Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Unai Emery (Liga Europa)
  1. Futebol
  2. Liga Europa

As treze conquistas espanholas na Liga Europa

Nenhuma outra nação venceu tantas vezes a segunda mais importante competição entre clubes europeus, e em 2023 o Sevilla pode alargar essa diferença.

O Sevilla Fútbol Club é o maior vencedor da Liga Europa, mas outras quatro equipes espanholas venceram pelo menos uma vez esta competição antes conhecida como Copa da UEFA. Relembramos abaixo todas essas treze conquistas.

Conteúdo relacionado

Liga Europa: Gigantes em confronto

Liga Europa: Manchester United e Barcelona disputam vaga nas oitavas

Liga Europa: Prévia de Juventus x Sevilla

Villarreal: 2021

Dois anos atrás, na cidade polonesa de Gdańsk, o Villarreal conquistou o maior título de sua história e Unai Emery tornou-se o primeiro e único técnico a vencer quatro Ligas Europas. Após o 1 x 1 com o Manchester United (Gerard Moreno marcou o gol do submarino amarelo), a 11.ª cobrança de pênalti dos Red Devils foi defendida por Gerónimo Rulli.

Sevilla: 2006, 2007, 2014, 2015, 2016 e 2020

O mais recente triunfo do Sevilla na Liga Europa se deu em agosto de 2020: 3 x 2 sobre a Internazionale num jogo a portões fechados na cidade alemã de Colônia. Luuk de Jong marcou os dois primeiros da equipe treinada por Julen Lopetegui, e o terceiro veio após bicicleta de Diego Carlos e bola desviada por Romelu Lukaku contra a própria baliza.

No ano de 2016 os sevilhanos tornaram-se os primeiros e únicos a vencer três edições seguidas da Liga Europa, e as três conquistas foram com Unai Emery como técnico. Na cidade suíça da Basileia, o clube do distrito de Nervión superou o Liverpool por 3 x 1. Um tento foi de Kevin Garnero, e outros dois de Coke.

Um ano antes os espanhóis tiveram como adversário o Dnipro, da Ucrânia. A partida foi realizada na capital polonesa, Varsóvia, e teve como placar final 3 x 2. Coube ao polonês Grzegorz Krychowiak marcar o primeiro gol do Sevilla, enquanto o segundo e o terceiro foram anotados pelo colombiano Carlos Bacca.

Carlos Bacca (Sevilla)

A final de 2014 teve como sede a cidade italiana de Turim (mais precisamente o Stadium, a casa da Juventus). Desta vez o adversário de Emery e companhia foi o Benfica de Jorge Jesus. Não houve gols nem no tempo regulamentar nem na prorrogação. Nos pênaltis brilhou o goleiro português Beto, que defendeu duas das cobranças lisboetas.

Sete anos antes a cidade escocesa de Glasgow sediou uma final espanhola entre o Sevilla, então treinado por Juande Ramos, e o Espanyol. Tanto no tempo normal quanto na prorrogação houve um gol para cada lado (Adriano e Frédéric Kanouté marcaram os dos andaluzes). Nos pênaltis, Andrés Palop defendeu três cobranças.

2006 foi quando teve início o domínio sevilhano na segunda mais importante competição entre clubes europeus. Na cidade holandesa de Eindhoven, Ramos e seus comandados venceram por 4 x 0 os ingleses do Middlesbrough. Luís Fabiano marcou o primeiro gol, Enzo Maresca marcou os dois seguintes, e Kanouté fez o último.

Atlético de Madrid: 2010, 2012, 2018

Diego Simeone, que há mais dez anos é o técnico do Atlético de Madrid, cumpria suspensão na final da Liga Europa de 2018. Foi com o auxiliar Germán Burgos à beira do campo que os colchoneros derrotaram o Olympique de Marseille por 3 x 0 na cidade francesa de Lyon. Antoine Griezmann marcou os dois primeiros, e Gabi o terceiro.

Em 2012 a capital da Romênia, Bucareste, sediou uma final espanhola entre os madrilenhos e os bascos do Athletic (que também tinha como técnico um argentino, Marcelo Bielsa). Os de Simeone foram campeões pela segunda vez ao vencer por 3 x 0, graças a dois gols de Radamel Falcao García e um de Diego.

A primeira final de Liga Europa com o seu atual nome foi em 2010. Esse foi também o ano da primeira conquista do Atleti, treinado por Quique Sánchez Flores. Na cidade alemã de Hamburgo, a equipe empatou por 1 x 1 com os ingleses do Fulham no tempo regulamentar mas fez o 2 x 1 na prorrogação. Ambos os gols espanhóis foram de Diego Forlán.

Diego Forlán e Sergio Agüero (Atlético de Madrid)

Valencia: 2004

2004 foi o ano em que o Valencia se sagrou campeão espanhol pela sexta vez. Além disso, foi então que os chés conquistaram a sua primeira e única Copa da UEFA. Nesta competição, os homens de Rafa Benítez derrotaram o Olympique de Marseille por 2 x 0 na cidade sueca de Gotemburgo. Os gols foram de Vicente e Mista.

Real Madrid: 1985 e 1986

Até 1997, as finais da Copa da UEFA eram decididas em jogos de ida e volta. Em 1986, o Real Madrid de Luis Molowny venceu o Colônia por 5 x 1 no Santiago Bernabéu — um gol de Hugo Sánchez, um de Rafael Gordillo, dois de Jorge Valdano e um de Santillana. Na volta, os alemães venceram por 2 x 0 no Olympiastadion.

1985 foi o ano do primeiro triunfo espanhol. Os merengues tiveram como adversários os húngaros do Videoton (hoje Fehérvár). O jogo de ida foi realizado na cidade de Székesfehérvár e terminou com vitória dos visitantes por 3 x 0. Míchel, Santillana e Valdano marcaram os gols. Na volta, em Madri, os visitantes venceram por 1 x 0.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta

Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.