liga dos Campeões quatro anos depois de sua transferência para o Real Madrid.

Mas, mesmo na era dos Galáticos, Ronaldo só chegaria a uma quarta de final e a uma semifinal em suas cinco temporadas no Bernabéu, e a medalha de campeão da Liga dos Campeões ficaria para sempre longe dele.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta

Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.